Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

__________________VERSÍCULOS DO DIA ______________

Escolhei, pois, irmãos, dentre vós, sete homens de boa reputação, cheios do Espírito Santo e de sabedoria, aos quais constituamos sobre este importante negócio. Atos6:3
E os apresentaram ante os apóstolos, e estes, orando, lhes impuseram as mãos. Atos6:6
>
- se preferir texto parado, pare o mouse sobre o versículo-

Abaixo publico algumas anotações sobre estes versículos.
Não deixe de ler as citações bíblicas, pois delas é que compartilho
* Deus nos abençoe *
***
*Faça a sua reflexão sobre estes versículos, pois DEUS quer falar diretamente com você, lembre-se que ELE te chama pelo seu nome e quer escrevê-lo e mantê-lo no Livro da Vida Eterna.*
***

(Se necessário, ATUALIZE A FOLHA PARA VISUALIZAR AS ANOTAÇÕES DOS VERSÍCULOS DE HOJE
http://wwwcompartilhar.blogspot.com/


sábado, 1 de julho de 2017

Versículos do dia: somente crer


Tocou então os olhos deles, dizendo: Seja-vos feito segundo a vossa fé.
Mateus9:29

E Jesus, tendo ouvido estas palavras, disse ao principal da sinagoga: Não temas, crê somente.
Marcos5:36






Passamos por situações onde nada mais das circunstâncias nos pode dar esperança de vermos alguma coisa diferente, onde todos nos falam não ter mais jeito, e mesmo crendo em Jesus podemos nos atemorizar achando ser o fim, mas é nestas horas que Jesus nos diz: “ Não temas, crê somente. “ E tudo o que nos resta realmente é crer que Jesus tem o poder de reverter situações, e deixarmos tudo em suas mãos. E Ele nos diz então que será feito segundo a nossa fé.

Podemos ver como a situação de dois cegos juntos, e nenhum deles podia ver pelo outro, sem tem perspectivas de virem a enxergar, mas mesmo assim, por terem conhecimento de Jesus, acreditando ser Ele o Messias, lhes seguem, e clamam por compaixão, crendo que nada mais além de Jesus lhes podiam ajudar a enxergarem, reconhecendo a Jesus como Senhor, e neste momento Jesus lhes toca concedendo a cura, e por não ter ainda chegado a sua hora Jesus pede que não divulgassem, mas eles certos de ser Jesus o Salvador, sai anunciando por toda a terra. E nós, mesmo ao meio de dificuldades estamos seguindo Jesus e o tendo por Senhor? 
É assim conosco, por vezes passamos por situações onde ninguém mais pode nos ajudar a ver uma saída, já tendo nós a sentença que nos cega, impedindo-nos de qualquer outra atitude a respeito, mas se depositarmos tudo nas mãos de Jesus crendo somente ser Ele Deus Todo Poderoso, Ele vem e nos toca por suas misericórdias e nos mostra a saída, concedendo-nos vitória. E de tudo que estejamos dando testemunho, pois Jesus ressuscitou, Vive e Reina eternamente.

“ E, partindo Jesus dali, seguiram-no dois cegos, clamando, e dizendo: Tem compaixão de nós, filho de Davi.
E, quando chegou à casa, os cegos se aproximaram dele; e Jesus disse-lhes: Credes vós que eu possa fazer isto? Disseram-lhe eles: Sim, Senhor.
Tocou então os olhos deles, dizendo: Seja-vos feito segundo a vossa fé.
E os olhos se lhes abriram. E Jesus ameaçou-os, dizendo: Olhai que ninguém o saiba.
Mas, tendo eles saído, divulgaram a sua fama por toda aquela terra.
Mateus9:27-31

Mas, se crermos temos que render sempre adoração à Deus, não importando em que situação estivermos, por maior que seja a tempestade, ou qual seja nosso posto aqui na terra, reconhecermos ser Jesus o Soberano, e nos humilhando em Sua Presença, sabendo que não importa o que somos aqui que somente Jesus nos trás solução para momentos em que já estamos vendo o fim, clamando à Ele. Assim como fez Jairo:

“E, passando Jesus outra vez num barco para o outro lado, ajuntou-se a ele uma grande multidão; e ele estava junto do mar.
E eis que chegou um dos principais da sinagoga, por nome Jairo, e, vendo-o, prostrou-se aos seus pés,
E rogava-lhe muito, dizendo: Minha filha está à morte; rogo-te que venhas e lhe imponhas as mãos, para que sare, e viva.
E foi com ele, e seguia-o uma grande multidão, que o apertava.

Não importa o quanto tempo estamos debaixo de uma sentença terrena, de um mal que nos segue, por mais que já tenhamos buscados recursos terrenos para livramento, mesmo que já tenhamos disposto de todos nossos bens para esta finalidade, se tivermos o conhecimento de que Jesus é Todo Poderoso, se assim o crermos, e buscarmos por Ele tão somente, crendo, que mesmo que não estejamos sentindo Seu toque no momento, mas cremos que Dele provem a cura de todos os males, e se tocarmos, mesmo que somente em suas vestes nos dispondo ir à Ele, crendo assim, receberemos então o livramento.
Que tenhamos por exemplo da mulher de fluxo de sangue, que nada nos impeça de buscar por Jesus, por maior que seja a tempestade que estamos, crer somente como ela creu, sem medo,   vejamos o quanto ela arriscou para tocar em Jesus, pois naquela época a mulher com fluxo era afastada da população e não podia tocar em ninguém, sob pena de ser apedrejada, mesmo assim ela se achegou a multidão, vai saber de que forma, e tocou nas vestes de Jesus, tudo por pura fé.


“E certa mulher que, havia doze anos, tinha um fluxo de sangue,
E que havia padecido muito com muitos médicos, e despendido tudo quanto tinha, nada lhe aproveitando isso, antes indo a pior;
Ouvindo falar de Jesus, veio por detrás, entre a multidão, e tocou na sua veste.
Porque dizia: Se tão-somente tocar nas suas vestes, sararei

Se crermos somente, pois diante de certas situações não temos força para mais nada, mas se crermos, seremos libertos, e Jesus sempre reconhecerá que tivemos tal fé, e não podemos nos atemorizar, devemos cada vez mais nos achegarmos a Jesus, sempre com agradecimento, nos humilhando diante da soberania de Jesus, com toda a sinceridade, e Jesus então contemplará a nossa fé nos dando paz e livramentos.


