Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

__________________VERSÍCULOS DO DIA ______________

E, quando o viram, o adoraram; mas alguns duvidaram. Mateus28:17
Finalmente apareceu aos onze, estando eles assentados juntamente, e lançou-lhes em rosto a sua incredulidade e dureza de coração, por não haverem crido nos que o tinham visto já ressuscitado. Marcos16:14
>
- se preferir texto parado, pare o mouse sobre o versículo-

Abaixo publico algumas anotações sobre estes versículos.
Não deixe de ler as citações bíblicas, pois delas é que compartilho
* Deus nos abençoe *
***
*Faça a sua reflexão sobre estes versículos, pois DEUS quer falar diretamente com você, lembre-se que ELE te chama pelo seu nome e quer escrevê-lo e mantê-lo no Livro da Vida Eterna.*
***

(Se necessário, ATUALIZE A FOLHA PARA VISUALIZAR AS ANOTAÇÕES DOS VERSÍCULOS DE HOJE
http://wwwcompartilhar.blogspot.com/


sábado, 5 de agosto de 2017

Versículos do dia: Jesus alerta "vigiai" e "orai"


O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar.
Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai.

Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem.
Lucas21:36






Ainda no monte das Oliveiras, através de uma parábola Jesus continua falando a seus discípulos sobre os finais dos tempos, que o dia e hora em que voltará nem os anjos nem Ele mesmo o sabia, somente Deus o sabe, não cabe ao homem sabê-lo antes.
No entanto alerta que devemos ficar atentos aos sinais, para sabermos quando se aproxima o Reino de Deus.
Que tudo nesta terra passa, mas que as palavras Dele, o evangelho pregado, a Verdade, jamais passará.

“Aprendei, pois, esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão.
Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo, às portas.
Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam.
O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar.
Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai.
Mateus24: 32-36

Jesus afirma que crendo o homem ou não crendo em sua Palavra, esta se cumprirá, assim como fora com o diluvio que ninguém cria em Noé, mas aconteceu.
No princípio quando a maldade do homem se multiplicara e este estava afastado de Deus, com a violência tomando conta da terra, Deus chega a se arrepender de ter feito o homem, no entanto lhe pesava o coração por causa do Amor que lhe tinha, mas resolve acabar com sua criação.
No entanto Noé achou graça aos olhos de Deus.
E como sabemos Deus poupou a vida do homem através de Noé e sua família para que se multiplicassem, assim como a todas as espécies de animais.
Atentemos sobre as misericórdias e Amor de Deus que mesmo decidido a terminar com o homem corrupto, mesmo assim salvando a Noé e família, não o faz de imediato, incumbe a Noé a preparação da Arca, o que durou em torno de 100 anos, tempo em que foi anunciado o Diluvio ao povo, para talvez se arrepender de seu mal caminho.
Mas estes nem davam ouvidos a Noé, continuavam com a maldade em seus corações, vivendo normalmente em suas corrupções e imundícias,
E ocorreu o diluvio, matando tudo sobre a terra, e voltando a se multiplicar com o remanescente que se salvaram na arca. Assim a terra é povoada novamente, e mais uma vez o homem não dá ouvidos a Deus, que fizera uma aliança com Noé.
Se afastando cada vez mais do Amor de Deus o homem veio a se corromper novamente. Mas Deus em suas misericórdias novamente vem a fazer uma promessa a Abrão, que dele faria uma grande nação, um povo a lhe seguir. Mas continuavam se afastando de Deus, e em suas corrupções vieram a ser escravos no Egito. De onde Deus lhes tira através de Moisés, realizando grandes prodígios e milagres, fazendo com eles uma aliança, de que se não se afastassem teriam toda a provisão para vida em uma terra aqui prometida. Mas este povo não obedeciam, eram mal agradecidos, não davam ouvidos a Moisés que lhes trazia a palavra de Deus. Fora lhes dado os mandamentos e a lei para cumprirem para serem uma nação abençoada por Deus na terra que lhes fora prometida.
Mas mesmo assim aquele povo escolhido, não davam ouvidos a Deus, se misturavam com os outros povos querendo seguir seus costumes e deuses em suas abominações.
Mas Deus em misericórdias e amor sempre lhes enviava profetas a falar em Seu Nome, lhes mostrava o caminho do bem para se afastarem do mal, mas o povo não dava ouvidos aos profetas. No entanto Deus sempre lhes exortava através de profetas que lhes expunha as bençãos e as maldições que sofreriam de acordo com seu agir, de tudo lhes deixava alertados e cientes, nada fazia as escondidas, era um Deus de provisão ao seu povo, mas mesmo assim o povo foi se distanciando cada vez mais de Deus, corrompendo totalmente a aliança, se tornando cativos de outros povos.
Mas Deus não abandona seu povo lhes prove a Salvação, anunciando tudo sempre antes por seus profetas, mesmo assim o povo não davam ouvidos, estavam mais interessados em seus próprios deleites, vivendo as consequências de escravidão entre os povos.
Tudo relatado em detalhes nas Escrituras Sagradas. 
Mas Deus é fiel e lhes cumpre com a promessa, envia seu próprio Filho para salvação de seu povo, já não mais apenas para uma terra aqui prometida, mas com a promessa de um reino no céus. Vem João Batista anunciando Jesus, e o povo não aceita, vem o próprio Jesus com os ensinamentos da Verdade de Deus, e mesmo assim o povo o rejeita por Salvador. ,


