Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

__________________VERSÍCULOS DO DIA ______________

Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne. Gênesis2:24
Eu vos digo, porém, que qualquer que repudiar sua mulher, não sendo por causa de fornicação, e casar com outra, comete adultério; e o que casar com a repudiada também comete adultério. Mateus19:9
>
- se preferir texto parado, pare o mouse sobre o versículo-

Abaixo publico algumas anotações sobre estes versículos.
Não deixe de ler as citações bíblicas, pois delas é que compartilho
* Deus nos abençoe *
***
*Faça a sua reflexão sobre estes versículos, pois DEUS quer falar diretamente com você, lembre-se que ELE te chama pelo seu nome e quer escrevê-lo e mantê-lo no Livro da Vida Eterna.*
***

(Se necessário, ATUALIZE A FOLHA PARA VISUALIZAR AS ANOTAÇÕES DOS VERSÍCULOS DE HOJE
http://wwwcompartilhar.blogspot.com/


segunda-feira, 24 de julho de 2017

Versículos do dia: Divórcio


Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne.
Gênesis2:24

Eu vos digo, porém, que qualquer que repudiar sua mulher, não sendo por causa de fornicação, e casar com outra, comete adultério; e o que casar com a repudiada também comete adultério.
Mateus19:9






Atualmente o divórcio é um ato legalizado e muito utilizado, mas isto porque o casamento já não é mais como Deus instituiu. Pois Deus fez o homem e a mulher para que se unissem em um compromisso firme de formar nova família, tornando-se uma só carne que não se separa.
Mas o homem em sua dureza de coração, e já afastado de Deus, tinham por costume deixar a mulher, o que foi imposto então por Moisés na lei a carta de divórcio.
Mas vejamos o que Jesus com a Verdade nos vem ensinar e estabelecer: “ Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem” , e que quem se separa e se casa novamente com outra pessoa comete adultério.

Mas atentemos bem que Jesus coloca uma exceção, faz uma concessão, que salvo por ato de fornicação, infidelidade, traição, ou seja relações sexuais fora do casamento, o que então é permitido o divórcio. Ficando assim livre de adultério para novo casamento a parte que fora traído.
Mas entendamos que é uma única concessão para o divórcio se não houver perdão por parte do homem, não que seja uma condição imposta. E também não porque Deus assim o queira, pois Deus abomina o divórcio, mas por causa do coração humano, mas Deus abomina também a infidelidade,



“Então chegaram ao pé dele os fariseus, tentando-o, e dizendo-lhe: É lícito ao homem repudiar sua mulher por qualquer motivo?
Ele, porém, respondendo, disse-lhes: Não tendes lido que aquele que os fez no princípio macho e fêmea os fez,
E disse: Portanto, deixará o homem pai e mãe, e se unirá a sua mulher, e serão dois numa só carne?
Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem.
Disseram-lhe eles: Então, por que mandou Moisés dar-lhe carta de divórcio, e repudiá-la?
Disse-lhes ele: Moisés, por causa da dureza dos vossos corações, vos permitiu repudiar vossas mulheres; mas ao princípio não foi assim.
Eu vos digo, porém, que qualquer que repudiar sua mulher, não sendo por causa de fornicação, e casar com outra, comete adultério; e o que casar com a repudiada também comete adultério.- Mateus19:3/9

“Portanto guardai-vos em vosso espírito, e ninguém seja infiel para com a mulher da sua mocidade.
Porque o Senhor, o Deus de Israel diz que odeia o repúdio, e aquele que encobre a violência com a sua roupa, diz o Senhor dos Exércitos; portanto guardai-vos em vosso espírito, e não sejais desleais.
Malaquias2:15,16

“Também foi dito: Qualquer que deixar sua mulher, dê-lhe carta de divórcio.
Eu, porém, vos digo que qualquer que repudiar sua mulher, a não ser por causa de fornicação, faz que ela cometa adultério, e qualquer que casar com a repudiada comete adultério.
Mateus5:31,32

“Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém, aos que se dão à prostituição, e aos adúlteros, Deus os julgará
Hebreus13:4


Logo com este ensinamento os discípulos de Jesus entenderam que então não convinha o casamento, mas Jesus alerta por causa da condição humana, que nem todos poderiam viver assim, salvo aqueles a quem por Deus for concedido. Alguns já desde o nascimento, outros por imposição do próprio homem, e ainda aqueles que fizerem por si mesmos votos com Deus por causa do reino dos céus. Mas tudo se individualmente aceito.


Disseram-lhe seus discípulos: Se assim é a condição do homem relativamente à mulher, não convém casar.
Ele, porém, lhes disse: Nem todos podem receber esta palavra, mas só aqueles a quem foi concedido.
Porque há eunucos que assim nasceram do ventre da mãe; e há eunucos que foram castrados pelos homens; e há eunucos que se castraram a si mesmos, por causa do reino dos céus. Quem pode receber isto, receba-o.
Mateus19:3-12



Vejamos ainda como o apóstolo Paulo, instruído pelo Espirito Santo de Deus, coloca esta questão perante os coríntios, mas entendamos que por permissão e não por mandamento:


“Digo, porém, isto como que por permissão e não por mandamento.
Porque quereria que todos os homens fossem como eu mesmo; mas cada um tem de Deus o seu próprio dom, um de uma maneira e outro de outra.
Digo, porém, aos solteiros e às viúvas, que lhes é bom se ficarem como eu.
Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se.
Todavia, aos casados mando, não eu mas o Senhor, que a mulher não se aparte do marido.
Se, porém, se apartar, que fique sem casar, ou que se reconcilie com o marido; e que o marido não deixe a mulher.
Mas aos outros digo eu, não o Senhor: Se algum irmão tem mulher descrente, e ela consente em habitar com ele, não a deixe.
E se alguma mulher tem marido descrente, e ele consente em habitar com ela, não o deixe.
Porque o marido descrente é santificado pela mulher; e a mulher descrente é santificada pelo marido; de outra sorte os vossos filhos seriam imundos; mas agora são santos.
Mas, se o descrente se apartar, aparte-se; porque neste caso o irmão, ou irmã, não está sujeito à servidão; mas Deus chamou-nos para a paz.
Porque, de onde sabes, ó mulher, se salvarás teu marido? ou, de onde sabes, ó marido, se salvarás tua mulher?
1Coríntios 7:6-16



Observemos que aqui Paulo coloca uma outra exceção, que o crente não está amarrado a um casamento de jugo desigual quando a outra parte quiser se separar, isto para que haja paz no lar, mas atentemos que Paulo não se refere a carta de divórcio, nem mesmo a novo casamento, apenas se o descrente quiser partir que parta, nem que deve o crente repudiar o descrente.



Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem.
Marcos10:9



domingo, 23 de julho de 2017

Versículos do dia: Perdão ao irmão


Ora, se teu irmão pecar contra ti, vai, e repreende-o entre ti e ele só; se te ouvir, ganhaste a teu irmão;
Mas, se não te ouvir, leva ainda contigo um ou dois, para que pela boca de duas ou três testemunhas toda a palavra seja confirmada.- Mateus18:15,16

Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete?
Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete.
Mateus18:21,22






Somos todos suscetíveis ao pecado, ainda que já resgatados por Jesus continuamos humanos e pela própria natureza pecamos, o que não podemos é viver em pecado. E assim pode nosso próprio irmão na igreja pecar contra nós, assim como qualquer outra pessoa, e Jesus nos ensina que devemos perdoar, no entanto temos que deixar a situação esclarecida e resolvida, sem guardar ressentimentos, para tanto temos que conversar, com o que pecou, a sós, e tentar resolver a questão, se por este formos ouvidos, glórias a Deus, ganhamos ao irmão. No entanto, se não for resolvido assim, temos ainda que tentar resolver, mas ai já com testemunhas, entendamos que não nos basta uma testemunha tem que ser por no mínimo duas, mas que também não entre muitos, mas que toda a palavra com que conversarmos com o que pecou fique confirmada. Se ainda assim não se resolver a questão, devemos então levar a liderança da igreja, a toda a igreja, e se ainda assim não der ouvidos, ai sim que seja então considerado como quem não fora convertido, alguém sem fé cristã. Pois esta autoridade fora dada por Jesus, o de perdoarmos ou reter perdão, no entanto que seja assim na igreja, reunida em nome de Jesus.


Ora, se teu irmão pecar contra ti, vai, e repreende-o entre ti e ele só; se te ouvir, ganhaste a teu irmão;
Mas, se não te ouvir, leva ainda contigo um ou dois, para que pela boca de duas ou três testemunhas toda a palavra seja confirmada.
E, se não as escutar, dize-o à igreja; e, se também não escutar a igreja, considera-o como um gentio e publicano.
Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na terra será ligado no céu, e tudo o que desligardes na terra será desligado no céu.
Também vos digo que, se dois de vós concordarem na terra acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos céus.
Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.
Mateus18:15-20

Lembremos sempre que todos somos pecadores Que Jesus nos resgatou do lamaçal do pedado, das trevas, somente por isto que estamos na Luz. Que Jesus nos perdoa a todos os pecados, e se mesmo assim ainda pecarmos Ele nos é por Advogado perante Deus para nos purificar e perdoar. Que tenhamos isto sempre em mente quando alguém pecar contra nós, e da mesma forma como somos perdoados por Jesus, devemos perdoar.
Com os ensinamentos dados por Jesus, Pedro lhe indaga então de quantas vezes devemos perdoar a um irmão que pecar contra nós, se até sete vezes pergunta ele. Mas atentemos bem o que Jesus diz, que não sete mas setenta vezes sete. Atentemos ainda que isto em um dia, mas que não devemos nos calar e sim repreender ao que pecou, se este se arrepender a perdão devemos então perdoar, tantas quantas vezes for necessário.
Não devemos ficar calados, guardando magoas, pois assim também pecaremos, ficar aguardando um pedido de perdão mas sim dizer que fomos ofendidos, pois muita das vezes quem ofende nem se da conta de que ofendeu, por isto deve ser repreendido, e devemos então liberar o perdão.


Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete?
Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete.
Mateus18:21,22
Olhai por vós mesmos. E, se teu irmão pecar contra ti, repreende-o e, se ele se arrepender, perdoa-lhe.
E, se pecar contra ti sete vezes no dia, e sete vezes no dia vier ter contigo, dizendo: Arrependo-me; perdoa-lhe.
Lucas17:3,4

Ainda sobre o liberar perdão Jesus conta uma parábola, comparando novamente o reino dos céus com atitudes aqui na terra, que leiamos com muita atenção e meditação:

Por isso o reino dos céus pode comparar-se a um certo rei que quis fazer contas com os seus servos;
E, começando a fazer contas, foi-lhe apresentado um que lhe devia dez mil talentos;
E, não tendo ele com que pagar, o seu senhor mandou que ele, e sua mulher e seus filhos fossem vendidos, com tudo quanto tinha, para que a dívida se lhe pagasse.
Então aquele servo, prostrando-se, o reverenciava, dizendo: Senhor, sê generoso para comigo, e tudo te pagarei.
Então o Senhor daquele servo, movido de íntima compaixão, soltou-o e perdoou-lhe a dívida.
Saindo, porém, aquele servo, encontrou um dos seus conservos, que lhe devia cem dinheiros, e, lançando mão dele, sufocava-o, dizendo: Paga-me o que me deves.
Então o seu companheiro, prostrando-se a seus pés, rogava-lhe, dizendo: Sê generoso para comigo, e tudo te pagarei.
Ele, porém, não quis, antes foi encerrá-lo na prisão, até que pagasse a dívida.
Vendo, pois, os seus conservos o que acontecia, contristaram-se muito, e foram declarar ao seu senhor tudo o que se passara.
Então o seu senhor, chamando-o à sua presença, disse-lhe: Servo malvado, perdoei-te toda aquela dívida, porque me suplicaste.
Não devias tu, igualmente, ter compaixão do teu companheiro, como eu também tive misericórdia de ti?
E, indignado, o seu senhor o entregou aos atormentadores, até que pagasse tudo o que lhe devia.
Assim vos fará, também, meu Pai celestial, se do coração não perdoardes, cada um a seu irmão, as suas ofensas.
Mateus18:23-35