“E logo se lhe secou a fonte do seu sangue; e sentiu no seu corpo estar já curada daquele mal.
E logo Jesus, conhecendo que a virtude de si mesmo saíra, voltou-se para a multidão, e disse: Quem tocou nas minhas vestes?
E disseram-lhe os seus discípulos: Vês que a multidão te aperta, e dizes: Quem me tocou?
E ele olhava em redor, para ver a que isto fizera.
Então a mulher, que sabia o que lhe tinha acontecido, temendo e tremendo, aproximou-se, e prostrou-se diante dele, e disse-lhe toda a verdade.
E ele lhe disse: Filha, a tua fé te salvou; vai em paz, e sê curada deste teu mal.
Marcos5:29-34


As vezes nos é difícil até crer diante da circunstância, mas que saibamos que Jesus é conosco em qualquer momento, por maior que seja nossa fraqueza, Ele ainda nos diz: “ Não temas, crê somente”, Jesus não permitirá tumultos maiores do que já estamos suportando, colocará ao nosso lado o suporte que precisarmos.


“Estando ele ainda falando, chegaram alguns do principal da sinagoga, a quem disseram: A tua filha está morta; para que enfadas mais o Mestre?
E Jesus, tendo ouvido estas palavras, disse ao principal da sinagoga: Não temas, crê somente.
E não permitiu que alguém o seguisse, a não ser Pedro, Tiago, e João, irmão de Tiago.
Marcos5: 35-37


Não devemos dar ouvidos ao que muitos nos dizem em momentos de dificuldades, querendo nos desencorajar, tirar-nos de nossa fé, devemos crer somente, e sabermos que a última palavra é Jesus quem dá, e confiarmos que o que Ele fizer será o melhor para nós, e continuarmos com Ele seja qual for a situação,  pois é Ele quem determina como deve ser, e assim o será independentemente do que nos falarem, prevalece o que Jesus disser, e todos saberão que assim o é. E à Ele devemos obedecer.

“E, tendo chegado à casa do principal da sinagoga, viu o alvoroço, e os que choravam muito e pranteavam.
E, entrando, disse-lhes: Por que vos alvoroçais e chorais? A menina não está morta, mas dorme.
E riam-se dele; porém ele, tendo-os feito sair, tomou consigo o pai e a mãe da menina, e os que com ele estavam, e entrou onde a menina estava deitada.
E, tomando a mão da menina, disse-lhe: Talita cumi; que, traduzido, é: Menina, a ti te digo, levanta-te.
E logo a menina se levantou, e andava, pois já tinha doze anos; e assombraram-se com grande espanto.
E mandou-lhes expressamente que ninguém o soubesse; e disse que lhe dessem de comer.
Marcos5:38-43


Quando crermos somente e conhecemos o Poder que há em Jesus, por amor devemos também querer deste Poder aos que nos rodeiam, e assim devemos encaminhar os necessitados de Jesus até Ele, pois somente de tocarem nas vestes de Jesus, somente de aceitarem em ir ter com Ele, o Espirito Santo fará o que for necessário para os salvarem.

“E, tendo passado para o outro lado, chegaram à terra de Genesaré.
E, quando os homens daquele lugar o conheceram, mandaram por todas aquelas terras em redor e trouxeram-lhe todos os que estavam enfermos.
E rogavam-lhe que ao menos eles pudessem tocar a orla da sua roupa; e todos os que a tocavam ficavam sãos.
Mateus14:34-36



sexta-feira, 30 de junho de 2017

Versículos do dia: Pecados perdoados


E Jesus, vendo a fé deles, disse ao paralítico: Filho, tem bom ânimo, perdoados te são os teus pecados.
Mateus9:2

Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto. Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não imputa maldade, e em cujo espírito não há engano.
Salmos32:1,2







Jesus realizava muitas curas, mas de todas enfermidades a que mais necessitava cura, e o motivo pelo qual veio ao mundo, era o pecado do homem pelo qual já havia se distanciado tanto de Deus que nem podiam mais achá-lo. E para esta enfermidade Jesus também tinha, e tem, autoridade de cura. Não importando o quanto enfermos estivermos, Jesus cura!
E Jesus está vivo e reina eternamente, realizando hoje também diversas curas, já tendo levado nossas enfermidades na cruz do calvário. Já tendo sido o sacrifício aceitável a Deus para remissão de nossos pecados, através de seu sangue derramado na cruz, curando-nos da maior enfermidade que produz a morte da alma, e tendo nos concedido vitória total com vida abundante por toda a eternidade. E feliz aquele que crê assim, se arrependendo do mal caminho, se entregando a Jesus, tendo seus pecados perdoados.
Jesus Único e Suficiente sacrifício para poder perdoar pecados! 

Leiamos com atenção a passagem do Evangelho que relata a cura de um paralítico:

“E alguns dias depois entrou outra vez em Cafarnaum, e soube-se que estava em casa.
E logo se ajuntaram tantos, que nem ainda nos lugares junto à porta cabiam; e anunciava-lhes a palavra.
E vieram ter com ele conduzindo um paralítico, trazido por quatro.
E, não podendo aproximar-se dele, por causa da multidão, descobriram o telhado onde estava, e, fazendo um buraco, baixaram o leito em que jazia o paralítico.
E Jesus, vendo a fé deles, disse ao paralítico: Filho, perdoados estão os teus pecados.
E estavam ali assentados alguns dos escribas, que arrazoavam em seus corações, dizendo:
Por que diz este assim blasfêmias? Quem pode perdoar pecados, senão Deus?
E Jesus, conhecendo logo em seu espírito que assim arrazoavam entre si, lhes disse: Por que arrazoais sobre estas coisas em vossos corações?
Qual é mais fácil? dizer ao paralítico: Estão perdoados os teus pecados; ou dizer-lhe: Levanta-te, e toma o teu leito, e anda?
Ora, para que saibais que o Filho do homem tem na terra poder para perdoar pecados (disse ao paralítico),
A ti te digo: Levanta-te, toma o teu leito, e vai para tua casa.
E levantou-se e, tomando logo o leito, saiu em presença de todos, de sorte que todos se admiraram e glorificaram a Deus, dizendo: Nunca tal vimos.
Marcos2:1-12

Onde Jesus estava se juntava muita gente, e assim ia Ele ensinando sobre o reino do céu. E como era conhecido por todos Ele realizava curas, assim lhe trouxeram um paralítico acamado, totalmente enfermo, para que fosse curado.
Atentemos que tamanha fé tinham aqueles quatro que o carregaram até Jesus, pois acreditando que seria curado abriram um buraco no telhado e por ali introduzindo o leito entre as gentes que ali se encontravam.
E Jesus contemplando lhes a fé concede a maior cura ao paralítico perdoando-lhe os pecados.
Entre os que ali estavam encontrava-se alguns dos 'doutores da lei' , que entre si exclamavam que Jesus proferia blasfêmias dizendo que só Deus tinha poder de perdoar pecados. E Jesus perguntou-lhes o que era mais fácil: perdoar os pecados ou curá-lo da enfermidade física? E provando que tinha esta autoridade concedida pelo Pai, ordena ao paralítico que andasse, o qual de imediato pegou sua cama e se foi para casa. E assim todos glorificavam a Deus por tal prodígio.