E viu o Senhor que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente.
Então arrependeu-se o Senhor de haver feito o homem sobre a terra e pesou-lhe em seu coração.
E disse o Senhor: Destruirei o homem que criei de sobre a face da terra, desde o homem até ao animal, até ao réptil, e até à ave dos céus; porque me arrependo de os haver feito.
Noé, porém, achou graça aos olhos do Senhor.
Gênesis6:5-8



E está Jesus entre aquele povo, sendo rejeitado, mas cumprindo com seu ministério, lhes fazendo milagres, sinais e prodígios, pregando o reino dos céus, lhes ensinando a Verdade, para formar uma Nova e Eterna Aliança, que seria selada com seu próprio sangue, mas prometendo-lhes salvação para uma vida eterna na Santa Presença de Deus, não mais apenas para aquele povo, mas para todos quantos crerem e o seguirem.

Tinha os discípulos que seguiam a Jesus, e a estes Jesus de tudo falava e anunciava, assim como em seus discursos anteriores estava prevendo os finais dos tempos, e estava naquele momento lhes falando sobre sua vinda em glória para levar os que fariam parte do reino dos céus, informando a eles, e nos deixando bem informados, de que sim toda Sua Palavra, a Verdade de Deus, será cumprida.
Já deixa registrado de que hora e dia ninguém o saberá antes, mas lhes previa os sinais, que deveriam ser observados, para não serem pegos de surpresa, para que ninguém possa alegar ignorância. 
Que devemos viver a todo tempo fazendo a vontade de Deus, no Caminho que é Jesus, para sermos achados dignos.  
Assim como Deus sempre o fez a seu povo, nos faz hoje, de tudo nos deixa cientes, do céu e do inferno, que sim virá o julgamento final.
Através desta parábola Jesus nos deixa claro quanto ao arrebatamento dos que forem remidos e salvos.Já pensou na angustia que dará aos que ficarem? 

“E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem.
Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca,
E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem.
Então, estando dois no campo, será levado um, e deixado o outro;
Estando duas moendo no moinho, será levada uma, e deixada outra.
Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor.
Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa.
Por isso, estai vós apercebidos também; porque o Filho do homem há de vir à hora em que não penseis.
Mateus24:32-44

Jesus nos alerta que devemos estar vigilantes, pois não sabemos a hora, como se fosse um ladrão a noite sem avisos não tendo o pai de família o que fazer, mas nós pelas misericórdias de Deus temos os sinais, só não sabemos o dia e hora, por isto temos que estar preparados.
Como o disse Jesus assim como fora com Noé que ninguém o acreditava, assim será com a sua vinda, o homem continuará em sua vida cotidiana, e quer creiamos ou não,  acontecerá e será o fim dos tempos, separados os bons dos maus, uns para salvação outros para condenação eterna.
Vigiemos nossas vidas individualmente, se estamos devidamente trajados em Cristo Jesus, que vigiem as lideranças da igreja sobre os que conduzem, os dê o alerta que Jesus nos deixou. Vigiemos e oremos, pois o fim é certo, que estejamos em pé diante de Deus naquele dia.

Olhai, vigiai e orai; porque não sabeis quando chegará o tempo.
É como se um homem, partindo para fora da terra, deixasse a sua casa, e desse autoridade aos seus servos, e a cada um a sua obra, e mandasse ao porteiro que vigiasse.
Vigiai, pois, porque não sabeis quando virá o senhor da casa; se à tarde, se à meia-noite, se ao cantar do galo, se pela manhã,
Para que, vindo de improviso, não vos ache dormindo.
E as coisas que vos digo, digo-as a todos: Vigiai
Marcos13:28-37

E olhai por vós, não aconteça que os vossos corações se carreguem de glutonaria, de embriaguez, e dos cuidados da vida, e venha sobre vós de improviso aquele dia.
Porque virá como um laço sobre todos os que habitam na face de toda a terra.
Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem.
Lucas21:29-36

Estejam cingidos os vossos lombos, e acesas as vossas candeias.
E sede vós semelhantes aos homens que esperam o seu senhor, quando houver de voltar das bodas, para que, quando vier, e bater, logo possam abrir-lhe.
Bem-aventurados aqueles servos, os quais, quando o Senhor vier, achar vigiando! Em verdade vos digo que se cingirá, e os fará assentar à mesa e, chegando-se, os servirá.
E, se vier na segunda vigília, e se vier na terceira vigília, e os achar assim, bem-aventurados são os tais servos.
Sabei, porém, isto: que, se o pai de família soubesse a que hora havia de vir o ladrão, vigiaria, e não deixaria minar a sua casa.
Portanto, estai vós também apercebidos; porque virá o Filho do homem à hora que não imaginais.
Lucas12:35-40


Vigiai e orai! É o que Jesus nos recomenda, que estejamos atentos aos sinais, que estejamos sempre preparados, que não contaminemos nossa veste nupcial, e se ocorrer que estejamos de imediato nos purificando no sangue do Cordeiro, para não sermos pegos de surpresa como serão muitos que não creem.


