Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

__________________VERSÍCULOS DO DIA ______________

Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne. Gênesis2:24
Eu vos digo, porém, que qualquer que repudiar sua mulher, não sendo por causa de fornicação, e casar com outra, comete adultério; e o que casar com a repudiada também comete adultério. Mateus19:9
>
- se preferir texto parado, pare o mouse sobre o versículo-

Abaixo publico algumas anotações sobre estes versículos.
Não deixe de ler as citações bíblicas, pois delas é que compartilho
* Deus nos abençoe *
***
*Faça a sua reflexão sobre estes versículos, pois DEUS quer falar diretamente com você, lembre-se que ELE te chama pelo seu nome e quer escrevê-lo e mantê-lo no Livro da Vida Eterna.*
***

(Se necessário, ATUALIZE A FOLHA PARA VISUALIZAR AS ANOTAÇÕES DOS VERSÍCULOS DE HOJE
http://wwwcompartilhar.blogspot.com/


sexta-feira, 30 de junho de 2017

Versículos do dia: Pecados perdoados


E Jesus, vendo a fé deles, disse ao paralítico: Filho, tem bom ânimo, perdoados te são os teus pecados.
Mateus9:2

Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto. Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não imputa maldade, e em cujo espírito não há engano.
Salmos32:1,2







Jesus realizava muitas curas, mas de todas enfermidades a que mais necessitava cura, e o motivo pelo qual veio ao mundo, era o pecado do homem pelo qual já havia se distanciado tanto de Deus que nem podiam mais achá-lo. E para esta enfermidade Jesus também tinha, e tem, autoridade de cura. Não importando o quanto enfermos estivermos, Jesus cura!
E Jesus está vivo e reina eternamente, realizando hoje também diversas curas, já tendo levado nossas enfermidades na cruz do calvário. Já tendo sido o sacrifício aceitável a Deus para remissão de nossos pecados, através de seu sangue derramado na cruz, curando-nos da maior enfermidade que produz a morte da alma, e tendo nos concedido vitória total com vida abundante por toda a eternidade. E feliz aquele que crê assim, se arrependendo do mal caminho, se entregando a Jesus, tendo seus pecados perdoados.
Jesus Único e Suficiente sacrifício para poder perdoar pecados! 

Leiamos com atenção a passagem do Evangelho que relata a cura de um paralítico:

“E alguns dias depois entrou outra vez em Cafarnaum, e soube-se que estava em casa.
E logo se ajuntaram tantos, que nem ainda nos lugares junto à porta cabiam; e anunciava-lhes a palavra.
E vieram ter com ele conduzindo um paralítico, trazido por quatro.
E, não podendo aproximar-se dele, por causa da multidão, descobriram o telhado onde estava, e, fazendo um buraco, baixaram o leito em que jazia o paralítico.
E Jesus, vendo a fé deles, disse ao paralítico: Filho, perdoados estão os teus pecados.
E estavam ali assentados alguns dos escribas, que arrazoavam em seus corações, dizendo:
Por que diz este assim blasfêmias? Quem pode perdoar pecados, senão Deus?
E Jesus, conhecendo logo em seu espírito que assim arrazoavam entre si, lhes disse: Por que arrazoais sobre estas coisas em vossos corações?
Qual é mais fácil? dizer ao paralítico: Estão perdoados os teus pecados; ou dizer-lhe: Levanta-te, e toma o teu leito, e anda?
Ora, para que saibais que o Filho do homem tem na terra poder para perdoar pecados (disse ao paralítico),
A ti te digo: Levanta-te, toma o teu leito, e vai para tua casa.
E levantou-se e, tomando logo o leito, saiu em presença de todos, de sorte que todos se admiraram e glorificaram a Deus, dizendo: Nunca tal vimos.
Marcos2:1-12

Onde Jesus estava se juntava muita gente, e assim ia Ele ensinando sobre o reino do céu. E como era conhecido por todos Ele realizava curas, assim lhe trouxeram um paralítico acamado, totalmente enfermo, para que fosse curado.
Atentemos que tamanha fé tinham aqueles quatro que o carregaram até Jesus, pois acreditando que seria curado abriram um buraco no telhado e por ali introduzindo o leito entre as gentes que ali se encontravam.
E Jesus contemplando lhes a fé concede a maior cura ao paralítico perdoando-lhe os pecados.
Entre os que ali estavam encontrava-se alguns dos 'doutores da lei' , que entre si exclamavam que Jesus proferia blasfêmias dizendo que só Deus tinha poder de perdoar pecados. E Jesus perguntou-lhes o que era mais fácil: perdoar os pecados ou curá-lo da enfermidade física? E provando que tinha esta autoridade concedida pelo Pai, ordena ao paralítico que andasse, o qual de imediato pegou sua cama e se foi para casa. E assim todos glorificavam a Deus por tal prodígio.