Percebamos que Jesus primeiro lhe concede salvação em contemplar tamanha fé daqueles quatro, e atentemos que esta fé eles manifestaram com atitude, com obra, carregando o enfermo mesmo no leito, intercedendo e agindo. E nós temos feito intercessões e  manifestado nossa fé com boas obras?
E fora premiado o enfermo com o perdão dos pecados, logo podemos interpretar que também tivera fé, mesmo que sem atos devido sua incapacidade, e primeiro lhe fora concedida a salvação da alma, o mais importante em nossas vidas, independentemente da circunstância em que nos encontramos, seja qual for a tribulação terrena, o que mais deve nos importar é a salvação para uma vida eterna, que ai sim será sem enfermidades, sem dores. O maior milagre!
Agora uma colocação pessoal minha, creio eu que Jesus também iria lhe curar a enfermidade carnal, tanto que o fez, pois não precisaria de ser colocado a prova. Mas em resposta aos incrédulos para aqueles que se achavam entendidos e conhecedores de Deus, Jesus prova que tinha a autoridade de Deus, que realizava ambas as curas, mas que viera para apresentar-nos as Boas Novas da Salvação para uma vida eterna.

Mas, àquele que não pratica, mas crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é imputada como justiça.
Assim também Davi declara bem-aventurado o homem a quem Deus imputa a justiça sem as obras, dizendo:
Bem-aventurados aqueles cujas maldades são perdoadas,E cujos pecados são cobertos.
Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não imputa o pecado.
Romanos4:5-8


E para esta doença da alma que viera trazer a cura, portanto estava sempre ao meio destes enfermos, dos incrédulos e pecadores, para lhes fornecer salvação. Deixando bem claro que para perdão dos pecados para purificação não mais era necessários sacrifícios e holocaustos, mas sim que seria com pedido de perdão diante do reconhecimento sincero do erro, com arrependimento, e tudo gratuitamente concedido pela misericórdia de Deus em sua maravilhosa graça, para todos quanto aprendessem sobre sua pregação do reino do céu e cressem e aceitassem. Pois se houvessem justos não seria necessário que Ele viesse.

E aconteceu que, estando ele em casa sentado à mesa, chegaram muitos publicanos e pecadores, e sentaram-se juntamente com Jesus e seus discípulos.
E os fariseus, vendo isto, disseram aos seus discípulos: Por que come o vosso Mestre com os publicanos e pecadores?
Jesus, porém, ouvindo, disse-lhes: Não necessitam de médico os sãos, mas, sim, os doentes.
Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício. Porque eu nào vim a chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento.
Mateus9:10-13
Porque eu quero a misericórdia, e não o sacrifício; e o conhecimento de Deus, mais do que os holocaustos.
Oséias6:6


Atentemos como os fariseus, um dos principais grupos religiosos judaicos na quela época, desafiavam a autoridade de Jesus, e o criticando por comer com os publicanos e pecadores.
Os fariseus eram muito rigorosos na obediência a lei de Moisés, mas também a outros ritos e costumes que agregaram com o passar do tempo. Será que hoje em dia também não tem quem se diz entendido em conhecer Jesus e não está lhe tirando a autoridade de Único e Suficiente Salvador, que somente por Ele podemos ter pecados perdoados, não está agregando outros costumes e doutrinas que não a de Jesus nas igrejas?
Outra passagem que Jesus nos mostra que sim tinha autoridade de perdoar pecados foi com a mulher pecadora que ungiu seus pés, onde da mesma forma os fariseus arrazoaram quem era Ele que perdoava pecados. E Jesus conhecendo os pensamentos e corações, e aproveita para dizer sobre o amor a Deus em primeiro lugar e o amor ao próximo. Ainda, creio eu, que aquela mulher estava ali arrependida, pois chorava aos pontos de pingar lágrimas nos pés de Jesus, e principalmente por ter Jesus lhe perdoado os pecados. Ela ainda estava adorando a Deus com atitudes, crendo ser Jesus seu Salvador, pois ao saber que estava ali foi-lhe ao encontro e O amava com atos, e com o melhor que tinha, em ato verdadeiro de fé. O que fora contemplado por Jesus que lhe perdoou os pecados e conhecendo sua fé, bem como iria lhe seguir, lhe confirmou que a sua fé havia salvo.
E hoje em dia será que ainda não há julgamentos quanto a pecados de outros, colocando em prova a justiça de Deus em Cristo Jesus? E nós temos atitudes de Amor em O nome de Jesus para com o próximo? Nosso arrependimento é sincero ao ponto de louvarmos a Deus com atos de Amor? Leiamos a passagem a seguir, e assim a toda a Bíblia com meditação, pois Deus tem o que falar particularmente a cada um de nós.

E rogou-lhe um dos fariseus que comesse com ele; e, entrando em casa do fariseu, assentou-se à mesa.
E eis que uma mulher da cidade, uma pecadora, sabendo que ele estava à mesa em casa do fariseu, levou um vaso de alabastro com ungüento;
E, estando por detrás, aos seus pés, chorando, começou a regar-lhe os pés com lágrimas, e enxugava-lhos com os cabelos da sua cabeça; e beijava-lhe os pés, e ungia-lhos com o ungüento.
Quando isto viu o fariseu que o tinha convidado, falava consigo, dizendo: Se este fora profeta, bem saberia quem e qual é a mulher que lhe tocou, pois é uma pecadora.
E respondendo, Jesus disse-lhe: Simão, uma coisa tenho a dizer-te. E ele disse: Dize-a, Mestre.
Um certo credor tinha dois devedores: um devia-lhe quinhentos dinheiros, e outro cinqüenta.
E, não tendo eles com que pagar, perdoou-lhes a ambos. Dize, pois, qual deles o amará mais?
E Simão, respondendo, disse: Tenho para mim que é aquele a quem mais perdoou. E ele lhe disse: Julgaste bem.
E, voltando-se para a mulher, disse a Simão: Vês tu esta mulher? Entrei em tua casa, e não me deste água para os pés; mas esta regou-me os pés com lágrimas, e os enxugou com os cabelos de sua cabeça.
Não me deste ósculo, mas esta, desde que entrou, não tem cessado de me beijar os pés.
Não me ungiste a cabeça com óleo, mas esta ungiu-me os pés com ungüento.
Por isso te digo que os seus muitos pecados lhe são perdoados, porque muito amou; mas aquele a quem pouco é perdoado pouco ama.
E disse-lhe a ela: Os teus pecados te são perdoados.
E os que estavam à mesa começaram a dizer entre si: Quem é este, que até perdoa pecados?
E disse à mulher: A tua fé te salvou; vai-te em paz.
Lucas7:36-50

Pecados, já está nos declarado na Palavra, que todos nós temos, e que é somente o sangue de Jesus que tem o poder de nos remir, de nos salvar, não podemos nos enganar, temos é que confessarmos nossos pecados para sermos por Jesus purificados. Glórias a Deus por sua maravilhosa Graça!
Que oremos com fé e confiança, uns pelos outros confessando que somos pecadores, lembrando ainda como já vimos acima, também com atitudes, bem como que Único que nos perdoará será Jesus. Único que nos pode curar deste mal com as misericórdias de Deus sobre nós em sua maravilhosa Graça.

“ Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; Romanos 3:23 
Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós.
Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.
1João 1:8,9
E a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados.
Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.
Tiago5:15,16


“O ímpio tem muitas dores, mas àquele que confia no Senhor a misericórdia o cercará.
Salmos32:10

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Versículos do dia: espiritos malignos


E, tendo chegado ao outro lado, à província dos gergesenos, saíram-lhe ao encontro dois endemoninhados, vindos dos sepulcros; tão ferozes eram que ninguém podia passar por aquele caminho.E eis que clamaram, dizendo: Que temos nós contigo, Jesus, Filho de Deus? Vieste aqui atormentar-nos antes do tempo?
Mateus8:28,29

E, havendo-se eles retirado, trouxeram-lhe um homem mudo e endemoninhado.E, expulso o demônio, falou o mudo; e a multidão se maravilhou, dizendo: Nunca tal se viu em Israel.
Mateus9:32-34







Engana-se quem acha que não existem espíritos do mal que se apoderam das pessoas para atormentá-las, atormentando assim também as pessoas que rodeiam o endemoninhado, pois as Escrituras Sagradas nos revelam que existem sim, mas não tenhamos medo, pois Jesus nos veio com autoridade para expulsar tais demônios os quais sim são atormentados por saberem que já estão vencidos por Jesus.
Muitos ainda acreditando que existem os demônios, não creem na autoridade que Jesus tem sobre eles para os expulsarem achando que estes só se respeitam entre si, mas Jesus explica aos incrédulos que se satanás expulsa satanás, já não existirá seu reino aqui na terra, e que Ele os expulsa pelo Espirito de Deus, anunciando o Reino de Deus que é sobre tudo, conforme seus ensinamentos.

“Trouxeram-lhe, então, um endemoninhado cego e mudo; e, de tal modo o curou, que o cego e mudo falava e via.
E toda a multidão se admirava e dizia: Não é este o Filho de Davi?
Mas os fariseus, ouvindo isto, diziam: Este não expulsa os demônios senão por Belzebu, príncipe dos demônios.
Jesus, porém, conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: Todo o reino dividido contra si mesmo é devastado; e toda a cidade, ou casa, dividida contra si mesma não subsistirá.
E, se Satanás expulsa a Satanás, está dividido contra si mesmo; como subsistirá, pois, o seu reino?
E, se eu expulso os demônios por Belzebu, por quem os expulsam então vossos filhos? Portanto, eles mesmos serão os vossos juízes.
Mas, se eu expulso os demônios pelo Espírito de Deus, logo é chegado a vós o reino de Deus.
Mateus12:22-28



Temos que crer na autoridade que tem Jesus, no Poder que há em Jesus, cremos que é o Filho de Deus, o próprio Deus, e que tudo está sujeito à Ele, pois saibamos que até satanás e seus anjos o reconhecem assim e o obedecem, sabendo já estarem vencidos no final por Jesus, isto nos está bem relatado no Novo Testamento.

“Entraram em Cafarnaum e, logo no sábado, indo ele à sinagoga, ali ensinava.
E maravilharam-se da sua doutrina, porque os ensinava como tendo autoridade, e não como os escribas.
E estava na sinagoga deles um homem com um espírito imundo, o qual exclamou,
Dizendo: Ah! que temos contigo, Jesus Nazareno? Vieste destruir-nos? Bem sei quem és: o Santo de Deus.
E repreendeu-o Jesus, dizendo: Cala-te, e sai dele.
Então o espírito imundo, convulsionando-o, e clamando com grande voz, saiu dele.
E todos se admiraram, a ponto de perguntarem entre si, dizendo: Que é isto? Que nova doutrina é esta? Pois com autoridade ordena aos espíritos imundos, e eles lhe obedecem!
E logo correu a sua fama por toda a província da Galiléia.
Marcos1:21-28
“E, tendo chegado ao outro lado, à província dos gergesenos, saíram-lhe ao encontro dois endemoninhados, vindos dos sepulcros; tão ferozes eram que ninguém podia passar por aquele caminho.
E eis que clamaram, dizendo: Que temos nós contigo, Jesus, Filho de Deus? Vieste aqui atormentar-nos antes do tempo?
E andava pastando distante deles uma manada de muitos porcos.
E os demônios rogaram-lhe, dizendo: Se nos expulsas, permite-nos que entremos naquela manada de porcos.
E ele lhes disse: Ide. E, saindo eles, se introduziram na manada dos porcos; e eis que toda aquela manada de porcos se precipitou no mar por um despenhadeiro, e morreram nas águas.
Os porqueiros fugiram e, chegando à cidade, divulgaram tudo o que acontecera aos endemoninhados.
E eis que toda aquela cidade saiu ao encontro de Jesus e, vendo-o, rogaram-lhe que se retirasse dos seus termos.
Mateus8:28-34


Lucas no relato do acontecido nos acrescenta o como aquele povo sendo avisado por testemunhas e vendo o homem liberto sentado aos pés de Jesus, ficaram amedrontados ao ponto de clamarem que Jesus se retirasse deles. E saindo Jesus, o homem liberto pediu para ir com Ele, mas Jesus não permite, ordenando-lhe que ficasse e fosse por testemunho por toda a cidade, e assim ele o fez. E nós cremos na autoridade e poder de Jesus? E após libertos por Ele do mal caminho e sermos remidos com seu sangue, estamos testemunhando nesta terra tamanho livramento nos concedeu Jesus? Ou ainda que testemunhemos tamanhas libertações queremos que Jesus se afaste, ou nos afastamos Dele?

