Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

__________________VERSÍCULOS DO DIA ______________

No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. João1:1
E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade. João1:14
>
- se preferir texto parado, pare o mouse sobre o versículo-

Abaixo publico algumas anotações sobre estes versículos.
Não deixe de ler as citações bíblicas, pois delas é que compartilho
* Deus nos abençoe *
***
*Faça a sua reflexão sobre estes versículos, pois DEUS quer falar diretamente com você, lembre-se que ELE te chama pelo seu nome e quer escrevê-lo e mantê-lo no Livro da Vida Eterna.*
***

(Se necessário, ATUALIZE A FOLHA PARA VISUALIZAR AS ANOTAÇÕES DOS VERSÍCULOS DE HOJE
http://wwwcompartilhar.blogspot.com/


terça-feira, 27 de junho de 2017

Versículo do dia: seguir e ser discípulo de Jesus

E, aproximando-se dele um escriba, disse-lhe: Mestre, aonde quer que fores, eu te seguirei.E disse Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu têm ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça.
Mateus8:19,20

E disse a outro: Segue-me. Mas ele respondeu: Senhor, deixa que primeiro eu vá a enterrar meu pai. Mas Jesus lhe observou: Deixa aos mortos o enterrar os seus mortos; porém tu vai e anuncia o reino de Deus.
Lucas9:59,60









Ao lermos os Evangelhos, vemos que Jesus sempre era seguido por multidões, mas não que eram todos seguidores de seu evangelho, mas os seguiam por interesse, por saber que Jesus multiplicava pão e curava enfermidades.
Mas tinha os que queria seguir Jesus, seus ensinamentos, o tendo por Mestre, mas Jesus já os punha à prova, se realmente queria seguir seu evangelho do Reino dos céus, uma salvação eterna, e não mais deleites e livramentos nesta terra, avisando que Ele mesmo não tinha nem onde reclinar a cabeça, que não tinha bens materiais terrenos para oferecer.
Jesus chamava seguidores para também anunciarem o reino de Deus, de acordo com o evangelho que pregava, mas também os alertava que já não mais era para uma vida apenas carnal, onde a morte vem, mas sim para anunciar as Boas Novas da Salvação com uma vida eterna, os pondo à prova se para tanto deixariam os que os não recebessem desta vida que se enterrassem,ou seja que vivessem consigo mesmo até a morte, mas anunciando-lhes o Reino de Deus.
Avisando que quem o seguisse deveria abrir mão do arado, pois já não o seguiria para obras terrenas apenas, mas já voltado para um reino nos céus, os pondo à prova se estariam dispostos a se libertar dos ensinamentos terrenos recebidos desde a família, e sem olhar para trás nestes preceitos, para serem dignos de anunciar e virem a fazer parte do reino de Deus. Amando a Deus sobre todas as coisas, sobre todas as pessoas,  e amar ao próximo como a si mesmo. 
Atentemos que não é para abandonar a família, mas sim abandonar os preceitos, a doutrina que for contrária aos seus ensinamentos para o reino de Deus, não se apegando mais a coisas terrenas, amando a Deus sobre todas as coisas e pessoas,  e assim recebendo ainda mais de Deus e herdando a vida eterna.
E nós hoje como seguimos Jesus? Por interesse em bençãos terrenas apenas? E estamos dispostos a nos desapegar de coisas terrenas para segui-lo? Deixaremos os ensinamentos de tradição para amar primeiro a Deus  seguir os Seus ensinamentos? Jesus ainda nos põe a prova para sermos seus seguidores.


“E aconteceu que, indo eles pelo caminho, lhe disse um: Senhor, seguir-te-ei para onde quer que fores.
E disse-lhe Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu, ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça.
E disse a outro: Segue-me. Mas ele respondeu: Senhor, deixa que primeiro eu vá a enterrar meu pai.
Mas Jesus lhe observou: Deixa aos mortos o enterrar os seus mortos; porém tu vai e anuncia o reino de Deus.
Disse também outro: Senhor, eu te seguirei, mas deixa-me despedir primeiro dos que estão em minha casa.
E Jesus lhe disse: Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus.
Lucas9:57-62
“E todo aquele que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou terras, por amor de meu nome, receberá cem vezes tanto, e herdará a vida eterna.
Mateus19:29