Lembremos que naquele tempo vendiam-se as pessoas como escravos, para saldarem dívidas com seus senhores, mas atentemos que aquele servo fica prostrado diante de seu senhor o reverenciando e clamando por misericórdias, pedindo tempo para saldar a dívida, o que de modo intimo moveu o coração do seu senhor, que lhe perdoou a dívida.
Saibamos que nós também como servos de Deus, se nos arrependermos de nossas falhas, nos prostrarmos e clamar por misericórdias seremos perdoados, mas atentemos bem que não adianta pedirmos mais tempo para pagarmos nossa dívida para com Deus, pois ninguém por si só consegue se purificar diante de Deus em tempo nenhum, nem por cousa nenhuma nesta terra, mas Deus é tão misericordioso que deu seu próprio Filho por sacrifício para remissão de nossos pecados.
E assim devíamos nós nos lembrarmos sempre, que o maior pecado contra Deus nos é perdoado através do sangue de Jesus.
Mas ainda há muitos que por bem pouco não perdoa a quem lhe ofende, mesmo ouvindo pedido de clemencia, como aquele servo que fora perdoado e não teve compaixão de seus conservos. Muitos até querem fazer justiça com as próprias mãos, ou buscam pela justiça terrena apenas para serem honrados, esquecendo-se o quão grandemente é perdoado por Jesus, e o quanto Jesus nos fortalece para que saibamos perdoar também.
Mas lembremos que Deus é Justo Senhor, e que de tudo fica ciente de nossos atos, e se não temos disposição de perdoarmos a quem nos ofende, da mesma forma nos cobrará nossas ofensas.
Lembremo-nos do quão isto é necessário observarmos em nosso viver terreno, para que estejamos sendo aceitos para o reino dos céus, vejamos novamente quando Jesus nos ensinou a orar a Deus, e na hora de pedirmos perdão que seja da forma como nós perdoamos aos nossos pecadores.
E bem sabemos não é nada fácil perdoarmos diante de algumas violências que nos é causada por outro, mas também isto devemos clamar a Deus que nos ajude a não cair em tentação de fazermos justiça com as próprias mãos, e nos lembrar do quão misericordioso é Ele para conosco para que possamos ser herdeiros do reino dos céus, que todo o poder Ele detêm, que a vingança pertence a Ele somente. Para que tenha misericórdia de nossa natureza humana e nos perdoe e nos ajude a perdoar assim como Ele nos perdoa.
Para que possamos perdoar e sermos por Deus perdoado.

“E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores;
E não nos conduzas à tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém.
Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós;
Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas.
Mateus6:12-15


Lembremos sim que Jesus nos deu autoridade para perdoarmos pecados ou retê-los, e somente com o Espirito Santo conosco é que podemos perdoar, que tenhamos bastante consciência do quão grande é o Amor de Deus para conosco, do quão incomparável fora o sacrifício de Jesus na cruz por nós.
Que em o Nome Santo de Jesus saibamos perdoar, como Ele nos perdoa, e que o Espirito Santo de Deus nos guie, pois somente contra Ele blasfêmias não serão perdoadas aos homens.

“E, havendo dito isto, assoprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo.
aqueles a quem perdoardes os pecados lhes são perdoados; e àqueles a quem os retiverdes lhes são retidos.
João20:22,23
Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha.
Portanto, eu vos digo: Todo o pecado e blasfêmia se perdoará aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada aos homens.
E, se qualquer disser alguma palavra contra o Filho do homem, ser-lhe-á perdoado; mas, se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste século nem no futuro.
Mateus12:30-32

E para que seja estabelecia ordem nas igrejas, é levantado as lideranças, mas lembremos que todos são suscetíveis ao pecado, e da mesma forma deve ser feito no corpo de Cristo com relação ao perdoar, que não seja levantado falsa acusação, que haja sempre no mínimo duas ou três testemunhas, para que não haja precipitação na acusação, e nem mesmo tenha concordância com o pecado, e que assim sendo que seja repreendido na frente de toda a igreja o que pecar para que haja temor ao Senhor, para que não haja contaminações, mas que cada um saiba conservar a si mesmo puro diante de Deus em Cristo Jesus.
No entanto, que sobre tudo lembremos do quão grande é o Amor de Deus, e do mandamento de amar-nos uns aos outros, assim que tudo seja feito em amor, para que não haja brechas para que o maligno venha a se interferir.

“Não aceites acusação contra o presbítero, senão com duas ou três testemunhas.
Aos que pecarem, repreende-os na presença de todos, para que também os outros tenham temor.
Conjuro-te diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, e dos anjos eleitos, que sem prevenção guardes estas coisas, nada fazendo por parcialidade.
A ninguém imponhas precipitadamente as mãos, nem participes dos pecados alheios; conserva-te a ti mesmo puro.
1Timóteo 5:19-22
Porque, se alguém me contristou, não me contristou a mim senão em parte, para vos não sobrecarregar a vós todos.
Basta-lhe ao tal esta repreensão feita por muitos.
De maneira que pelo contrário deveis antes perdoar-lhe e consolá-lo, para que o tal não seja de modo algum devorado de demasiada tristeza.
Por isso vos rogo que confirmeis para com ele o vosso amor.
E para isso vos escrevi também, para por esta prova saber se sois obedientes em tudo.
E a quem perdoardes alguma coisa, também eu; porque, o que eu também perdoei, se é que tenho perdoado, por amor de vós o fiz na presença de Cristo; para que não sejamos vencidos por Satanás;
Porque não ignoramos os seus ardís.
2Coríntios 2:5-11



A falta de liberarmos perdão, a ira, o rancor, o desamor, nos aprisiona em nós mesmos, ao perdoar nos libertamos destas amarras, vivemos melhor e em paz. Não significa passar a mão sobre o pecado ou apagar algo feito, tudo tem suas consequências, bem como não é necessário conviver como se nada tivesse acontecido, por vezes isto nos é impossível, mas é viver em amor e paz. 
Que sejamos sempre revestidos do Amor de Deus, que aprendamos a perdoar uns aos outros as ofensas, assim como Cristo nos perdoa, para que reine a paz em nossos corações e em nosso meio.



“Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade;
Suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também.
E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição.
E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos
Colossenses3:12-15

sábado, 22 de julho de 2017

Versículos do dia: ovelha perdida

Porque o Filho do homem veio salvar o que se tinha perdido.
Que vos parece? Se algum homem tiver cem ovelhas, e uma delas se desgarrar, não irá pelos montes, deixando as noventa e nove, em busca da que se desgarrou?
Mateus18:11,12


Porque assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu, eu mesmo, procurarei pelas minhas ovelhas, e as buscarei. Como o pastor busca o seu rebanho, no dia em que está no meio das suas ovelhas dispersas, assim buscarei as minhas ovelhas; e livrá-las-ei de todos os lugares por onde andam espalhadas, no dia nublado e de escuridão.
Ezequiel34:11,12






Jesus já dissera que o que quer ser maior deve ser o menor, em humildade como uma criança, e como criança pequena é guardada pelo pai assim Deus guarda os que são seus. Não nos deixa desprezados, nos defende,  nos ampara, se como criança reconhecermos que necessitamos Dele. 

“Vede, não desprezeis algum destes pequeninos, porque eu vos digo que os seus anjos nos céus sempre vêem a face de meu Pai que está nos céus. Mateus18:10

Cada um dos discípulos daquela época, bem como cada um de nós até os dias de hoje, já fomos como ovelhas desgarradas, perdidas, pecadores distanciados de Deus, e por estes veio Jesus salvar ao perdido.
E o que é Verdadeiro Pastor é que busca por uma ovelha perdida, pois as que não se desgarraram ouvem sua voz e lhe obedece e já tem os seus cuidados. Mas se ao encontrar a ovelha perdida e esta ainda ouvir sua voz que grande prazer terá em tê-la de volta ao aprisco.
E assim é Deus para com o homem, quer tê-los como ovelhas bem cuidadas em um aprisco, mas para isto necessário é que o homem ouça, e de ouvidos, sua Voz.
E estava o povo naquela época como ovelhas desgarradas, distantes de Deus, por isso Deus Enviou-nos Jesus para salvar o que estava perdido, o próprio Deus, não querendo que nenhum se perdesse.
E assim Jesus busca a cada um de nós para nos ajuntar em Seu aprisco, agora já não mais para uma terra aqui prometida, mas para o reino dos céus.
E Jesus é o Bom Pastor, o que deu a vida pelas ovelhas. E as busca onde estiverem livrando-as do mal, trazendo-as das trevas malignas para sua maravilhosa Luz. Este é Nosso Senhor Jesus, nosso Único e Suficiente Salvador.


Porque o Filho do homem veio salvar o que se tinha perdido.
Que vos parece? Se algum homem tiver cem ovelhas, e uma delas se desgarrar, não irá pelos montes, deixando as noventa e nove, em busca da que se desgarrou?
E, se porventura achá-la, em verdade vos digo que maior prazer tem por aquela do que pelas noventa e nove que se não desgarraram.
Assim, também, não é vontade de vosso Pai, que está nos céus, que um destes pequeninos se perca.
Mateus18:11-14

E Jesus nos conta esta parábola, justamente quando os fariseus queria pegá-lo com seus discípulos, e acusam Jesus de receber pecadores e comer com eles, mas entendamos que era para salvar estes que estavam perdidos, para fazer a vontade de Deus que com os anjos se alegram por ver um pecador arrependido, pois os já convertidos se alegram da mesma forma. Ou, pelo menos, assim deveria ser.
Para Deus mais vale um homem que humildemente se arrepende e se converte a Jesus, ganhando a vida eterna, do que noventa e nove que se acham bons suficiente e que não necessitam se arrepender e não alcançam a salvação,

"E Chegavam-se a ele todos os publicanos e pecadores para o ouvir.
E os fariseus e os escribas murmuravam, dizendo: Este recebe pecadores, e come com eles. (...)
Digo-vos que assim haverá alegria no céu por um pecador que se arrepende, mais do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento.
Lucas15:1-7
E fez-lhe Levi um grande banquete em sua casa; e havia ali uma multidão de publicanos e outros que estavam com eles à mesa.
E os escribas deles, e os fariseus, murmuravam contra os seus discípulos, dizendo: Por que comeis e bebeis com publicanos e pecadores?
E Jesus, respondendo, disse-lhes: Não necessitam de médico os que estão sãos, mas, sim, os que estão enfermos;
Eu não vim chamar os justos, mas, sim, os pecadores, ao arrependimento.
Lucas5:29-32


Jesus, no cumprimento de seu ministério aqui na terra, percorrendo as cidades sempre era seguido por multidões, e tinha compaixão destas por andarem cansadas e desgarradas, como ovelhas sem pastor.
E nós no cumprimento do 'ide' que Jesus nos deixou, estamos tendo compaixão de quem está desgarrado de Seu aprisco, estamos levando a Palavra de Deus e os conduzindo de volta à Deus?

E percorria Jesus todas as cidades e aldeias, ensinando nas sinagogas deles, e pregando o evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo.
E, vendo as multidões, teve grande compaixão delas, porque andavam cansadas e desgarradas, como ovelhas que não têm pastor.
Mateus9:35,36

Não devemos nos sentir desamparados, mesmo que assim nos pareça as circunstâncias em que vivemos nesta terra, pois nosso Deus Criador nos ampara e nos faz repousar mesmo nas angustias, e é misericordioso para nos buscar quando nos afastamos, nos restaurar quando estamos com brechas, nos fortalecer quando adoecemos, desde que não deixemos de ouvir Sua voz, de reconhecermos que carecemos Dele, e não ficarmos confiando em nossos próprios recursos e fortalezas, pois Deus é justo.
E mesmo que estejamos perdidos como ovelha desgarrada do rebanho, se ouvirmos a voz do Bom Pastor, nosso Salvador Jesus, que deu sua própria vida por nós, seremos salvos e resgatados para o aprisco.
E nosso Bom Pastor Jesus, chama por nós, individualmente nos busca, e quando é ouvido, nos acolhe em seus braços com grande alegria e nos justifica perante o Pai, e há grande alegria no reino de Deus a cada pecador que se arrepende.


Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas.
João10:11


sexta-feira, 21 de julho de 2017

Versículos do dia: Quem é maior para o reino dos céus


E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos fizerdes como meninos, de modo algum entrareis no reino dos céus.
Mateus18:3

E ele, assentando-se, chamou os doze, e disse-lhes: Se alguém quiser ser o primeiro, será o derradeiro de todos e o servo de todos.
Marcos9:35






Os discípulos de Jesus, sendo homens com toda natureza carnal acabavam por disputar entre si sobre qual era o maior, ou qual seria o maior no reino dos céus. Mas Jesus conhecendo-lhes o coração lhes ensina que todos necessitavam se converter e ser como criança, puros, justos, para poderem entrar no reino dos céus, e o que se tornasse humilde como um menino seria o maior no reino dos céus. Que deveriam em nome Dele acolher os pequenos e humildes, pois assim o receberiam.
Ensinando-lhes ainda que aquele que quisesse ser o primeiro no reino dos céus, deveria ser o menor entre eles servindo a todos.

“Naquela mesma hora chegaram os discípulos ao pé de Jesus, dizendo: Quem é o maior no reino dos céus?
E Jesus, chamando um menino, o pôs no meio deles,
E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos fizerdes como meninos, de modo algum entrareis no reino dos céus.
Portanto, aquele que se tornar humilde como este menino, esse é o maior no reino dos céus.
E qualquer que receber em meu nome um menino, tal como este, a mim me recebe.
Mateus18:1-5
E chegou a Cafarnaum e, entrando em casa, perguntou-lhes: Que estáveis vós discutindo pelo caminho?
Mas eles calaram-se; porque pelo caminho tinham disputado entre si qual era o maior.
Marcos9:33-34
Em verdade vos digo que, qualquer que não receber o reino de Deus como menino, não entrará nele.
Lucas18:17


Em outra passagem já vimos que Jesus falara que entre os nascidos de mulher, ou seja, somente carnal, não havia nenhum maior de João Batista, que tinha sido enviado e preparado para anunciar o caminho a Jesus, enchido do Espirito Santo para pregar o arrependimento do mal caminho e lhes encaminhando ao evangelho de Jesus. Mas diz Jesus que o que fosse menor no reino dos céus é maior que João. Entendamos aqui que todos que forem nascido do Espirito mediante o arrependimento do mal caminho e conversão a Jesus que o veio firmar o Reino entre nós, lhe sendo por seguidor e testemunha de sua morte e ressurreição, sendo o Único que nos pode batizar com o Espirito Santo e nos dar salvação para vida eterna, os que assim pregar e ensinar, os que herdarão o reino dos céus. 

Em verdade vos digo que, entre os que de mulher têm nascido, não apareceu alguém maior do que João o Batista; mas aquele que é o menor no reino dos céus é maior do que ele.
Mateus11:11

Em outra ocasião disse Jesus que bem-aventurados seriam os discípulos que fossem perseguidos e de quem falassem mal e mentiras, pelo fato de serem suas testemunhas verdadeiras, que teriam grande galardão nos céus. E assim nos fala até hoje. 

Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.
Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.
Mateus5:11,12

No entanto Jesus também ensinava que seus discípulos, que cumprindo com Seu mandar, deviam pregar seu evangelho, a Verdade, tal qual Ele lhes ensinava, em nada diminuindo ou acrescendo, pois se alguém violasse o evangelho da Verdade, e assim ensinasse a outros, seria chamado o menor no reino dos céus; no entanto quem cumprisse com Seu mandar e somente assim pregassem, será chamado grande no reino dos céus. Dizendo que esta justiça deles tinha que exceder a doutrina dos fariseus e escribas, para que pudessem entrar no reino dos céus.
E é da mesma forma que nos é dito até os dias de hoje, onde também se encontram 'fariseus', os falsos profetas.
Entendamos que temos que cumprir com o mandar de Jesus, e não apenas dizer: Senhor, Senhor! Mas fazer a vontade de Deus em nosso viver, temos que sermos imitadores de Jesus em nosso viver diário e não apenas da boca para fora. 
O evangelho de Jesus tem que ser pregado da forma como Ele pregou e viveu, sem nada ser tirado ou acrescido como falsas doutrinas.

“Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus.
Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus.
Mateus5:19,20
Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.
Mateus7:21-23


Na questão de ser maior ou menor para o reino dos céus, que já é sobre nós, Jesus ensina também fazendo uma comparação com a vida cotidiana aqui na terra, com as hierarquias de poder que aqui existem, no entanto entre os discípulos não deve ser assim, que o maior tem que ser como menor, e quem tem entendimento como servo. Dizendo Dele mesmo que viera para servir, no entanto tinha por destino o Reino, como Rei e Senhor, mas que também destinava seus discípulos para o reino dos céus, com autoridade até para julgar. Mas enquanto que vivendo aqui quem quiser ser o maior tem que ser serviçal,

"E houve também entre eles contenda, sobre qual deles parecia ser o maior.
E ele lhes disse: Os reis dos gentios dominam sobre eles, e os que têm autoridade sobre eles são chamados benfeitores.
Mas não sereis vós assim; antes o maior entre vós seja como o menor; e quem governa como quem serve.
Pois qual é maior: quem está à mesa, ou quem serve? Porventura não é quem está à mesa? Eu, porém, entre vós sou como aquele que serve.
E vós sois os que tendes permanecido comigo nas minhas tentações.
E eu vos destino o reino, como meu Pai mo destinou,
Para que comais e bebais à minha mesa no meu reino, e vos assenteis sobre tronos, julgando as doze tribos de Israel.
Lucas22:24-30
E, quando os dez ouviram isto, indignaram-se contra os dois irmãos.
Então Jesus, chamando-os para junto de si, disse: Bem sabeis que pelos príncipes dos gentios são estes dominados, e que os grandes exercem autoridade sobre eles.
Não será assim entre vós; mas todo aquele que quiser entre vós fazer-se grande seja vosso serviçal;
E, qualquer que entre vós quiser ser o primeiro, seja vosso servo;
Bem como o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate de muitos.
Mateus20:24-28

O maior dentre vós será vosso servo.
E o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado.
Mateus23:11,12


Nisto Jesus nos deu o maior exemplo de humildade, lavando os pés de seus discípulos, mesmo sendo o Mestre e Senhor, dizendo que assim eles deveriam fazê-lo também uns aos outros. Que ninguém é maior que o seu Senhor, e nenhum enviado é maior do quem o enviou. Todo discípulo é servo de Deus e assim tem que viver.