E, tendo saído os demônios do homem, entraram nos porcos, e a manada precipitou-se de um despenhadeiro no lago, e afogou-se.
E aqueles que os guardavam, vendo o que acontecera, fugiram, e foram anunciá-lo na cidade e nos campos.
E saíram a ver o que tinha acontecido, e vieram ter com Jesus. Acharam então o homem, de quem haviam saído os demônios, vestido, e em seu juízo, assentado aos pés de Jesus; e temeram.
E os que tinham visto contaram-lhes também como fora salvo aquele endemoninhado.
E toda a multidão da terra dos gadarenos ao redor lhe rogou que se retirasse deles; porque estavam possuídos de grande temor. E entrando ele no barco, voltou.
E aquele homem, de quem haviam saído os demônios, rogou-lhe que o deixasse estar com ele; mas Jesus o despediu, dizendo:
Torna para tua casa, e conta quão grandes coisas te fez Deus. E ele foi apregoando por toda a cidade quão grandes coisas Jesus lhe tinha feito.
Lucas8:33-39



Jesus não só tinha autoridade sobre os espíritos malignos , como concedeu esta autoridade aos seus discípulos. Assim como depois veio a deixar esta autoridade para que em Seu Nome todos quantos crerem e tornassem seus discípulos a tivessem também. ,


“E, chamando os seus doze discípulos, deu-lhes poder sobre os espíritos imundos, para os expulsarem, e para curarem toda a enfermidade e todo o mal.
Mateus10:1
“E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas;
Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão.
Marcos16:17,18



Mesmo tendo da autoridade de Jesus seus discípulos não conseguem expulsar um demônio, que conforme relatado pelo pai do endemoniado, este já o atormentava desde criança, e que era terrível lançando no fogo e na água. Jesus lhes advertia por serem incrédulos; até mesmo o pai ao pedir pelo filho diz se Jesus pudesse fazer algo que tivesse compaixão, sendo incrédulo, mas ao ser repreendido por Jesus que diz tudo ser possível ao que crer, se arrepende e pede ser ajudado em sua falta de fé.
Tendo Jesus curado o menino, seus discípulos lhe interrogam as sós o porque não o puderam expulsar e Jesus responde que esta qualidade de demônios só se expulsava a base de uma vida de oração e jejum.
E nós como discípulos de Jesus colocamos em prática a fé e a autoridade em o Nome de Jesus para cumprir com o seu mandar? Estamos vivendo uma vida de oração com jejuns, em plena comunhão com Ele para em Seu nome expulsar demônios? Sabemos que tudo é possível em Jesus?

“E um da multidão, respondendo, disse: Mestre, trouxe-te o meu filho, que tem um espírito mudo;
E este, onde quer que o apanhe, despedaça-o, e ele espuma, e range os dentes, e vai definhando; e eu disse aos teus discípulos que o expulsassem, e não puderam.
E ele, respondendo-lhes, disse: Ó geração incrédula! até quando estarei convosco? até quando vos sofrerei ainda? Trazei-mo.
E trouxeram-lho; e quando ele o viu, logo o espírito o agitou com violência, e, caindo o endemoninhado por terra, revolvia-se, escumando.
E perguntou ao pai dele: Quanto tempo há que lhe sucede isto? E ele disse-lhe: Desde a infância.
E muitas vezes o tem lançado no fogo, e na água, para o destruir; mas, se tu podes fazer alguma coisa, tem compaixão de nós, e ajuda-nos.
E Jesus disse-lhe: Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê.
E logo o pai do menino, clamando, com lágrimas, disse: Eu creio, Senhor! ajuda a minha incredulidade.
E Jesus, vendo que a multidão concorria, repreendeu o espírito imundo, dizendo-lhe: Espírito mudo e surdo, eu te ordeno: Sai dele, e não entres mais nele.
E ele, clamando, e agitando-o com violência, saiu; e ficou o menino como morto, de tal maneira que muitos diziam que estava morto.
Mas Jesus, tomando-o pela mão, o ergueu, e ele se levantou.
E, quando entrou em casa, os seus discípulos lhe perguntaram à parte: Por que o não pudemos nós expulsar?
E disse-lhes: Esta casta não pode sair com coisa alguma, a não ser com oração e jejum.
Marcos9:17-29



Lembremo-nos que para ser discípulo de Jesus temos que o seguir com uma vida regrada na Palavra de Deus, veja algumas anotações a respeito nos versículos do dia 27/06/17 (http://wwwcompartilhar.blogspot.com.br/2017/06/versiculo-do-dia-seguir-e-ser-discipulo.htmlhttp://wwwcompartilhar.blogspot.com.br/2017/06/versiculo-do-dia-seguir-e-ser-discipulo.html
De suma importância isto na hora de se querer expulsar demônios, pois os próprios demônios sabem da comunhão que temos com Jesus e se temos então da autoridade em o Nome Dele ou não para nos obedecerem, pois não adianta estarmos congregando em uma igreja onde o pastor tem autoridade, pois esta Jesus concede individualmente a cada um de nós, e não para usos de interesses próprios mas tão somente para glória de Deus, vejamos atentamente o que nos relata o Livro dos Atos dos Apóstolos a respeito, e não para termos medo, mas sim para que tenhamos uma vida de temor ao Senhor, em comunhão constante com Jesus.


“ E alguns dos exorcistas judeus ambulantes tentavam invocar o nome do Senhor Jesus sobre os que tinham espíritos malignos, dizendo: Esconjuro-vos por Jesus a quem Paulo prega.
E os que faziam isto eram sete filhos de Ceva, judeu, principal dos sacerdotes.
Respondendo, porém, o espírito maligno, disse: Conheço a Jesus, e bem sei quem é Paulo; mas vós quem sois?
E, saltando neles o homem que tinha o espírito maligno, e assenhoreando-se de todos, pôde mais do que eles; de tal maneira que, nus e feridos, fugiram daquela casa.
E foi isto notório a todos os que habitavam em Éfeso, tanto judeus como gregos; e caiu temor sobre todos eles, e o nome do Senhor Jesus era engrandecido.
E muitos dos que tinham crido vinham, confessando e publicando os seus feitos.
Também muitos dos que seguiam artes mágicas trouxeram os seus livros, e os queimaram na presença de todos e, feita a conta do seu preço, acharam que montava a cinqüenta mil peças de prata.
Assim a palavra do Senhor crescia poderosamente e prevalecia.
Atos19:13-20


Fica ainda o alerta de que os que forem libertos de espíritos imundos, devem buscar encher-se do Espirito Santo de Deus para não mais vir a ser usados pelo maligno e com forças ainda maiores, ficando assim seu estado pior do que antes. Atentemos aqui que isto serve também aos convertidos do mal caminho, para que se encham do Espirito Santo pra também não voltarem a ser dominados pelo mal. Sendo esta também uma responsabilidade dos discípulos estarem pregando a estas pessoas o reino do céu, a Nova e eterna Aliança com Deus, as Boas Novas do Evangelho de Jesus, que é Único e suficiente Salvador para nossas vidas.



