Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

__________________VERSÍCULOS DO DIA ______________

E, tecendo uma coroa de espinhos, puseram-lha na cabeça, e em sua mão direita uma cana; e, ajoelhando diante dele, o escarneciam, dizendo: Salve, Rei dos judeus. Mateus27:29
E, havendo-o crucificado, repartiram as suas vestes, lançando sortes, para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta: Repartiram entre si as minhas vestes, e sobre a minha túnica lançaram sortes. Mateus 27:35
>
- se preferir texto parado, pare o mouse sobre o versículo-

Abaixo publico algumas anotações sobre estes versículos.
Não deixe de ler as citações bíblicas, pois delas é que compartilho
* Deus nos abençoe *
***
*Faça a sua reflexão sobre estes versículos, pois DEUS quer falar diretamente com você, lembre-se que ELE te chama pelo seu nome e quer escrevê-lo e mantê-lo no Livro da Vida Eterna.*
***

(Se necessário, ATUALIZE A FOLHA PARA VISUALIZAR AS ANOTAÇÕES DOS VERSÍCULOS DE HOJE
http://wwwcompartilhar.blogspot.com/


sexta-feira, 16 de março de 2018

Aliança de Deus para com o homem -44- Queda de Jerusalém



E o rei do Egito nunca mais saiu da sua terra; porque o rei de babilônia tomou tudo quanto era do rei do Egito, desde o rio do Egito até ao rio Eufrates.
2 Reis 24:7

E queimou a casa do Senhor e a casa do rei, como também todas as casas de Jerusalém, e todas as casas dos grandes queimou.
E todo o exército dos caldeus, que estava com o capitão da guarda, derrubou os muros em redor de Jerusalém.
2 Reis 25:9-10






Depois da morte do rei Josias, seu filho Joacaz reinou em seu lugar, e fez o que era mau perante o Senhor, mas reinou somente três meses e foi levado ao Egito preso por Faraó-Neco que institui como rei a Eliaquim, filho de Josias, mudando seu nome para Jeoaquim e implantando impostos na terra.
E Jeoaquim fez tudo o que era mau perante o Senhor, e lhe veio o rei da babilônia, Nabucodonosor, contra ele, e também os bandos de caldeus, siros, moabitas, e dos filhos de Amom, que já houvera sido profetizado a respeito pela desobediência e infidelidade.

E, na verdade, conforme o mandado do Senhor, assim sucedeu a Judá, para o afastar da sua presença por causa dos pecados de Manassés, conforme tudo quanto fizera.
Como também por causa do sangue inocente que derramou; pois encheu a Jerusalém de sangue inocente; e por isso o Senhor não quis perdoar.
2 Reis 24:3,4
(…)
E o rei do Egito nunca mais saiu da sua terra; porque o rei de babilônia tomou tudo quanto era do rei do Egito, desde o rio do Egito até ao rio Eufrates.
2 Reis 24:7

E morrendo Jeoaquim seu filho Joaquim reinou em seu lugar, mas atentemos que na terra já estava infiltrado o Egito, mas reinou somente por três meses, pois veio o rei Nabucodonosor e lhe fez cativo, levando-o para Babilônia com sua família, com os tesouros da casa do Senhor e do rei, levando também todos os príncipes, todo homem valente, os artífices e os ferreiros, deixando ali apenas o povo pobre da terra, e sobre estes institui por rei a Matanias, tio paterno de Joaquim, e mudou-lhe o nome para Zedequias.
E Zedequias fez o que era mau perante o Senhor, reinando onze anos sobre Judá em Jerusalém, e estando a cidade sitiada pelo exercito da Babilônia fora arrombada e fugiu todo o exercito, fugindo também o rei, que perseguido pelos caldeus fora preso e levado ao rei da Babilônia, que matara seus filhos na sua frente e dele vazaram os olhos, levando-o preso para Babilônia. .

E sucedeu que, no nono ano do seu reinado, no mês décimo, aos dez do mês, Nabucodonosor, rei de babilônia, veio contra Jerusalém, ele e todo o seu exército, e se acampou contra ela, e levantaram contra ela trincheiras em redor.
E a cidade foi sitiada até ao undécimo ano do rei Zedequias.
2 Reis 25:1,2
(…)
E aos filhos de Zedequias mataram diante dos seus olhos; e vazaram os olhos de Zedequias, e o ataram com duas cadeias de bronze, e o levaram a babilônia.
2 Reis 25:7

Assim toda a tribo de Judá ficou sob cativeiro da Babilônia, cujo exercito veio a Jerusalém e a destruiu, levando tudo quanto era de valor, inclusive do templo, bem como levaram os sacerdotes e os guardas, os conselheiros do rei, o comandante das tropas e o escrivão-mor do exercito, e os homens que se encontrava na cidade, e a todos o rei da Babilônia matou.

E no quinto mês, no sétimo dia do mês (este era o ano décimo nono de Nabucodonosor, rei de babilônia), veio Nebuzaradã, capitão da guarda, servo do rei de babilônia, a Jerusalém.
E queimou a casa do Senhor e a casa do rei, como também todas as casas de Jerusalém, e todas as casas dos grandes queimou.
E todo o exército dos caldeus, que estava com o capitão da guarda, derrubou os muros em redor de Jerusalém.
2 Reis 25:8-10
(…)
E o rei de babilônia os feriu e os matou em Ribla, na terra de Hamate; e Judá foi levado preso para fora da sua terra.
2 Reis 25:21

Nabucodonosor deixou ficar na cidade apenas alguns lavradores e vinhadeiros, e um pouco de povo, e sobre eles nomeou Governador a Geladias a seu comando, o qual fora morto, e este povo remanescente ali fugiram para o Egito.