Lembra-te, pois, do que tens recebido e ouvido, e guarda-o, e arrepende-te. E, se não vigiares, virei sobre ti como um ladrão, e não saberás a que hora sobre ti virei.
Apocalipse3:3


sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Versículos do dia: A vinda de Jesus em Glória


Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.
Mateus24:30

Ora, quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima.
Lucas21:28








Jesus ainda no monte das Oliveiras, fala a seus discípulos sobre a sua vinda em Glória nos finais dos tempos, que logo após a grande aflição daqueles dias, o sol e a lua já não brilharão, que as estrelas cairão do céu sendo as forças do céus abaladas. Dá para imaginar como será aquele dia? Quão grande será a angustia das nações por mais que tiverem tido poder na terra. Muitos desmaiarão de terror sem saber o que sobrevirá.
E por toda a terra, todos verão no céu a vinda do Filho do homem sobre as nuvens com poder e grande glória. Já pensou aos salvos como isto não será glorioso? A redenção estando próxima!
E ele enviará os seus anjos, tocando as trombetas com grande alarido, e ajuntará os seus escolhidos, desde os quatro ventos, da extremidade da terra até a extremidade do céu.

E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas.
Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.
E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus.
Mateus24:29-31

E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas.
Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo; porquanto as virtudes do céu serão abaladas.
E então verão vir o Filho do homem numa nuvem, com poder e grande glória.
Ora, quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima.
Lucas21:25-28


Quão terrível será aquele dia aos que não estiverem preparados, aos que não creram que aconteceria, aos que não deram crédito ao evangelho de Jesus, que não seguiram pelo Caminho da Salvação.
Como já proferido por Isaías, que teve uma visão contra a Babilônia, mas já voltada aos finais dos tempos, à 'grande Babilônia', ouvindo uma gritaria da multidão, de muitos povos, um reboliço de todo mundo congregado, tantos grandes como pequenos, já não mais havendo forças no próprio homem, nem os desejos de seu coração arderá. Haverá grande terror, com dores e ais, em grande angustia, que se assustarão entre si. Este dia será da ira do Senhor contra as maldades terrenas, para eliminar os pecadores não remidos no sangue do Cordeiro. Dá para imaginar a escuridão sem o sol, lua ou estrelas? Que horror… No entanto quão grande esplendor Jesus voltando em glória!  
Mas Deus estará visitando a cada um segundo suas maldades, iniquidades, cessando toda a arrogância, destruindo qualquer tipo de tirania. Mas por ter o homem como precioso vem sua graça maravilhosa sobre os quais a aceitaram em vida.
Dá para imaginar tremendo horror o céu se estremecendo, a terra se movendo de lugar, será a ira de Deus se revelando, quem suportará?
Mas Deus já o anunciou deste a antiguidade, temos outros profetas que tiveram visão deste dia, mas Deus em suas misericórdias também traz uma solução, a conversão, nos enviou Jesus com sua maravilhosa Graça, e o tempo para isto é o agora, pois em breve Jesus voltará.

Já se ouve a gritaria da multidão sobre os montes, como a de muito povo; o som do rebuliço de reinos e de nações congregados. O Senhor dos Exércitos passa em revista o exército de guerra.
Já vem de uma terra remota, desde a extremidade do céu, o Senhor, e os instrumentos da sua indignação, para destruir toda aquela terra.
Clamai, pois, o dia do Senhor está perto; vem do Todo-Poderoso como assolação.
Portanto, todas as mãos se debilitarão, e o coração de todos os homens se desanimará.
E assombrar-se-ão, e apoderar-se-ão deles dores e ais, e se angustiarão, como a mulher com dores de parto; cada um se espantará do seu próximo; os seus rostos serão rostos flamejantes.
Eis que vem o dia do Senhor, horrendo, com furor e ira ardente, para pôr a terra em assolação, e dela destruir os pecadores.
Porque as estrelas dos céus e as suas constelações não darão a sua luz; o sol se escurecerá ao nascer, e a lua não resplandecerá com a sua luz.
E visitarei sobre o mundo a maldade, e sobre os ímpios a sua iniqüidade; e farei cessar a arrogância dos atrevidos, e abaterei a soberba dos tiranos.
Farei que o homem seja mais precioso do que o ouro puro, e mais raro do que o ouro fino de Ofir.
Por isso farei estremecer os céus; e a terra se moverá do seu lugar, por causa do furor do Senhor dos Exércitos, e por causa do dia da sua ardente ira.
Isaías13:4-13

Diante dele tremerá a terra, abalar-se-ão os céus; o sol e a lua se enegrecerão, e as estrelas retirarão o seu resplendor.
E o Senhor levantará a sua voz diante do seu exército; porque muitíssimo grande é o seu arraial; porque poderoso é, executando a sua palavra; porque o dia do Senhor é grande e mui terrível, e quem o poderá suportar?
Ainda assim, agora mesmo diz o Senhor: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, e com choro, e com pranto.
E rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes, e convertei-vos ao Senhor vosso Deus; porque ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-se, e grande em benignidade, e se arrepende do mal.
Joel2:10-13


No livro de Apocalipse temos relatadas quão terríveis coisas acontecerá, e esta visão também descrita:

“Eis que vem com as nuvens, e todo o olho o verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém.
Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, diz o Senhor, que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso.
Apocalipse1:7,8
“E, havendo aberto o sexto selo, olhei, e eis que houve um grande tremor de terra; e o sol tornou-se negro como saco de cilício, e a lua tornou-se como sangue;
E as estrelas do céu caíram sobre a terra, como quando a figueira lança de si os seus figos verdes, abalada por um vento forte.
E o céu retirou-se como um livro que se enrola; e todos os montes e ilhas foram removidos dos seus lugares.
Apocalipse6:12-14


Que não nos atemorizemos, creiamos tão somente, pois Jesus é conosco, e voltará para nos levar com Ele para o reino dos céus.