“E, quando o espírito imundo tem saído do homem, anda por lugares áridos, buscando repouso, e não o encontra.
Então diz: Voltarei para a minha casa, de onde saí. E, voltando, acha-a desocupada, varrida e adornada.
Então vai, e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele e, entrando, habitam ali; e são os últimos atos desse homem piores do que os primeiros. Assim acontecerá também a esta geração má.
Mateus12:43-45


Espíritos malignos existem sim e encontram-se ao nosso derredor, satanás é real sim, mas que não usemos isto como desculpas para toda a tentação carnal que nos vem por natureza humana, que saibamos discernir.
E, que sejamos vigilantes, revestindo-nos da 'armadura de Deus' , andando no Caminho, com a Verdade, que é Jesus, crendo fielmente, cumprindo com seu mandar, para podermos ficar firmes e expulsar o maligno, com a esperança da Vida Eterna, com convicção na Palavra de Deus, com uma vida de oração uns pelos outros.



No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder.
Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.
Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.
Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.
Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça;
E calçados os pés na preparação do evangelho da paz;
Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.
Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;
Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos,
E por mim; para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra com confiança, para fazer notório o mistério do evangelho,
Pelo qual sou embaixador em cadeias; para que possa falar dele livremente, como me convém falar.
Efésios6:10-20

Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; 1Pedro 5:8 

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Versículos do dia: Jesus acalma tempestades

E ele disse-lhes: Por que temeis, homens de pouca fé? Então, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar, e seguiu-se uma grande bonança.
Mateus8:26

E disse-lhes: Onde está a vossa fé? E eles, temendo, maravilharam-se, dizendo uns aos outros: Quem é este, que até aos ventos e à água manda, e lhe obedecem?
Lucas8:25







Vivemos em um mundo onde nos vem muitas tribulações, as adversidades nos acompanham, mas não devemos temer a nada e a ninguém se Jesus estiver conosco;  no entanto temos que ter fé que assim Ele pode nos livrar. Temos que ter a firme convicção de que Jesus é o Único que acalma nossas tempestades, sabermos que Ele é Deus Todo Poderoso. Devemos a Ele recorrer em nossa angustia, com toda confiança que Ele pode nos socorrer, e nos dar um porto seguro. Somente Jesus pode acalmar nosso coração. 

“E, entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram;
E eis que no mar se levantou uma tempestade, tão grande que o barco era coberto pelas ondas; ele, porém, estava dormindo.
E os seus discípulos, aproximando-se, o despertaram, dizendo: Senhor, salva-nos! que perecemos.
E ele disse-lhes: Por que temeis, homens de pouca fé? Então, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar, e seguiu-se uma grande bonança.
E aqueles homens se maravilharam, dizendo: Que homem é este, que até os ventos e o mar lhe obedecem?
Mateus8:23-27

“Então clamam ao Senhor na sua angústia; e ele os livra das suas dificuldades.
Faz cessar a tormenta, e acalmam-se as suas ondas.
Então se alegram, porque se aquietaram; assim os leva ao seu porto desejado.
Salmos107:28-30


Para que Jesus nos acalme a tempestade, temos que crer que assim Ele o pode, e que somente Ele o pode, pois é Deus Todo Poderoso, Único a quem devemos recorrer, a mais nada e a ninguém, e assim Ele nos declara em Sua Palavra, e se faz cumprir, por isso não devemos temer e tão somente cremos que Ele é Deus Criador, Todo Poderoso, único e suficiente para nos salvar.

“Ó Senhor Deus dos Exércitos, quem é poderoso como tu, Senhor, com a tua fidelidade ao redor de ti?
Tu dominas o ímpeto do mar; quando as suas ondas se levantam, tu as fazes aquietar.
Salmos89:8,9
“Assim diz o Senhor, Rei de Israel, e seu Redentor, o Senhor dos Exércitos: Eu sou o primeiro, e eu sou o último, e fora de mim não há Deus.
E quem proclamará como eu, e anunciará isto, e o porá em ordem perante mim, desde que ordenei um povo eterno? E anuncie-lhes as coisas vindouras, e as que ainda hão de vir.
Não vos assombreis, nem temais; porventura desde então não vo-lo fiz ouvir, e não vo-lo anunciei? Porque vós sois as minhas testemunhas. Porventura há outro Deus fora de mim? Não, não há outra Rocha que eu conheça.
Isaías44:6-8
“Quem mediu na concha da sua mão as águas, e tomou a medida dos céus aos palmos, e recolheu numa medida o pó da terra e pesou os montes com peso e os outeiros em balanças?
Quem guiou o Espírito do Senhor, ou como seu conselheiro o ensinou?
Com quem tomou ele conselho, que lhe desse entendimento, e lhe ensinasse o caminho do juízo, e lhe ensinasse conhecimento, e lhe mostrasse o caminho do entendimento?
Isaías40:12-14


Temos que ter confiança em Jesus, vivermos uma vida de oração, como Jesus a tinha com o Pai. Nos fortalecermos em todo momento, aproveitarmos a bonança para nos edificarmos ainda mais na Rocha, pois os ventos contrários nos assolam sem prévio aviso
Temos que ter a certeza que Jesus está acima de qualquer tribulação, e não temermos, pois Ele é conosco. E confiarmos que podemos encontrá-lo em qualquer circunstância, assim como Pedro foi ter com Ele sobre as águas, nós o encontraremos seja qual for a tempestade que nos assola.
Natural nos é que em determinados momentos, por mais que creiamos em Jesus, fiquemos assustados com as circunstâncias, com o problema, com a dificuldade, e como Pedro podemos começar a nos afundar em angustia, mas lembremo-nos de clamar o Nome de Jesus, pois Ele sempre nos ouve, mesmo diante de nossa fraqueza nos socorre.
Devemos estar certos de que com Jesus em nosso barco, não afundaremos, e que Ele pode acalmar qualquer tempestade, sendo Ele o filho Amado de Deus, o próprio Deus.

“E logo ordenou Jesus que os seus discípulos entrassem no barco, e fossem adiante para o outro lado, enquanto despedia a multidão.
E, despedida a multidão, subiu ao monte para orar, à parte. E, chegada já a tarde, estava ali só.
E o barco estava já no meio do mar, açoitado pelas ondas; porque o vento era contrário;
Mas, à quarta vigília da noite, dirigiu-se Jesus para eles, andan-do por cima do mar.
E os discípulos, vendo-o an-dando sobre o mar, assustaram-se, dizendo: É um fantasma. E gritaram com medo.
Jesus, porém, lhes falou logo, dizendo: Tende bom ânimo, sou eu, não temais.
E respondeu-lhe Pedro, e disse: Senhor, se és tu, manda-me ir ter contigo por cima das águas.
E ele disse: Vem. E Pedro, descendo do barco, andou sobre as águas para ir ter com Jesus.
Mas, sentindo o vento forte, teve medo; e, começando a ir para o fundo, clamou, dizendo: Senhor, salva-me!
E logo Jesus, estendendo a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste?
E, quando subiram para o barco, acalmou o vento.
Então aproximaram-se os que estavam no barco, e adoraram-no, dizendo: És verdadeiramente o Filho de Deus.


