Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

__________________VERSÍCULOS DO DIA ______________

E, tecendo uma coroa de espinhos, puseram-lha na cabeça, e em sua mão direita uma cana; e, ajoelhando diante dele, o escarneciam, dizendo: Salve, Rei dos judeus. Mateus27:29
E, havendo-o crucificado, repartiram as suas vestes, lançando sortes, para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta: Repartiram entre si as minhas vestes, e sobre a minha túnica lançaram sortes. Mateus 27:35
>
- se preferir texto parado, pare o mouse sobre o versículo-

Abaixo publico algumas anotações sobre estes versículos.
Não deixe de ler as citações bíblicas, pois delas é que compartilho
* Deus nos abençoe *
***
*Faça a sua reflexão sobre estes versículos, pois DEUS quer falar diretamente com você, lembre-se que ELE te chama pelo seu nome e quer escrevê-lo e mantê-lo no Livro da Vida Eterna.*
***

(Se necessário, ATUALIZE A FOLHA PARA VISUALIZAR AS ANOTAÇÕES DOS VERSÍCULOS DE HOJE
http://wwwcompartilhar.blogspot.com/


quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Versículos do dia: Paulo perante Félix


E, cinco dias depois, o sumo sacerdote Ananias desceu com os anciãos, e um certo Tértulo, orador, os quais compareceram perante o presidente contra Paulo.
Atos24:1

Mas, passados dois anos, Félix teve por sucessor a Pórcio Festo; e, querendo Félix comprazer aos judeus, deixou a Paulo preso.
Atos24:27







Estando Paulo preso no pretório de Herodes já por cinco dias, vem o sumo sacerdote para acusá-lo perante o governador Félix.

“E, cinco dias depois, o sumo sacerdote Ananias desceu com os anciãos, e um certo Tértulo, orador, os quais compareceram perante o presidente contra Paulo.
E, sendo chamado, Tértulo começou a acusá-lo, dizendo: Visto como por ti temos tanta paz e por tua prudência se fazem a este povo muitos e louváveis serviços,
Sempre e em todo o lugar, ó potentíssimo Félix, com todo o agradecimento o queremos reconhecer.
Mas, para que não te detenha muito, rogo-te que, conforme a tua eqüidade, nos ouças por pouco tempo.
Temos achado que este homem é uma peste, e promotor de sedições entre todos os judeus, por todo o mundo; e o principal defensor da seita dos nazarenos;
O qual intentou também profanar o templo; e nós o prendemos, e conforme a nossa lei o quisemos julgar.
Mas, sobrevindo o tribuno Lísias, no-lo tirou de entre as mãos com grande violência,
Mandando aos seus acusadores que viessem a ti; e dele tu mesmo, examinando-o, poderás entender tudo o de que o acusamos.
E também os judeus consentiam, dizendo serem estas coisas assim.
Atos24:1-9

E através de um orador, Tértulo, foi Paulo acusado.
Atentemos que começa o discurso fazendo uma série de elogios ao governo romano, já no intuito de ter Paulo entregue a eles para julgamento e sentença na lei judaica, passando a acusar Paulo de sedições entre os judeus, insinuando que poderia ser causada revoltas entre o povo, e o denomina como 'peste', dá para imaginar tamanhas acusações. E assim o acusando de ter profanado o templo, logo queriam julgá-lo conforme a lei dos judeus, pedindo até que o interrogassem.
E sendo dado a oportunidade Paulo apresenta sua defesa:

“Paulo, porém, fazendo-lhe o presidente sinal que falasse, respondeu: Porque sei que já vai para muitos anos que desta nação és juiz, com tanto melhor ânimo respondo por mim.
Pois bem podes saber que não há mais de doze dias que subi a Jerusalém a adorar;
E não me acharam no templo falando com alguém, nem amotinando o povo nas sinagogas, nem na cidade.
Nem tampouco podem provar as coisas de que agora me acusam.