“E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.
João14:3


“Ora, quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima.
Lucas21:28

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Versículos do dia: A grande Tribulação


Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver.
Mateus24:21

Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem.
Mateus24: 27







Jesus continua no monte das Oliveiras dizendo aos seus discípulos sobre os sinais dos finais dos tempos, e novamente temos aqui uma profecia contra Jerusalém em si, os judeus, mas também já a se referindo a grande tribulação dos finais dos tempos citada no livro do Apocalipse.

"Quando, pois, virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, entenda;
Então, os que estiverem na Judéia, fujam para os montes;
E quem estiver sobre o telhado não desça a tirar alguma coisa de sua casa;
E quem estiver no campo não volte atrás a buscar as suas vestes.
Mas ai das grávidas e das que amamentarem naqueles dias!
E orai para que a vossa fuga não aconteça no inverno nem no sábado;
Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver.
E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.

Primeiramente Jesus menciona as profecias de Daniel, que a princípio fala de tempos sobre Jerusalém, sobre o povo escolhido por Deus naquela época, os judeus, o que a história sim confirma quanto a destruição e desolação, a tomada da cidade e sendo os judeus esparramado pelo mundo. 
Lembrando que Jesus falava aos seus discípulos, a maioria judeus, e sim um dos poucos entre o povo que haviam aceito os ensinamentos de Jesus, ainda sem a igreja levantada, por isto os alertava para fugirem para os montes, que não daria tempo de tirarem nada de suas casas, nem mesmo para pegarem suas vestes. 
Que a aflição da guerra, da destruição seria muito grande nunca antes visto, pois já não tinham mais um rei terreno guiado por Deus para os livrar, e não aceitaram ao Rei Jesus para os salvar. Jesus se compadecia das grávidas e as que estivem amamentando, pois seria ainda mais agoniante ver e viver a destruição, sem destino certo aos filhos. Pedia Jesus aos discípulos orarem para que a fuga deles não ocorresse no inverno, que era rigoroso, e fugirem sem preparativos seria ainda mais difícil, nem no sábado, referindo-se propriamente aos judeus que guardavam a lei ainda.
Mas Jesus prevê que tamanha tribulação que nunca antes vista, também não haveria mais para aquele povo, pois seriam destituídos como povo escolhido, e somente pela graça de Deus haverá livramentos então.
Creio que o motivo de não terem sido eliminados de vez da terra, de ter sido abreviados aqueles dias, pois ainda havia um remanescente, entre eles os já discípulos de Jesus, e os que viriam a aceitar a Salvação em Cristo Jesus.

Então, se alguém vos disser: Eis que o Cristo está aqui, ou ali, não lhe deis crédito;
Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.
Eis que eu vo-lo tenho predito.
Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto, não saiais. Eis que ele está no interior da casa; não acrediteis.
Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem.
Pois onde estiver o cadáver, aí se ajuntarão as águias.
Mateus24:23-28


Neste ponto do discurso Jesus os alerta novamente contra os falsos profetas, para não serem enganados, não acreditarem quando lhes fora dito que Jesus estaria na terra para os livrar, nem no deserto nem dentro das casas, mesmo que seguidos de grandes sinais e prodígios que não se enganassem.
Ai Jesus já prediz sobre sua volta em Glória, que será como a claridade de um relâmpago, que toda a terra verá desde o ocidente até o oriente.

Quanto ao versículos 28, há diferentes colocação de tradução para tradução da Bíblia, quando esta diz: ai se juntarão as águias, outras dizem se ajuntarão os abutres e outras ainda os corvos. Mas como a águia é mencionada diversas vezes na Bíblia fui buscar um significado em sua espécie que poderia justificar o texto.
Muitas versões são colocadas para este versículo, no entanto fico com a colocação que Jesus estaria usando um provérbio secular, dando-lhe novo significado. Pois este ditado diz que onde houver motivos para julgamento ai haverá o julgamento. E como Jesus já previa a sua volta em glória, pode estar se referindo ao julgamento do final dos tempos, e motivos para julgamentos bem sabemos que são para os que não observarem e não seguirem com a Palavra da Verdade pregada por Jesus, pois a própria Palavra julgará. Haverá sim o julgamento final.
Já lendo o evangelho segundo Marcos vemos a colocação sem estes dizeres, mas se referindo aos falsos profetas, mas para que estejamos atentos, pois Jesus de antemão estava dizendo toda a Verdade, que sim o fim virá mas não cabe a ninguém dizer dia e hora.
Já em Lucas vemos outra colocação, que Jerusalém seria pisada pelos então ditos gentios, mas já prevendo também o tempo destes sendo completados, ou seja a vinda do fim.