Jesus acalma qualquer tempestade, mas devemos confiar nisto, esperar por seus livramentos, e Ele nos renovará para prosseguirmos sem canseira quer seja caminhando em calmarias como em correrias ao meio de tribulações. Temos que ter sempre em mente que o maior livramento Ele já nos deu na cruz do calvário, a esperança de vida eterna deve ser conosco, conscientes que Ele já venceu o mundo por nós, e aqui nos livrará na tormenta.

“Mas os que esperam no Senhor renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.
Isaías40:31


“ O nosso Deus é o Deus da salvação; e a DEUS, o Senhor, pertencem os livramentos da morte. Salmos68:20. 

"Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. João 16:33.

terça-feira, 27 de junho de 2017

Versículo do dia: seguir e ser discípulo de Jesus

E, aproximando-se dele um escriba, disse-lhe: Mestre, aonde quer que fores, eu te seguirei.E disse Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu têm ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça.
Mateus8:19,20

E disse a outro: Segue-me. Mas ele respondeu: Senhor, deixa que primeiro eu vá a enterrar meu pai. Mas Jesus lhe observou: Deixa aos mortos o enterrar os seus mortos; porém tu vai e anuncia o reino de Deus.
Lucas9:59,60









Ao lermos os Evangelhos, vemos que Jesus sempre era seguido por multidões, mas não que eram todos seguidores de seu evangelho, mas os seguiam por interesse, por saber que Jesus multiplicava pão e curava enfermidades.
Mas tinha os que queria seguir Jesus, seus ensinamentos, o tendo por Mestre, mas Jesus já os punha à prova, se realmente queria seguir seu evangelho do Reino dos céus, uma salvação eterna, e não mais deleites e livramentos nesta terra, avisando que Ele mesmo não tinha nem onde reclinar a cabeça, que não tinha bens materiais terrenos para oferecer.
Jesus chamava seguidores para também anunciarem o reino de Deus, de acordo com o evangelho que pregava, mas também os alertava que já não mais era para uma vida apenas carnal, onde a morte vem, mas sim para anunciar as Boas Novas da Salvação com uma vida eterna, os pondo à prova se para tanto deixariam os que os não recebessem desta vida que se enterrassem,ou seja que vivessem consigo mesmo até a morte, mas anunciando-lhes o Reino de Deus.
Avisando que quem o seguisse deveria abrir mão do arado, pois já não o seguiria para obras terrenas apenas, mas já voltado para um reino nos céus, os pondo à prova se estariam dispostos a se libertar dos ensinamentos terrenos recebidos desde a família, e sem olhar para trás nestes preceitos, para serem dignos de anunciar e virem a fazer parte do reino de Deus. Amando a Deus sobre todas as coisas, sobre todas as pessoas,  e amar ao próximo como a si mesmo. 
Atentemos que não é para abandonar a família, mas sim abandonar os preceitos, a doutrina que for contrária aos seus ensinamentos para o reino de Deus, não se apegando mais a coisas terrenas, amando a Deus sobre todas as coisas e pessoas,  e assim recebendo ainda mais de Deus e herdando a vida eterna.
E nós hoje como seguimos Jesus? Por interesse em bençãos terrenas apenas? E estamos dispostos a nos desapegar de coisas terrenas para segui-lo? Deixaremos os ensinamentos de tradição para amar primeiro a Deus  seguir os Seus ensinamentos? Jesus ainda nos põe a prova para sermos seus seguidores.


“E aconteceu que, indo eles pelo caminho, lhe disse um: Senhor, seguir-te-ei para onde quer que fores.
E disse-lhe Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu, ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça.
E disse a outro: Segue-me. Mas ele respondeu: Senhor, deixa que primeiro eu vá a enterrar meu pai.
Mas Jesus lhe observou: Deixa aos mortos o enterrar os seus mortos; porém tu vai e anuncia o reino de Deus.
Disse também outro: Senhor, eu te seguirei, mas deixa-me despedir primeiro dos que estão em minha casa.
E Jesus lhe disse: Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus.
Lucas9:57-62
“E todo aquele que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou terras, por amor de meu nome, receberá cem vezes tanto, e herdará a vida eterna.
Mateus19:29


Jesus chamava para lhe seguir aqueles que viriam a ser seus discípulos, pois já os escolhera sabendo da disposição que teriam em se desapegar das coisas do mundo para seguir seus ensinamentos, para aprender, anunciar e herdar o Reino do céu. Veja como fora com Levi, Mateus, que sendo um homem de negócios, cobrador de impostos entre os romanos, prontamente deixou tudo para o seguir. E como fora com Simão e André, que eram homens do negócio de pesca, também logo o atenderam e o seguiram. Assim como com Tiago e João, filhos de um barqueiro pescador, que imediatamente deixaram seu pai com os trabalhadores para o seguirem.
Já dois que eram discípulos de João Batista, só de lhes ser anunciado quem era Jesus, creram de tal forma no Mestre que decidiram lhe seguir, eram André e Pedro. Da mesma forma chamando Jesus a Felipe, que creu ser Jesus o Messias, só de vê-lo de imediato o seguiu.
E nós somos prontos a atender ao chamado de Jesus? Somos por Ele escolhidos de acordo mo nossa disposição de segui-lo? Estamos prontos a deixar os negócios terrenos para buscarmos primeiro o reino do céu? Estamos aprendendo com ele? Somos seus discípulos?

“E, depois disto, saiu, e viu um publicano, chamado Levi, assentado na recebedoria, e disse-lhe: Segue-me. E ele, deixando tudo, levantou-se e o seguiu.Lucas5:27,28
“E, andando junto do mar da Galiléia, viu Simão, e André, seu irmão, que lançavam a rede ao mar, pois eram pescadores.
E Jesus lhes disse: Vinde após mim, e eu farei que sejais pescadores de homens.
E, deixando logo as suas redes, o seguiram.
E, passando dali um pouco mais adiante, viu Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão, que estavam no barco consertando as redes,
E logo os chamou. E eles, deixando o seu pai Zebedeu no barco com os jornaleiros, foram após ele.
Marcos1:16-20
“No dia seguinte João estava outra vez ali, e dois dos seus discípulos;
E, vendo passar a Jesus, disse: Eis aqui o Cordeiro de Deus.
E os dois discípulos ouviram-no dizer isto, e seguiram a Jesus.
E Jesus, voltando-se e vendo que eles o seguiam, disse-lhes: Que buscais? E eles disseram: Rabi (que, traduzido, quer dizer Mestre), onde moras?
Ele lhes disse: Vinde, e vede. Foram, e viram onde morava, e ficaram com ele aquele dia; e era já quase a hora décima.
Era André, irmão de Simão Pedro, um dos dois que ouviram aquilo de João, e o haviam seguido.
Este achou primeiro a seu irmão Simão, e disse-lhe: Achamos o Messias (que, traduzido, é o Cristo).
E levou-o a Jesus. E, olhando Jesus para ele, disse: Tu és Simão, filho de Jonas; tu serás chamado Cefas (que quer dizer Pedro).
No dia seguinte quis Jesus ir à Galiléia, e achou a Filipe, e disse-lhe: Segue-me.
E Filipe era de Betsaida, cidade de André e de Pedro.
Filipe achou Natanael, e disse-lhe: Havemos achado aquele de quem Moisés escreveu na lei, e os profetas: Jesus de Nazaré, filho de José.
Disse-lhe Natanael: Pode vir alguma coisa boa de Nazaré? Disse-lhe Filipe: Vem, e vê.
João1:35-46