“Depois que lhes lavou os pés, e tomou as suas vestes, e se assentou outra vez à mesa, disse-lhes: Entendeis o que vos tenho feito?
Vós me chamais Mestre e Senhor, e dizeis bem, porque eu o sou.
Ora, se eu, Senhor e Mestre, vos lavei os pés, vós deveis também lavar os pés uns aos outros.
Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.
Na verdade, na verdade vos digo que não é o servo maior do que o seu senhor, nem o enviado maior do que aquele que o enviou.
Se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as fizerdes.
João13:12-17

Apesar de tantos ensinamentos vivemos ainda num mundo onde há contendas e disputas por quem ainda quer ser chamado de maior, de mais próspero, de mais entendido, de mais conhecedor, isto entre lideranças de igrejas, ou em uma igreja, ou ainda entre membros de igrejas diferentes por seguirem a seus mestres carnais, e não a Jesus.
Promovendo até convenções entre si para serem exaltados como melhor.
Perdendo-se assim tempo e oportunidades de se fazer a obra de Deus. 
Entendamos de uma vez por todas que Jesus é por Cabeça da igreja, e somente o evangelho genuíno pregado por Ele que é a Verdade, que deve ser pregada e ensinada.
Aqui somos todos discípulos de Jesus, todos iguais.
A obra é de Deus e não nossa, apenas levamos a Palavra a quem não conhece, mas quem faz acontecer a conversão não somos nós mas sim o Espirito Santo de Deus. 
Mas que entendamos também que no corpo há membros com funções diversas umas das outras, e na igreja também temos lideres a serem obedecidos para a ordem, mas que todos temos um Único por Cabeça, que é Jesus, o Mestre a quem devemos ouvir.
Somente o Espirito Santo de Deus que nos dá o equilíbrio, que nos faz grandes, e cada um receberá seu galardão no céu de acordo com o seu próprio trabalho, e não invejando ou cuidando do trabalho do outro.
Somos todos carnais, suscetíveis aos mesmos males, mas o que estiver firmado em Jesus, em seu evangelho genuíno vivendo e pregando, sendo servo do Deus Altíssimo, serão então purificados e serão feitos maiores para o reino dos céus.

Está Cristo dividido? foi Paulo crucificado por vós? ou fostes vós batizados em nome de Paulo?
1Coríntios 1:13

Porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens?
Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo; e outro: Eu de Apolo; porventura não sois carnais?
Pois, quem é Paulo, e quem é Apolo, senão ministros pelos quais crestes, e conforme o que o Senhor deu a cada um?
Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento.
Por isso, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento.
Ora, o que planta e o que rega são um; mas cada um receberá o seu galardão segundo o seu trabalho.
Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus.
1Coríntios 3:3-9


quinta-feira, 20 de julho de 2017

Versículos do dia: Vida terrena e espiritual, a questão do tributo


Mas, para que os não escandalizemos, vai ao mar, lança o anzol, tira o primeiro peixe que subir, e abrindo-lhe a boca, encontrarás um estáter; toma-o, e dá-o por mim e por ti.
Mateus17:27

E Jesus, respondendo, disse-lhes: Dai pois a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus. E maravilharam-se dele.
Marcos12:17






Assim como Deus de tudo avisava seu povo através dos profetas, Jesus predizia sua morte e ressurreição aos seus discípulos, e estes ficavam entristecidos embora não entendessem direito o que significava, mas não se atreviam a perguntar a Jesus.

Ora, achando-se eles na Galiléia, disse-lhes Jesus: O Filho do homem será entregue nas mãos dos homens;
E matá-lo-ão, e ao terceiro dia ressuscitará. E eles se entristeceram muito.
Mateus17:22,23

Hoje nós temos os testemunhos destes sobre a morte e ressurreição de Cristo, temos também o próprio Espirito Santo de Deus conosco, mas muitos são os que ainda não entendem este feito de Deus, e ficam sem receber desta Maravilhosa Graça Divina por não terem a disposição de indagar a respeito, de buscar conhecimento na Palavra de Deus, de receber o Espirito Santo, vivendo uma vida entristecidos, sem esperança no por vir.
E ainda são muitos também que mesmo recebendo da Graça Divina, não se alegram com a Esperança de vida eterna que nos foi concedida, vivendo ainda uma vida meramente terrena, muitas vezes em tribulações e angustias, sem se voltarem ao reino dos céus que já é sobre nós, e ficam sem receber de Jesus o alivio para os momentos de sofrimento.
Que nos acheguemos a Jesus, que busquemos por conhecimento nas Escrituras sagradas, são tantas e tantas revelações de quão maravilhosa será a vida eterna, do quão preciosa, e tão gloriosa, que nenhuma riqueza terrena, nem se ajuntarem todas elas, pode se comparar com o reino dos céus.


Verdade é que vivendo nesta terra temos regras a seguir, somos subordinados a autoridades e leis terrenas que para ordem temos que obedecer, mas lembremos que Jesus fora homem como nós e da mesma forma tinha uma lei a cumprir, e ainda mais era perseguido em suas palavras pelos fariseus que o queriam prender. Aqui na terra temos também os tributos a pagar.
Mas lembremos que para o reino dos céus tudo nos é gratuitamente concedido, tendo Jesus já pago o mais alto preço com seu próprio sangue para remissão de nossos pecados, pois o salário do pecado é a morte, mas em Cristo Jesus temos a vida eterna. 

Mas mesmo sendo Jesus o Filho de Deus, Criador e dono de tudo quanto há, para não escandalizar cumpria a lei.
Mas atentemos bem como supre sua necessidade e a de Pedro para pagamento de impostos. Observemos bem, não fez dinheiro cair do céu, mas ordena a Pedro que fosse pescar, trabalhar para isto, mas atentemos que não é ordenado nada além do que Pedro sabia fazer, pescar,  e assim foi suprido. 