“E então, se alguém vos disser: Eis aqui o Cristo; ou: Ei-lo ali; não acrediteis.
Porque se levantarão falsos cristos, e falsos profetas, e farão sinais e prodígios, para enganarem, se for possível, até os escolhidos.
Mas vós vede; eis que de antemão vos tenho dito tudo.
Marcos13:14-23

E cairão ao fio da espada, e para todas as nações serão levados cativos; e Jerusalém será pisada pelos gentios, até que os tempos dos gentios se completem.
Lucas21:20-24


Ainda com relação a estes versículos mencionados acima do 15 ao 28 de Mateus 24, como a Palavra é viva e eficaz podemos ainda utilizá-la como previsão de Jesus quanto a grande Tribulação mencionada no Apocalipse, e até mesmo já mencionada no livro profético de Daniel.
Para aqueles discípulos Jesus falava como ao povo judeu, escolhidos por Deus, mas a nós já na Graça de Deus, a todos quantos o seguirem, O aceitando por Salvador e Mestre, com a instituição da então igreja, que não é aconselhada de forma alguma a fugir de tribulações para os montes ou qualquer outro lugar, mas sim o se refugiar em Deus.
E da mesma forma como os exércitos cercariam Jerusalém sem prévio aviso, assim será o Dia do Senhor, não haverá mais prévio aviso a não ser todos os sinais já relatados nas Escrituras Sagradas. que estejamos atentos. 
Quando as trombetas soarem não haverá mais tempo para nada, será o momento em que Jesus voltará em Glória. Não haverá mais tempo para quem estiver a frente de ministérios fazer mais nada, em pregarem mais nenhuma palavra, nem mesmo nós aos nossos entes queridos, aos de nossa casa não poderemos fazer mais nada.
Não haverá mais tempo para vestir as vestes nupciais, onde estivermos quer seja na igreja, no trabalho, em casa, na rua, na escola, enfim onde estivermos temos que já estar prontos e devidamente trajados, ou seja com caráter formado em Jesus, purificados pelo sangue do Cordeiro.
Da mesma forma creio eu que Jesus se compadecerá das que estiverem grávidas ou amamentado, assim como nós que somos mães podemos imaginar quão grande aflição será naquele dia.
Jesus nos ensina a orar para que aquele dia não nos pegue de surpresa, que não seja em nosso inverno, em tempos que estivermos sem preparo, ou em dia de descanso descuidados. Que oremos e vigiemos.
Será grande a aflição dos que não estiverem preparados para a volta de Jesus, para o arrebatamento.
Quão Grande a Tribulação já profetizada quanto aos finais dos tempos, onde o Espirito Santo de Deus não estará mais sobre a terra. Tribulação tal como nunca houve e nunca mais haverá, pois tudo será consumado de vez.
Somente pela Graça de Deus mesmo para que alguém se salve, creio que para os salvos que sertão os dias abreviados, o arrebatamento já nos terá levado antes do fim.
Portanto que estejamos preparados, que estejamos sempre buscando a purificação em Jesus, para que nossas vestes estejam brancas. Não permitamos que sejamos enganados pois o alerta já fora dado por Jesus, que estejamos sempre conferindo tudo com a Bíblia para não seguirmos falsos profetas.
Não creiamos em anúncio de paz na terra por Jesus, pois esta é falsa, sendo a Paz do Senhor nos dada espiritualmente enquanto aqui vivermos, e nos está reservada no Reino dos céus.
Aqui teremos sim tribulações, também já dito por Jesus, mas quem estiver com Ele será livre de todas. Nossa pior tribulação é a morte, mas esta já vencida também por Jesus.
Pois quer creiamos ou não, Jesus voltará em Glória para levar os que são seus para o reino dos céus, e para julgamento dos que não estiverem no Caminho. Isto tudo já predito na Bíblia. Sim o julgamento final acontecerá quer acreditemos ou não.
Mas quão maravilhoso será adentrar no reino dos céus! Cobertos de proteção, sem sede, sem fome, sem tribulações, sem lagrimas!  


“E esperar dos céus o seu Filho, a quem ressuscitou dentre os mortos, a saber, Jesus, que nos livra da ira futura.

“Abstende-vos de toda a aparência do mal.
E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.
1Tessalonicenses 5:22,23


“Dizendo: Amém. Louvor, e glória, e sabedoria, e ação de graças, e honra, e poder, e força ao nosso Deus, para todo o sempre. Amém.
E um dos anciãos me falou, dizendo: Estes que estão vestidos de vestes brancas, quem são, e de onde vieram?
E eu disse-lhe: Senhor, tu sabes. E ele disse-me: Estes são os que vieram da grande tribulação, e lavaram as suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro.
Por isso estão diante do trono de Deus, e o servem de dia e de noite no seu templo; e aquele que está assentado sobre o trono os cobrirá com a sua sombra.
Nunca mais terão fome, nunca mais terão sede; nem sol nem calma alguma cairá sobre eles.
Porque o Cordeiro que está no meio do trono os apascentará, e lhes servirá de guia para as fontes vivas das águas; e Deus limpará de seus olhos toda a lágrima.
Apocalipse7:12-17








_______________________________________________________________________________

Observações minhas, como já o disse em outras vezes aqui no blog, volto a dizer, não tenho formação bíblica, não fiz curso superior, nem mesmo tenho cargo em igreja. Não defendo placa de nenhuma doutrina. Apenas compartilho leitura que faço com algumas anotações minhas. Não são estudos aprofundados.
E por não ter muito conhecimento histórico, busco sempre me informar sobre acontecimentos para compartilhá-los também no geral.
Mas com relação as profecias dos finais dos tempos, não tenho conhecimentos aprofundados, logo o que compartilho são apenas leitura da Palavra e pensamentos meus, sem detalhes, mas no geral sobre o que nos diz as Escrituras. E aqui apenas o descrito por Jesus, sem relatar sobre as profecias da Grande Tribulação, nem mesmo a do Apocalipse. 
Deixando sempre aqui espaço aberto para comentários, para que possa haver edificação.  









quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Versículos do dia: Princípio das dores



E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane;
Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos.
Mateus24:4,5

Mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo.
Mateus24:13






Saindo Jesus do templo com seus discípulos que estavam maravilhados com tamanha construção que era o templo, mas Jesus prediz sobre a destruição do templo, o que se cumpriria totalmente na íntegra em torno de quarenta anos depois.