Percebamos que Jesus primeiro lhe concede salvação em contemplar tamanha fé daqueles quatro, e atentemos que esta fé eles manifestaram com atitude, com obra, carregando o enfermo mesmo no leito, intercedendo e agindo. E nós temos feito intercessões e  manifestado nossa fé com boas obras?
E fora premiado o enfermo com o perdão dos pecados, logo podemos interpretar que também tivera fé, mesmo que sem atos devido sua incapacidade, e primeiro lhe fora concedida a salvação da alma, o mais importante em nossas vidas, independentemente da circunstância em que nos encontramos, seja qual for a tribulação terrena, o que mais deve nos importar é a salvação para uma vida eterna, que ai sim será sem enfermidades, sem dores. O maior milagre!
Agora uma colocação pessoal minha, creio eu que Jesus também iria lhe curar a enfermidade carnal, tanto que o fez, pois não precisaria de ser colocado a prova. Mas em resposta aos incrédulos para aqueles que se achavam entendidos e conhecedores de Deus, Jesus prova que tinha a autoridade de Deus, que realizava ambas as curas, mas que viera para apresentar-nos as Boas Novas da Salvação para uma vida eterna.

Mas, àquele que não pratica, mas crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é imputada como justiça.
Assim também Davi declara bem-aventurado o homem a quem Deus imputa a justiça sem as obras, dizendo:
Bem-aventurados aqueles cujas maldades são perdoadas,E cujos pecados são cobertos.
Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não imputa o pecado.
Romanos4:5-8


E para esta doença da alma que viera trazer a cura, portanto estava sempre ao meio destes enfermos, dos incrédulos e pecadores, para lhes fornecer salvação. Deixando bem claro que para perdão dos pecados para purificação não mais era necessários sacrifícios e holocaustos, mas sim que seria com pedido de perdão diante do reconhecimento sincero do erro, com arrependimento, e tudo gratuitamente concedido pela misericórdia de Deus em sua maravilhosa graça, para todos quanto aprendessem sobre sua pregação do reino do céu e cressem e aceitassem. Pois se houvessem justos não seria necessário que Ele viesse.

E aconteceu que, estando ele em casa sentado à mesa, chegaram muitos publicanos e pecadores, e sentaram-se juntamente com Jesus e seus discípulos.
E os fariseus, vendo isto, disseram aos seus discípulos: Por que come o vosso Mestre com os publicanos e pecadores?
Jesus, porém, ouvindo, disse-lhes: Não necessitam de médico os sãos, mas, sim, os doentes.
Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício. Porque eu nào vim a chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento.
Mateus9:10-13
Porque eu quero a misericórdia, e não o sacrifício; e o conhecimento de Deus, mais do que os holocaustos.
Oséias6:6