“E, chegando eles a Cafarnaum, aproximaram-se de Pedro os que cobravam as dracmas, e disseram: O vosso mestre não paga as dracmas?
Disse ele: Sim. E, entrando em casa, Jesus se lhe antecipou, dizendo: Que te parece, Simão? De quem cobram os reis da terra os tributos, ou o censo? Dos seus filhos, ou dos alheios?
Disse-lhe Pedro: Dos alheios. Disse-lhe Jesus: Logo, estão livres os filhos.
Mas, para que os não escandalizemos, vai ao mar, lança o anzol, tira o primeiro peixe que subir, e abrindo-lhe a boca, encontrarás um estáter; toma-o, e dá-o por mim e por ti.
Mateus17:24-27

E nós confiamos que Jesus nos supre as necessidades, que se fizermos a nossa parte, com aquilo que nos é possível,  seremos por Ele abençoados? Ou nos desesperamos com as leis terrenas, ficando sem ação diante das adversidades?
Ou ainda queremos que Deus resolva tudo, ficando nós de braços cruzados?
Sim o reino dos céus já é sobre nós, e temos sim que buscar primeiramente as coisas que são do céu as terrenas, primeiro o espiritual. 
Mas vivemos ainda nesta terra e aqui temos que trabalhar, fazer nossa parte como humanos, para sermos abençoados. E se confiarmos Jesus nos suprirá, tanto para cumprirmos com seu mandar, como para nossas necessidades terrenas. Mas atentemos também que com Jesus no comando de nossas vidas tudo é mais fácil, assim como para Pedro fora o primeiro peixe pescado. 

Entendamos ainda, que nossa subordinação quanto a lei aqui na terra é tão somente sobre nossa vida terrena, nosso dia a dia aqui na terra, sendo justos e decentes cumprindo a lei, de nada devemos temer ao homem.
Mas saibamos que somos servos do Deus Altíssimo, e à Ele devemos obedecer em Seu Mandar, e já nos disse que a Jesus devemos dar ouvidos, nos reverenciar e adorar, para que tenhamos uma vida espiritual voltada ao reino dos céus. E tudo gratuitamente pela Maravilhosa Graça de Deus.

Mas vejamos bem que Jesus nos ensina a sermos disciplinados e obedecer a lei terrena, dando ao homem o que é o homem, mas dando à Deus o que é de Deus, toda a glória e honra, toda adoração e reverência, todo poder e majestade.
Mas não importa o que disser o homem, ou quem seja o homem,  não devemos negar é a nossa fé.

Então, retirando-se os fariseus, consultaram entre si como o surpreenderiam nalguma palavra;
E enviaram-lhe os seus discípulos, com os herodianos, dizendo: Mestre, bem sabemos que és verdadeiro, e ensinas o caminho de Deus segundo a verdade, e de ninguém se te dá, porque não olhas a aparência dos homens.
Dize-nos, pois, que te parece? É lícito pagar o tributo a César, ou não?
Jesus, porém, conhecendo a sua malícia, disse: Por que me experimentais, hipócritas?
Mostrai-me a moeda do tributo. E eles lhe apresentaram um dinheiro.
E ele diz-lhes: De quem é esta efígie e esta inscrição?
Dizem-lhe eles: De César. Então ele lhes disse: Dai pois a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus.
E eles, ouvindo isto, maravilharam-se, e, deixando-o, se retiraram.
Mateus22:15-22

Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder; porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas.
Apocalipse4:11



quarta-feira, 19 de julho de 2017

Versículos do dia: A transfiguração de Jesus


E, estando ele ainda a falar, eis que uma nuvem luminosa os cobriu. E da nuvem saiu uma voz que dizia: Este é o meu amado Filho, em quem me comprazo; escutai-o
Mateus17:5

Eis aqui o meu servo, a quem sustenho, o meu eleito, em quem se apraz a minha alma; pus o meu espírito sobre ele; ele trará justiça aos gentios.
Isaías42:1






Certo dia Jesus subiu ao monte com Pedro, Tiago e João, e ali diante deles se transfigurou, ficando com o rosto resplandecente, e suas roupas ficaram brancas como a luz, extremamente brancas como a neve, tais como nenhum lavadeiro sobre a terra as poderia branquear. E neste momento apareceu em glória Moisés e Elias falando com Ele.
Os discípulos ficaram assombrados, sem ter o que falar, mas Pedro tomando a frente diz a Jesus que bom estarem ali, que ergueria três tendas, uma para Ele outra para Moisés e outra para Elias, mas antes que terminasse de falar uma nuvem luminosa os cobriu e o próprio Deus lhes falou: “ Este é o meu amado Filho, em quem me comprazo; escutai-o”
Os discípulos ao ouvir a voz de Deus ficaram com medo, mas Jesus lhes toca e acalma, ai viram tão somente a Jesus, que lhes pede que nada contassem sobre o ocorrido até que tivesse ressuscitado dentre os mortos. Os discípulos não entendiam direito o que significava ressuscitar dentre os mortos, mas calaram-se.


“ Seis dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro, e a Tiago, e a João, seu irmão, e os conduziu em particular a um alto monte,
E transfigurou-se diante deles; e o seu rosto resplandeceu como o sol, e as suas vestes se tornaram brancas como a luz.
E eis que lhes apareceram Moisés e Elias, falando com ele.
E Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: Senhor, bom é estarmos aqui; se queres, façamos aqui três tabernáculos, um para ti, um para Moisés, e um para Elias.
E, estando ele ainda a falar, eis que uma nuvem luminosa os cobriu. E da nuvem saiu uma voz que dizia: Este é o meu amado Filho, em quem me comprazo; escutai-o.
E os discípulos, ouvindo isto, caíram sobre os seus rostos, e tiveram grande medo.
E, aproximando-se Jesus, tocou-lhes, e disse: Levantai-vos, e não tenhais medo.
E, erguendo eles os olhos, ninguém viram senão unicamente a Jesus.
E, descendo eles do monte, Jesus lhes ordenou, dizendo: A ninguém conteis a visão, até que o Filho do homem seja ressuscitado dentre os mortos.
Mateus17:1-9

Esta passagem me é particularmente especial, assim como quando Jesus fora batizado, onde Deus se manifesta e Ele próprio diz ser Jesus Seu Filho amado em quem tinha prazer, o que já havia profetizado por Isaías.
Atentemos que a voz de Deus veio bem no momento em que Pedro falava em levantar ali tabernáculos para adoração, mas o próprio Deus diz ser Jesus seu Filho amado em quem tinha prazer, que a Jesus tinham que dar ouvidos, entendamos bem: tão somente a Jesus ouvir, à Ele toda a adoração e glória, a mais ninguém. O próprio Deus o disse!
E Jesus tocou os discípulos quando ficaram com medo, e assim nos toca até hoje e nos diz: "Levantai-vos, e não tenhais medo". Diante do cumprimento das profecias que já nos amedronta, ou nas aflições,  que assim como seus discípulos viram tão somente a Jesus ali naquele momento, nós também temos tão somente a Jesus para nos manter de pé e prosseguir. 