“E, quando Jesus ia saindo do templo, aproximaram-se dele os seus discípulos para lhe mostrarem a estrutura do templo.
Jesus, porém, lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derrubada.
Mateus24:1,2

Vemos hoje também suntuosas construções de igrejas, mas que de nada servem para salvação que não depende de obras feitas pelas mãos dos homens.
Em outra ocasião Jesus havia dito da construção do verdadeiro templo, seu próprio corpo.
Sabemos que quando Jesus entregou o Espirito na cruz, o véu do santuário se rasgou de cima abaixo, e três dias após fora ressuscitado dos mortos, aleluia! Glórias a Deus, sua Maravilhosa Graça sobre nossas vidas.
Lembrando ainda que o templo que conta agora é nosso próprio ser que é morada do Espirito Santo de Deus, e deste sim temos que cuidar.

“Jesus respondeu, e disse-lhes: Derribai este templo, e em três dias o levantarei.
Disseram, pois, os judeus: Em quarenta e seis anos foi edificado este templo, e tu o levantarás em três dias?
Mas ele falava do templo do seu corpo.
Quando, pois, ressuscitou dentre os mortos, os seus discípulos lembraram-se de que lhes dissera isto; e creram na Escritura, e na palavra que Jesus tinha dito.
João2:19-22

Estando com seus discípulos no Monte das Oliveiras Jesus profetiza sobre os finais dos tempos, e sendo lhe pedido um sinal de quando o precederia, atentemos Jesus alerta primeiramente para termos cautela para que ninguém nos engane.


“E, estando assentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos em particular, dizendo: Dize-nos, quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo?
E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane;
Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos.

Continuando Jesus diz sobre alguns sinais que precederia o fim, prevendo as guerras, as rivalidades entre nações, mas para que não nos assustemos pois ainda não é o fim, previu também as fomes, pestes, relatando terremotos em diversos lugares, tribulações, mas que tudo isto apenas o começo das dores. Prevê ainda a morte dos discípulos, bem como já para hoje a de missionários, por causa de Seu Nome pregado.
Profetiza quanto aos escândalos que sobreviriam, as traições, e as violências por falta de Amor.
Fala dos falsos profetas que enganariam a muitos, e multiplicando-se a iniquidade se esfriaria o Amor até mesmo entre as famílias.
Fiquemos atentos aos sinais! Será que não são visíveis aos nossos olhos?
Mas atentemos que Jesus dá a solução para salvação: o perseverar até o fim, no Caminho, na Verdade, no Amor.
Que será necessário que o evangelho do reino dos céus seja pregado em todo o mundo, para testemunho de todos, para que não haja ignorância quanto ao fim.

“E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.
Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.
Mas todas estas coisas são o princípio de dores.
Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vosão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.
Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarào.
E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos.
E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará.
Mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo.
E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.
Mateus24:6-14


Tudo quanto previu Jesus com relação a Jerusalém fora cumprido, desde a destruição do templo quanto a desolação, fora totalmente tomada, não tenho conhecimentos históricos para relatar com detalhes datas e épocas, mas como nos é notório hoje tudo cumprido.
Quanto aos demais sinais também já vem sendo cumprido desde a igreja primitiva, pois guerras e rumores de guerra sempre houve, mas Jesus já o diz que não era o fim. A questão da fome também houve grandes fomes em Jerusalém assim como pestes temos conhecimento de diversas epidemias pelo mundo afora. Mas vejamos que Jesus diz que são apenas o principio das dores.
Quanto a perseguição dos discípulos temos os relatos nas Escrituras Sagradas do quanto foram perseguidos e mortos, bem como épocas de perseguições a igreja com muitas mortes.
Escândalos, traição, falta de amor, também temos grandes relatos nos decorrer dos tempos, assim como os falsos profetas existirem desde a igreja primitiva.
E sim desde então as iniquidades só tem se multiplicado, o amor vem se esfriando desde aquela época, mas Jesus já o disse que apenas o princípio das dores, e estas vivemos até os dias de hoje, tudo ainda tem se cumprido, por isso Jesus já o disse que aquele que perseverar até o fim será salvo. Muitos acabam seu tempo aqui com o corpo humano, mas ainda não fora seu fim, todos aguardam o final, quando Jesus voltará em Justiça para julgar, uns para condenação outros para vida eterna de acordo com o caminho que aqui tiverem vivido até seu último dia.
O tempo de duração destas dores não cabe a nós decifrarmos, mas muito já profetizado nas Escrituras sobre ele, que a tudo estejamos atentos, temos também a sequência deste sermão de Jesus com os sinais da grande tribulação, que espero compartilhar com vocês amanhã.