Atentemos como os fariseus, um dos principais grupos religiosos judaicos na quela época, desafiavam a autoridade de Jesus, e o criticando por comer com os publicanos e pecadores.
Os fariseus eram muito rigorosos na obediência a lei de Moisés, mas também a outros ritos e costumes que agregaram com o passar do tempo. Será que hoje em dia também não tem quem se diz entendido em conhecer Jesus e não está lhe tirando a autoridade de Único e Suficiente Salvador, que somente por Ele podemos ter pecados perdoados, não está agregando outros costumes e doutrinas que não a de Jesus nas igrejas?
Outra passagem que Jesus nos mostra que sim tinha autoridade de perdoar pecados foi com a mulher pecadora que ungiu seus pés, onde da mesma forma os fariseus arrazoaram quem era Ele que perdoava pecados. E Jesus conhecendo os pensamentos e corações, e aproveita para dizer sobre o amor a Deus em primeiro lugar e o amor ao próximo. Ainda, creio eu, que aquela mulher estava ali arrependida, pois chorava aos pontos de pingar lágrimas nos pés de Jesus, e principalmente por ter Jesus lhe perdoado os pecados. Ela ainda estava adorando a Deus com atitudes, crendo ser Jesus seu Salvador, pois ao saber que estava ali foi-lhe ao encontro e O amava com atos, e com o melhor que tinha, em ato verdadeiro de fé. O que fora contemplado por Jesus que lhe perdoou os pecados e conhecendo sua fé, bem como iria lhe seguir, lhe confirmou que a sua fé havia salvo.
E hoje em dia será que ainda não há julgamentos quanto a pecados de outros, colocando em prova a justiça de Deus em Cristo Jesus? E nós temos atitudes de Amor em O nome de Jesus para com o próximo? Nosso arrependimento é sincero ao ponto de louvarmos a Deus com atos de Amor? Leiamos a passagem a seguir, e assim a toda a Bíblia com meditação, pois Deus tem o que falar particularmente a cada um de nós.

E rogou-lhe um dos fariseus que comesse com ele; e, entrando em casa do fariseu, assentou-se à mesa.
E eis que uma mulher da cidade, uma pecadora, sabendo que ele estava à mesa em casa do fariseu, levou um vaso de alabastro com ungüento;
E, estando por detrás, aos seus pés, chorando, começou a regar-lhe os pés com lágrimas, e enxugava-lhos com os cabelos da sua cabeça; e beijava-lhe os pés, e ungia-lhos com o ungüento.
Quando isto viu o fariseu que o tinha convidado, falava consigo, dizendo: Se este fora profeta, bem saberia quem e qual é a mulher que lhe tocou, pois é uma pecadora.
E respondendo, Jesus disse-lhe: Simão, uma coisa tenho a dizer-te. E ele disse: Dize-a, Mestre.
Um certo credor tinha dois devedores: um devia-lhe quinhentos dinheiros, e outro cinqüenta.
E, não tendo eles com que pagar, perdoou-lhes a ambos. Dize, pois, qual deles o amará mais?
E Simão, respondendo, disse: Tenho para mim que é aquele a quem mais perdoou. E ele lhe disse: Julgaste bem.
E, voltando-se para a mulher, disse a Simão: Vês tu esta mulher? Entrei em tua casa, e não me deste água para os pés; mas esta regou-me os pés com lágrimas, e os enxugou com os cabelos de sua cabeça.
Não me deste ósculo, mas esta, desde que entrou, não tem cessado de me beijar os pés.
Não me ungiste a cabeça com óleo, mas esta ungiu-me os pés com ungüento.
Por isso te digo que os seus muitos pecados lhe são perdoados, porque muito amou; mas aquele a quem pouco é perdoado pouco ama.
E disse-lhe a ela: Os teus pecados te são perdoados.
E os que estavam à mesa começaram a dizer entre si: Quem é este, que até perdoa pecados?
E disse à mulher: A tua fé te salvou; vai-te em paz.
Lucas7:36-50

Pecados, já está nos declarado na Palavra, que todos nós temos, e que é somente o sangue de Jesus que tem o poder de nos remir, de nos salvar, não podemos nos enganar, temos é que confessarmos nossos pecados para sermos por Jesus purificados. Glórias a Deus por sua maravilhosa Graça!
Que oremos com fé e confiança, uns pelos outros confessando que somos pecadores, lembrando ainda como já vimos acima, também com atitudes, bem como que Único que nos perdoará será Jesus. Único que nos pode curar deste mal com as misericórdias de Deus sobre nós em sua maravilhosa Graça.

“ Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; Romanos 3:23 
Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós.
Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.
1João 1:8,9
E a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados.
Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.
Tiago5:15,16


“O ímpio tem muitas dores, mas àquele que confia no Senhor a misericórdia o cercará.
Salmos32:10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; João 5: 39”

C O M P A R T I L H A R... isto é viver...é aprender...






Recomendo que clique no link indicado no final de cada postagem efetuada só com a introdução, para leitura integral do texto publicado na íntegra na folha CONTINUA.