“E aconteceu que, como todo o povo se batizava, sendo batizado também Jesus, orando ele, o céu se abriu;
E o Espírito Santo desceu sobre ele em forma corpórea, como pomba; e ouviu-se uma voz do céu, que dizia: Tu és o meu Filho amado, em ti me comprazo.
Lucas3:21,22

Maravilhoso é Deus! Deus de Amor, de intermináveis misericórdias para com o homem.
Deus que quer ter contato com o homem, assim como fazia com Adão, todos os dias lhe falava pessoalmente. Mas por causa do pecado o homem foi se afastando de Deus, e cada vez mais perdendo contato com Deus. Mas Deus em suas misericórdias não desistiu do homem, fez aliança com um povo escolhido, para lhe ser presente, suprir necessidades, dar paz e tranquilidade em uma terra prometida por Ele, mas para isso era necessário que este povo se purificasse de tanta maldade que já lhes era cotidiano, que se afastassem do mal, que lhe obedecessem em seu mandar, lhes dando uma lei a ser seguida, que não tivesse outros deuses por adoração, pois todos criados pelo próprio homem, que necessita ser preenchido de alguma forma a falta da presença de Deus, seu Criador.
E Deus lhes falava através dos profetas, fazia maravilhas e prodígios a este povo, lhes dava vitórias e mais vitórias sobre os demais, sobre o mal. Mesmo assim pelo pecado aquele povo não dava ouvidos aos profetas, se contaminavam com os deuses de outros povos, corrompendo a aliança feita com Deus. Mas Deus continuando misericordioso, mesmo irado, lhes advertia, através dos profetas lhes falava da maldição e da benção, do bem e do mal, e lhes comunicava com antecedência tudo o que lhes poderia acontecer se não lhes dessem ouvidos. Mas o homem em seu próprio ego, em querer ter contato com o mundo apenas, continuava se afastando de Deus, ao ponto de Deus já não achar mais nenhum justo de suas misericórdias, ninguém que estivesse cumprindo com sua lei puramente, já com uma aliança totalmente corrompida.
Mesmo assim Deus continuava sendo Deus de Amor e misericórdias para com seu povo. Então se fez homem, através de Seu Filho Amado, para que pudesse ser a lei cumprida por um homem. Homem este que seria o sacrifício perfeito, derramando seu sangue para purificação do pecado do homem, firmando assim uma Nova e Eterna Aliança entre Deus e o homem, já não mais para apenas uma terra prometida aqui, mas sim para um reino nos céus junto a Sua Presença eternamente, a Salvação de Vida para o homem, o que lhe devolve a semelha com Deus, a vida eterna. Tudo gratuitamente por sua Maravilhosa Graça.
Tudo detalhadamente nos deixado registrado nas Escrituras Sagradas.

E Jesus estava entre o povo e o povo não lhe dava ouvidos. Mesmo tendo Deus o dito já anteriormente por profetas.
Deus Maravilhoso! Que tudo já realizou para a salvação do homem, e agora não mais apenas para um povo escolhido, mas por todos quantos crerem e aceitarem sua Graça Salvadora em Cristo Jesus.
Jesus já veio como homem, já fora sacrificado na cruz, já fora ressuscitado dentre os mortos, tendo sido glorificado por Deus. Se faz presente conosco através de Seus Santo Espirito. Tudo já realizado por Deus.
E quantos são até hoje que mesmo com tão maravilhosa Graça divina continua se afastando de Deus, tentando achar forças pessoais para se purificar, para preencher o vazio da distância com o Criador, acrecendo outros nomes em adoração e como se pudessem ser intermediários com Deus, deuses criados pelo próprio homem. Com doutrinas nas igrejas  já tão distorcidas do evangelho genuíno pregado por Jesus.

E o próprio Deus já disse com sua própria voz, que Jesus Seu Filho Amado em quem tem prazer, que à Ele temos que ouvir.
Esta é a nossa parte na Nova e Eterna Aliança para com Deus: dar ouvidos a Jesus! Nos rendermos à Ele pelo arrependimento. Seguir e cumprir com seu mandar, de tudo nos tendo deixado registrado na Bíblia, a nosso dispor para que possamos alcançar tão Maravilhosa Graça Divina.
Nos agraciando ainda nesta terra com Sua maravilhosa presença contínua através do Espirito Santo que nos deixou, um reino dos céus que já devemos estar vivendo deste esta vida carnal, nos voltando primeiramente as coisas dos céus. 
Dando ouvidos a Jesus, nosso Rei que Vive e Reina eternamente.
De tudo temos os testemunhos registrados nas Escrituras Sagradas, que estejamos com ouvidos atentos e prontos em dar ouvidos, ou seja prontos em seguir rumo ao Alvo, a Salvação eterna, que somente através de Cristo Jesus.
Tudo já feito, tudo já revelado, não há mais nada a ser feito por Deus, tão somente será cumprida a profecia, o Apocalipse, e em breve Jesus voltará, muito breve, para levar os que são seus.
E quão maravilhoso será ver Jesus todo transfigurado em glória.  


“Porque não vos fizemos saber a virtude e a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, seguindo fábulas artificialmente compostas; mas nós mesmos vimos a sua majestade.
Porquanto ele recebeu de Deus Pai honra e glória, quando da magnífica glória lhe foi dirigida a seguinte voz: Este é o meu Filho amado, em quem me tenho comprazido.
E ouvimos esta voz dirigida do céu, estando nós com ele no monte santo;
2Pedro 1:16-18
“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; João 5: 39”

C O M P A R T I L H A R... isto é viver...é aprender...






Recomendo que clique no link indicado no final de cada postagem efetuada só com a introdução, para leitura integral do texto publicado na íntegra na folha CONTINUA.