Atentemos aos sinais que estão acontecendo cada vez mais intensos, que estejamos prontos, vigiando e orando, pois bem próximo o fim.
Mas Jesus já disse para não nos assustarmos, que necessário tudo isto acontecer, mas que ainda não é o fim, que o evangelho do reino dos céus tem que ser pregado a todo mundo, atentemos que o evangelho do reino e não o evangelho deturpado que muitos estão pregando hoje.
Não nos enganemos com os falsos profetas, que de tudo estejamos conferindo na Bíblia.
Nem mesmo com falsas profecias quanto ao fim do mundo, pois muitas delas já nos foram relatadas com datas e horários, e estamos aqui ainda aguardando, e muitas ainda podem vir, que estejamos atentos para não sermos enganados.
Mas também nos acautelemos quanto a falsos discursos de que há tanto tempo e nada aconteceu e que nada disto acontecerá. Pois quer creiamos ou não a profecia do fim dos tempos se cumprirá
Não nos deixemos influenciar com a violência crescente, não permitamos que se esfrie nosso Amor. Guardemos no coração e pratiquemos os mandamentos de Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos. Cuidemos de nossas vestes nupciais. Pois bem próximo o fim. Estejamos firme, perseveremos no Caminho, pois Jesus é conosco até a consumação dos séculos.


Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras.
Mateus16:27

Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra.
Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa.
Apocalipse3:10,11





terça-feira, 1 de agosto de 2017

Versículos do dia: Advertências de Jesus



Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que fechais aos homens o reino dos céus; e nem vós entrais nem deixais entrar aos que estão entrando.
Mateus23:13

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.
Mateus23:23







Jesus era perseguido pelos saduceus, escribas e fariseus, no entanto não fugia deles, sempre lhes respondia dentro das Escrituras, não lhes dando brecha para o pegarem, e sempre os repreendia com a Verdade.
E chega a um momento em que lhes faz diversas advertências quanto ao modo que viviam pois seriam réus de juízo rigoroso.
Pois bem aqueles grupos religiosos não existem mais, no entanto a Palavra é viva e eficaz até os dias de hoje, pois muitos ainda são os que vivem mesmo nas igrejas e se portam como aqueles se portavam, portando as mesmas advertências faz Jesus hoje a estes.
Atentemos a estas advertências:


"Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que fechais aos homens o reino dos céus; e nem vós entrais nem deixais entrar aos que estão entrando.
Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que devorais as casas das viúvas, sob pretexto de prolongadas orações; por isso sofrereis mais rigoroso juízo.
Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que percorreis o mar e a terra para fazer um prosélito; e, depois de o terdes feito, o fazeis filho do inferno duas vezes mais do que vós.
E assim são muitos que estão em liderança nas igrejas, que em vez de conduzir o povo ao reino dos céus, lhes fecha a porta com doutrinas, tradições e costumes do próprio homem, sem pregarem o evangelho genuíno de Jesus, o que lhes será ´por condenação, no entanto tem os que os seguem e da mesma forma não herdarão o reino dos céus.
Ainda que saiam a fazer discípulos, a agregar novos membros, os fazem para si próprios os tornando até piores.
E Jesus continua alertando:

“Ai de vós, condutores cegos! pois que dizeis: Qualquer que jurar pelo templo, isso nada é; mas o que jurar pelo ouro do templo, esse é devedor.
Insensatos e cegos! Pois qual é maior: o ouro, ou o templo, que santifica o ouro?
E aquele que jurar pelo altar isso nada é; mas aquele que jurar pela oferta que está sobre o altar, esse é devedor.
Insensatos e cegos! Pois qual é maior: a oferta, ou o altar, que santifica a oferta?
Portanto, o que jurar pelo altar, jura por ele e por tudo o que sobre ele está;
E, o que jurar pelo templo, jura por ele e por aquele que nele habita;
E, o que jurar pelo céu, jura pelo trono de Deus e por aquele que está assentado nele.
Muitos que se apegam em coisas materiais para conduzir a igreja, deixando para trás os ensinamentos de Amor de Jesus, e o Poder e Soberania de Deus, muitos pregam a prosperidade nesta terra, amando mais o dinheiro do que a Deus,  sem se importar com as coisas do reino dos céus, são cegos conduzindo cegos, e ambos ficam distanciados do Caminho que é Jesus.
Mas Jesus continua dizendo:

"Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.
Condutores cegos! que coais um mosquito e engulis um camelo
Sim há muitos que se enganam achando que por dizimarem de tudo no altar, desde as mínimas coisas, estão purificados, deixando anulado o sacrifício e os ensinamentos de Jesus, não fazendo justiça, nem crendo na Justiça de Deus, que trocam a fé espiritual por rituais meramente humanos.
Sim o dizimo é bíblico, mas desde que ofertado de coração reconhecido a Soberania de Deus, acompanhado da prática da fé, justiça, misericórdia e Amor que Jesus ensinou, mas não é trocado por bençãos muito menos salva alguém.
Condutores cegos, diz Jesus, pois coavam as bebidas para não engolir um mosquito, por ser um animal, o menor, considerado impuro na lei, no entanto faziam coisas grandes em desacordo com a lei, comparado ao camelo, outro animal, só que grande, considerado impuro na lei, ou seja davam importância exagerada as pequenas coisas e desprezavam as grandes, agindo como cegos por não saberem discernir as diferenças.
E quantos são hoje que ainda se apegam em detalhes da lei passada, desprezando o Evangelho de Jesus, a Verdade que conduz a vida.
E Jesus continua exortando:

“Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que limpais o exterior do copo e do prato, mas o interior está cheio de rapina e de intemperança.
Fariseu cego! limpa primeiro o interior do copo e do prato, para que também o exterior fique limpo.