Porém, quanto ao povo que ficara na terra de Judá, que Nabucodonosor, rei de babilônia, deixou ficar, pôs sobre ele, por governador a Gedalias, filho de Aicão, filho de Safã.
2 Reis 25:22
(…)
Então todo o povo se levantou, desde o menor até ao maior, como também os capitães dos exércitos, e foram ao Egito, porque temiam os caldeus.
2 Reis 25:26

E assim se deu a queda total da tribo de Judá, de Jerusalém, que ficou deserta.
Esta é a história do povo de Israel que estamos vendo nesta série de postagens, um povo escolhido por Deus, com uma promessa de Deus, uma Aliança firmada pelo Senhor, a qual por muitas vezes renovada e mantida por Deus que a nada obrigava o povo, mas estes aderiam a aliança para serem povo de Deus; mas um povo que não tinha o coração voltado a Deus, um povo rebelde, esquecediço, desobediente, infiéis a Deus, que se afastavam de Deus e anularam sua Aliança.
E não foi por falta de misericórdia de Deus, que lhes falava pelos juízes, pelos profetas, que sempre lhes lembrava da aliança, com as bençãos na obediência e a maldição na desobediência, que sempre os exortavam a se voltarem para os caminhos do Senhor, mas não ouviam a voz de Deus preferindo se prostituir com os povos de outras nações, seguindo e adorando seus deuses, até virem a se tornar em cativeiro novamente.

Mas como Deus é misericordioso e imensurável seu Amor, veio posteriormente firmar uma Nova e Eterna Aliança para com o homem, já não mais somente para aquele povo, mas para todos quantos crerem em Jesus, Seu Filho Amado, como Único e Suficiente Salvador, muito mais excelente, pois com esplendidas promessas, não uma terra aqui prometida, mas sim uma herança no reino dos céus, nos fazendo também filhos de Deus em Cristo Jesus, que morreu para remissão de nossos pecados, mas fora ressuscitado e coroado em glória por Rei Eterno, e que nos garante vida eterna também.
Basta-nos crermos, nos arrepender do mal caminho, nos entregarmos ao Rei Jesus, nosso Salvador, e andarmos Nele que é o Caminho de volta para Deus.
E tudo pela Graça de Deus, não mais com sacrifícios para purificação, não mais com uma lei a ser cumprida, mas tão somente pela Graça Salvadora em Cristo Jesus.
Mas saibamos que a questão de obediência e fidelidade não fora anulada e sim firmada em Jesus, que nos deixou seu Evangelho e um Novo Testamento para estarmos colocando em pratica de vida.

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.
Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.
João 3:16-18

Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.
Mateus 4:17


Aquele povo tinham as profecias declaradas para se arrependerem e se voltarem a Deus, o que não faziam vindo a se cumprir a profecia e voltarem em cativeiro.
Hoje nós temos a Própria Palavra de Deus em Jesus, no Seu Evangelho, com um Novo Testamento, e também com a última profecia, o Apocalipse.
E da mesma forma temos nós que nos arrependermos, nos voltarmos a Deus em Cristo Jesus, pois o cativeiro não mais nos é ser levado por um exercito de um rei de outra nação, mas continua existindo o cativeiro que é o pecado imposto por satanás, cujo salário é a morte, e somente estamos livres dele em Jesus, nosso Único e Suficiente Salvador, não há outra forma, não há sacrifícios a fazermos, não há força em nós para nos livrar, não há riquezas, objetos, coisas materiais, outros nomes, somente no sangue de Jesus derramado na cruz, onde venceu nosso pecado, e em sua ressurreição que nos garante vida eterna também.
E toda esta Verdade de Deus esta na Bíblia Sagrada, no Novo Testamento que devemos ter conhecimento e colocar em prática de vida.
E ainda mais agraciados somos que temos o próprio Espirito Santo de Deus em nós mesmo habitando para de tudo nos fazer lembar, contanto que já tenhamos lido ou ouvido, e nos ajudar a no Caminho andar, e ainda nos Consolar das tribulações desta vida, tudo pela Graça de Deus!
Esta a Nova e Eterna Aliança de Deus para conosco!
Mas estejamos conscientes que toda a profecia se cumpriu, se cumpre e se cumprirá com o juízo final, que estejamos atentos para que não venhamos a estar fora desta Aliança, como fora feito por aquele povo, pois não haverá mais nenhuma esta é Eterna, e dela depende a vida ou a morte, a herança no reino dos céus junto a Presença de Deus ou a condenação ao inferno junto ao maligno satanás, não sou eu quem digo tudo está no Novo Testamento, que estejamos cientes.



Porque é impossível que os que já uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se fizeram participantes do Espírito Santo,
E provaram a boa palavra de Deus, e as virtudes do século futuro,
E recaíram, sejam outra vez renovados para arrependimento; pois assim, quanto a eles, de novo crucificam o Filho de Deus, e o expõem ao vitupério.
Porque a terra que embebe a chuva, que muitas vezes cai sobre ela, e produz erva proveitosa para aqueles por quem é lavrada, recebe a bênção de Deus;
Mas a que produz espinhos e abrolhos, é reprovada, e perto está da maldição; o seu fim é ser queimada.
Hebreus 6:4-8

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; João 5: 39”

C O M P A R T I L H A R... isto é viver...é aprender...






Recomendo que clique no link indicado no final de cada postagem efetuada só com a introdução, para leitura integral do texto publicado na íntegra na folha CONTINUA.