Como já vimos Deus não é contra que tenhamos riqueza, afinal sempre deu do melhor para o povo que o seguia, mas alerta o quão as riquezas terrenas podem afastar o homem de Deus ( veja algumas anotações em http://wwwcompartilhar.blogspot.com.br/2017/06/versiculos-do-dia-servir-deus-e-nao-ao.htmlhttp://wwwcompartilhar.blogspot.com.br/2017/06/versiculos-do-dia-servir-deus-e-nao-ao.html).
Da mesma forma Jesus diz ao jovem rico que para segui-lo teria que se desfazer de seus bens, fazendo boas obras.
E nós dispomos de recursos que temos para seguir Jesus e assim obedecê-lo com boas obras?


“E Jesus, olhando para ele, o amou e lhe disse: Falta-te uma coisa: vai, vende tudo quanto tens, e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, toma a cruz, e segue-me.
Marcos10:21


Igualmente Jesus envia seus discípulos para pregar o reino do céu, dando-lhes poder para curar enfermos, limpar leprosos, expulsar demônios, ressuscitar mortos, mas exigia que o fizessem de graça da mesma forma como receberam de graça o poder. Alertando-os que não possuíssem riquezas em seus cintos, nem levassem malas grandes, nem duas túnicas, nem sapatos, nem outro auxílio para caminhar, pois teriam seus suprimentos.
E nós como pregamos o reino do céu, ou trabalhamos com nossos dons espirituais, totalmente de graça como recebemos? E como queremos estar com nossa vida pessoal? Com riquezas, grande quantidades de bens, nos firmando com estas coisas terrenas para podermos cumprir com o mandar de Jesus? Confiamos que se fizermos tudo por Amor como é o Seu mandamento, teremos nossos suprimentos? Somos verdadeiros discípulos de Jesus?


“E, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus.
Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai.
Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos,
Nem alforges para o caminho, nem duas túnicas, nem alparcas, nem bordões; porque digno é o operário do seu alimento.
Mateus10:7-10


Jesus deixa bem claro em seu evangelho, que quem quiser segui-lo tem que renunciar a si mesmo, e tomando a própria cruz, a individual que cada um de nós temos, para ser digno de segui-lo, de ser seu discípulo, independentemente de qual circunstância nos encontramos na terra, quer seja tribulações, preocupações terrenas, mas buscarmos primeiro o reino do céu.
Pois nossa própria vida não podemos salvar, mas se abrirmos mão da vida meramente terrena por Amor a Ele, a teremos eternamente, pois de nada adianta ganhar tudo no mundo e perder a alma, bem como que nada do que conquistarmos na terra poderá comprar nossa alma. Deixando claro que quando vier em glória para levar os seus, será de acordo com o que tiver vivido aqui, de acordo com o que tiver testemunhado.

“Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me;
Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á.
Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?
Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras.
Em verdade vos digo que alguns há, dos que aqui estão, que não provarão a morte até que vejam vir o Filho do homem no seu reino.
Mateus16:24-28
“Porquanto, qualquer que, entre esta geração adúltera e pecadora, se envergonhar de mim e das minhas palavras, também o Filho do homem se envergonhará dele, quando vier na glória de seu Pai, com os santos anjos.
Marcos8:34-38
“E qualquer que não levar a sua cruz, e não vier após mim, não pode ser meu discípulo.
Lucas14:27

Jesus em breve voltará, e fará separação entre os que o seguiram e os que não, sendo que será honrado apenas quem tiver seguido e servido a Jesus, somente estes herdarão a vida eterna.

“E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória;
E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas;
E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda.
Mateus25:31-33
“Quem ama a sua vida perdê-la-á, e quem neste mundo odeia a sua vida, guardá-la-á para a vida eterna.
Se alguém me serve, siga-me, e onde eu estiver, ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, meu Pai o honrará.
João12:25,26

Jesus alerta ainda que cada um dará conta de si mesmo, que não é para ficarmos olhando a vida do irmão, que individualmente temos que segui-lo, sem nos espelharmos nos outros, nem fazermos julgamentos pois pertence somente a Ele a vida de cada um, não importando a nós como Ele a proverá, apenas devemos segui-lo, espelhando-nos Nele e obedecer seu mandar.

“E disse isto, significando com que morte havia ele de glorificar a Deus. E, dito isto, disse-lhe: Segue-me.
E Pedro, voltando-se, viu que o seguia aquele discípulo a quem Jesus amava, e que na ceia se recostara também sobre o seu peito, e que dissera: Senhor, quem é que te há de trair?
Vendo Pedro a este, disse a Jesus: Senhor, e deste que será?
Disse-lhe Jesus: Se eu quero que ele fique até que eu venha, que te importa a ti? Segue-me tu.
Divulgou-se, pois, entre os irmãos este dito, que aquele discípulo não havia de morrer. Jesus, porém, não lhe disse que não morreria, mas: Se eu quero que ele fique até que eu venha, que te importa a ti?
João21:19-23

E a aqueles que são verdadeiros discípulos de Jesus, pregam o evangelho, e todo quanto crer será salvo, mas o que não crer será condenado.
E todos quanto crerem recebem poder de efetuar as mesmas obras que Jesus, e não serão mortos por coisas mundanas, e ainda curarão os enfermos.
Estamos cumprindo com o mandar? Estamos tendo compromisso com Deus, com a Palavra da Verdade?  Estamos sendo discípulos de Jesus?


“E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.
Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.
E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas;
Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porãoas mãos sobre os enfermos, e os curarão.
Marcos16:15-18
“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; João 5: 39”

C O M P A R T I L H A R... isto é viver...é aprender...






Recomendo que clique no link indicado no final de cada postagem efetuada só com a introdução, para leitura integral do texto publicado na íntegra na folha CONTINUA.