Os fariseus tinha muitas coisas acrescentadas a lei, eram costumes e tradições, regras de comportamento que seguiam a risca, como a limpeza do copo e prato, para não se contaminarem. Mas Jesus lhes fala de seus interiores, pessoas que viviam de extorsões, cometendo roubos, e ainda gulosos, gananciosos, que deviam se limpar era destas impurezas.
E assim são muitos que omitem ou acrescentam coisas no evangelho genuíno, tantos que querem mostrar um exterior como santos, puros, entregando dizimo, fazendo caridades, cantando louvores, fazendo belos discursos, mas com o coração contaminado com os frutos da carne. Utilizando a Bíblia apenas para mostrar ter fé, sem se aprofundar em suas verdades.
Não deixemos de lavar os copos e os pratos, pois se faz necessário, mas não nos apeguemos em costumes, tradições humanas desprezando as misericórdias de Deus, sua Maravilhosa Graça Salvadora em Cristo Jesus.

Jesus assim continua seu discurso

“Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda a imundícia.
Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas interiormente estais cheios de hipocrisia e de iniqüidade.
Jesus faz uma comparação até com os sepulcros, que por fora são caiados, lapides bonitas, mas por dentro guardam é ossos de mortos, imundícias. Assim eram aqueles escribas e fariseus, que se faziam passar por justos, mas por dentro carregados de hipocrisia e de iniquidades.
E quantos hoje que não agem da mesma forma, mostrando um exterior todo branco, limpos, tentando se fazer de justos, comandando igrejas com discursos bonitos mas obras mortas, com devoção religiosa fingida, buscando seus próprios interesses, cheios de iniquidade.
E da mesma forma como Jesus falava aqueles naquela época fala aos de hoje.

“Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que edificais os sepulcros dos profetas e adornais os monumentos dos justos,
E dizeis: Se existíssemos no tempo de nossos pais, nunca nos associaríamos com eles para derramar o sangue dos profetas.
Assim, vós mesmos testificais que sois filhos dos que mataram os profetas.
Enchei vós, pois, a medida de vossos pais.
E Jesus continuava chamando os escribas e fariseus de hipócritas , pois zelavam dos túmulos dos profetas, lhes prestavam homenagens, mas nem de longe acatavam seus ensinos nem davam importância às suas reprovações. Diziam da boca para fora que se estivem na época de seus pais não teriam matados aos profetas, no entanto seguiam e viviam tradições de seus pais. E ainda planejavam prender e matar a Jesus.
Mas vejamos como Jesus lhes exorta sobre qual seria o fim deles:


“Serpentes, raça de víboras! como escapareis da condenação do inferno?
Portanto, eis que eu vos envio profetas, sábios e escribas; a uns deles matareis e crucificareis; e a outros deles açoitareis nas vossas sinagogas e os perseguireis de cidade em cidade;
Para que sobre vós caia todo o sangue justo, que foi derramado sobre a terra, desde o sangue de Abel, o justo, até ao sangue de Zacarias, filho de Baraquias, que matastes entre o santuário e o altar.
Em verdade vos digo que todas estas coisas hão de vir sobre esta geração.
Mateus23:33-36


Jesus conhecedor de tudo o que viria a acontecer, a perseguição aos discípulos e apóstolos, lhes prevê a condenação.
E quantos hoje que vivem segundo tradições vãs, sem se apegar ao evangelho genuíno, impondo jugos desnecessários, mostrando um exterior que não condiz com seus corações e intenções, mas a estes da mesma forma como Jesus dizia aos escribas e fariseus lhes fala hoje, e o fim já previsto nas Escrituras Sagradas, e tudo se cumprirá.

Jesus lamentava por Jerusalém, pelo povo escolhido por Deus, que rejeitaram os profetas, seguindo de acordo com seus próprios entendimentos e corações, com tantas oportunidades dadas por Deus, sendo Ele próprio rejeitado. Mas já prevê o final, e já deixa dito que até o dia em que voltará em Glória não mais seria visto aqui.
Mas glórias a Deus nos deixou Seu Santo Espirito por Consolador, ajudador, que de tudo nos dá entendimento, que não sejamos nós motivo para lamento de Jesus também.

“Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste!
Eis que a vossa casa vai ficar-vos deserta;
Porque eu vos digo que desde agora me não vereis mais, até que digais: Bendito o que vem em nome do Senhor.
Mateus23:37-39


Jesus já veio, consumando ali na cruz do calvário a Maravilhosa Graça de Deus para conosco, já deixou sua Palavra da Verdade, que é viva e eficaz para os dias de hoje, que estejamos atentos aos seus dizeres, ensinamentos e mandares, pois quer creiamos ou não o fim virá, e a própria Palavra julgará .



E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida.
Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro;
E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro.
Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém. Ora vem, Senhor Jesus.
Apocalipse22:17-20
“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; João 5: 39”

C O M P A R T I L H A R... isto é viver...é aprender...






Recomendo que clique no link indicado no final de cada postagem efetuada só com a introdução, para leitura integral do texto publicado na íntegra na folha CONTINUA.