Jesus chamava para lhe seguir aqueles que viriam a ser seus discípulos, pois já os escolhera sabendo da disposição que teriam em se desapegar das coisas do mundo para seguir seus ensinamentos, para aprender, anunciar e herdar o Reino do céu. Veja como fora com Levi, Mateus, que sendo um homem de negócios, cobrador de impostos entre os romanos, prontamente deixou tudo para o seguir. E como fora com Simão e André, que eram homens do negócio de pesca, também logo o atenderam e o seguiram. Assim como com Tiago e João, filhos de um barqueiro pescador, que imediatamente deixaram seu pai com os trabalhadores para o seguirem.
Já dois que eram discípulos de João Batista, só de lhes ser anunciado quem era Jesus, creram de tal forma no Mestre que decidiram lhe seguir, eram André e Pedro. Da mesma forma chamando Jesus a Felipe, que creu ser Jesus o Messias, só de vê-lo de imediato o seguiu.
E nós somos prontos a atender ao chamado de Jesus? Somos por Ele escolhidos de acordo mo nossa disposição de segui-lo? Estamos prontos a deixar os negócios terrenos para buscarmos primeiro o reino do céu? Estamos aprendendo com ele? Somos seus discípulos?

“E, depois disto, saiu, e viu um publicano, chamado Levi, assentado na recebedoria, e disse-lhe: Segue-me. E ele, deixando tudo, levantou-se e o seguiu.Lucas5:27,28
“E, andando junto do mar da Galiléia, viu Simão, e André, seu irmão, que lançavam a rede ao mar, pois eram pescadores.
E Jesus lhes disse: Vinde após mim, e eu farei que sejais pescadores de homens.
E, deixando logo as suas redes, o seguiram.
E, passando dali um pouco mais adiante, viu Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão, que estavam no barco consertando as redes,
E logo os chamou. E eles, deixando o seu pai Zebedeu no barco com os jornaleiros, foram após ele.
Marcos1:16-20
“No dia seguinte João estava outra vez ali, e dois dos seus discípulos;
E, vendo passar a Jesus, disse: Eis aqui o Cordeiro de Deus.
E os dois discípulos ouviram-no dizer isto, e seguiram a Jesus.
E Jesus, voltando-se e vendo que eles o seguiam, disse-lhes: Que buscais? E eles disseram: Rabi (que, traduzido, quer dizer Mestre), onde moras?
Ele lhes disse: Vinde, e vede. Foram, e viram onde morava, e ficaram com ele aquele dia; e era já quase a hora décima.
Era André, irmão de Simão Pedro, um dos dois que ouviram aquilo de João, e o haviam seguido.
Este achou primeiro a seu irmão Simão, e disse-lhe: Achamos o Messias (que, traduzido, é o Cristo).
E levou-o a Jesus. E, olhando Jesus para ele, disse: Tu és Simão, filho de Jonas; tu serás chamado Cefas (que quer dizer Pedro).
No dia seguinte quis Jesus ir à Galiléia, e achou a Filipe, e disse-lhe: Segue-me.
E Filipe era de Betsaida, cidade de André e de Pedro.
Filipe achou Natanael, e disse-lhe: Havemos achado aquele de quem Moisés escreveu na lei, e os profetas: Jesus de Nazaré, filho de José.
Disse-lhe Natanael: Pode vir alguma coisa boa de Nazaré? Disse-lhe Filipe: Vem, e vê.
João1:35-46


Como já vimos Deus não é contra que tenhamos riqueza, afinal sempre deu do melhor para o povo que o seguia, mas alerta o quão as riquezas terrenas podem afastar o homem de Deus ( veja algumas anotações em http://wwwcompartilhar.blogspot.com.br/2017/06/versiculos-do-dia-servir-deus-e-nao-ao.htmlhttp://wwwcompartilhar.blogspot.com.br/2017/06/versiculos-do-dia-servir-deus-e-nao-ao.html).
Da mesma forma Jesus diz ao jovem rico que para segui-lo teria que se desfazer de seus bens, fazendo boas obras.
E nós dispomos de recursos que temos para seguir Jesus e assim obedecê-lo com boas obras?


“E Jesus, olhando para ele, o amou e lhe disse: Falta-te uma coisa: vai, vende tudo quanto tens, e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, toma a cruz, e segue-me.
Marcos10:21


Igualmente Jesus envia seus discípulos para pregar o reino do céu, dando-lhes poder para curar enfermos, limpar leprosos, expulsar demônios, ressuscitar mortos, mas exigia que o fizessem de graça da mesma forma como receberam de graça o poder. Alertando-os que não possuíssem riquezas em seus cintos, nem levassem malas grandes, nem duas túnicas, nem sapatos, nem outro auxílio para caminhar, pois teriam seus suprimentos.
E nós como pregamos o reino do céu, ou trabalhamos com nossos dons espirituais, totalmente de graça como recebemos? E como queremos estar com nossa vida pessoal? Com riquezas, grande quantidades de bens, nos firmando com estas coisas terrenas para podermos cumprir com o mandar de Jesus? Confiamos que se fizermos tudo por Amor como é o Seu mandamento, teremos nossos suprimentos? Somos verdadeiros discípulos de Jesus?


“E, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus.
Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai.
Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos,
Nem alforges para o caminho, nem duas túnicas, nem alparcas, nem bordões; porque digno é o operário do seu alimento.
Mateus10:7-10


Jesus deixa bem claro em seu evangelho, que quem quiser segui-lo tem que renunciar a si mesmo, e tomando a própria cruz, a individual que cada um de nós temos, para ser digno de segui-lo, de ser seu discípulo, independentemente de qual circunstância nos encontramos na terra, quer seja tribulações, preocupações terrenas, mas buscarmos primeiro o reino do céu.
Pois nossa própria vida não podemos salvar, mas se abrirmos mão da vida meramente terrena por Amor a Ele, a teremos eternamente, pois de nada adianta ganhar tudo no mundo e perder a alma, bem como que nada do que conquistarmos na terra poderá comprar nossa alma. Deixando claro que quando vier em glória para levar os seus, será de acordo com o que tiver vivido aqui, de acordo com o que tiver testemunhado.

“Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me;
Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á.
Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?
Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras.
Em verdade vos digo que alguns há, dos que aqui estão, que não provarão a morte até que vejam vir o Filho do homem no seu reino.
Mateus16:24-28
“Porquanto, qualquer que, entre esta geração adúltera e pecadora, se envergonhar de mim e das minhas palavras, também o Filho do homem se envergonhará dele, quando vier na glória de seu Pai, com os santos anjos.
Marcos8:34-38
“E qualquer que não levar a sua cruz, e não vier após mim, não pode ser meu discípulo.
Lucas14:27

Jesus em breve voltará, e fará separação entre os que o seguiram e os que não, sendo que será honrado apenas quem tiver seguido e servido a Jesus, somente estes herdarão a vida eterna.

“E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória;
E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas;
E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda.
Mateus25:31-33
“Quem ama a sua vida perdê-la-á, e quem neste mundo odeia a sua vida, guardá-la-á para a vida eterna.
Se alguém me serve, siga-me, e onde eu estiver, ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, meu Pai o honrará.
João12:25,26

Jesus alerta ainda que cada um dará conta de si mesmo, que não é para ficarmos olhando a vida do irmão, que individualmente temos que segui-lo, sem nos espelharmos nos outros, nem fazermos julgamentos pois pertence somente a Ele a vida de cada um, não importando a nós como Ele a proverá, apenas devemos segui-lo, espelhando-nos Nele e obedecer seu mandar.

“E disse isto, significando com que morte havia ele de glorificar a Deus. E, dito isto, disse-lhe: Segue-me.
E Pedro, voltando-se, viu que o seguia aquele discípulo a quem Jesus amava, e que na ceia se recostara também sobre o seu peito, e que dissera: Senhor, quem é que te há de trair?
Vendo Pedro a este, disse a Jesus: Senhor, e deste que será?
Disse-lhe Jesus: Se eu quero que ele fique até que eu venha, que te importa a ti? Segue-me tu.
Divulgou-se, pois, entre os irmãos este dito, que aquele discípulo não havia de morrer. Jesus, porém, não lhe disse que não morreria, mas: Se eu quero que ele fique até que eu venha, que te importa a ti?
João21:19-23

E a aqueles que são verdadeiros discípulos de Jesus, pregam o evangelho, e todo quanto crer será salvo, mas o que não crer será condenado.
E todos quanto crerem recebem poder de efetuar as mesmas obras que Jesus, e não serão mortos por coisas mundanas, e ainda curarão os enfermos.
Estamos cumprindo com o mandar? Estamos tendo compromisso com Deus, com a Palavra da Verdade?  Estamos sendo discípulos de Jesus?


“E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.
Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.
E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas;
Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porãoas mãos sobre os enfermos, e os curarão.
Marcos16:15-18

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; João 5: 39”

C O M P A R T I L H A R... isto é viver...é aprender...






Recomendo que clique no link indicado no final de cada postagem efetuada só com a introdução, para leitura integral do texto publicado na íntegra na folha CONTINUA.