Paulo também coloca seu respeito perante a autoridade de Félix em julgar, assim faz sua defesa, dizendo que viera a Jerusalém tão somente para adorar, que não amotinou o povo como era acusado, e que não tinham testemunhas destas acusações.
Mas atentemos que Paulo aproveita esta oportunidade para dar seu testemunho:

“Mas confesso-te isto que, conforme aquele caminho que chamam seita, assim sirvo ao Deus de nossos pais, crendo tudo quanto está escrito na lei e nos profetas.
Tendo esperança em Deus, como estes mesmos também esperam, de que há de haver ressurreição de mortos, assim dos justos como dos injustos.
E por isso procuro sempre ter uma consciência sem ofensa, tanto para com Deus como para com os homens.
Ora, muitos anos depois, vim trazer à minha nação esmolas e ofertas.
Nisto me acharam já santificado no templo, não em ajuntamentos, nem com alvoroços, uns certos judeus da Ásia,
Os quais convinha que estivessem presentes perante ti, e me acusassem, se alguma coisa contra mim tivessem.
Ou digam estes mesmos, se acharam em mim alguma iniqüidade, quando compareci perante o conselho,
A não ser estas palavras que, estando entre eles, clamei: Hoje sou julgado por vós acerca da ressurreição dos mortos.
Atos24:14-21

Paulo confessa que sim servia a Deus, crendo nas Escrituras, na lei e nos profetas. Que tinha esperança em Deus da mesma forma como seus acusadores também o tinham, crendo na ressurreição de mortos tanto dos justos quanto dos injustos (Daniel 12:2; Mateus 25:46, João 5:29; …). Mas que tinha vindo a Jerusalém para fazer esmolas e ofertas, tendo até se santificado no templo, sem amotinação de pessoas; que se alguém mais tivesse acusações contra ele que então as fizessem, e que por aqueles que ali estavam lhe acusando era por suas palavras de crença na ressurreição dos mortos, o que eles próprios o criam.

“Então Félix, havendo ouvido estas coisas, lhes pôs dilação, dizendo: Havendo-me informado melhor deste Caminho, quando o tribuno Lísias tiver descido, então tomarei inteiro conhecimento dos vossos negócios.
E mandou ao centurião que o guardasse em prisão, tratando-o com brandura, e que a ninguém dos seus proibisse servi-lo ou vir ter com ele.
E alguns dias depois, vindo Félix com sua mulher Drusila, que era judia, mandou chamar a Paulo, e ouviu-o acerca da fé em Cristo.
E, tratando ele da justiça, e da temperança, e do juízo vindouro, Félix, espavorido, respondeu: Por agora vai-te, e em tendo oportunidade te chamarei.
Esperando ao mesmo tempo que Paulo lhe desse dinheiro, para que o soltasse; pelo que também muitas vezes o mandava chamar, e falava com ele.
Mas, passados dois anos, Félix teve por sucessor a Pórcio Festo; e, querendo Félix comprazer aos judeus, deixou a Paulo preso.
Atos24:22-27

Félix adia o julgamento de Paulo, mantendo-o preso, mas com certa liberdade, sem violências, com brandura, e que poderia receber visitas e ser servido por estas.
Vejamos Félix tinha por esposa Drusila que era judia, devia então ter conhecimento das Escrituras, e junto dela ouve Paulo sobre a fé em Cristo.
Mas quando Paulo fala da justiça, da temperança e do juízo final, Félix ficou amedrontado, dispensando-o.
E por muitas vezes Félix mandava chamar a Paulo para conversar, na esperança de ser-lhe oferecido dinheiro para o soltar, mas como isto não aconteceu manteve-o preso por dois anos, até que Félix foi substituído por Pórcio Festo, e ainda assim deixou Paulo preso para agradar aos judeus.

Vimos que não havia justiça entre os do Sinédrio, os sumos sacerdotes e anciãos entre os judeus, mas também não havia justiça por parte de Félix que até aguardava suborno, e assim sem provas de suas acusações Paulo mesmo tendo direitos a visitas e serviçais ficou preso por dois anos ali em Cesaréia.


Atentemos que Paulo foi fiel a seu propósito, e aguardava pacientemente o tempo de sua prisão, atendia Félix em seus chamados, mas não abriu mão de seu testemunho, não oferendo suborno para sair da prisão, mas simplesmente se submetendo ao fato.
E nós, mesmo que esteja muito difícil a situação nos mantemos firmes em nosso testemunho, não nos deixamos ser subornados por coisas mundanas que nos dariam alivio, mesmo que o tempo passe continuamos firmes em nosso caráter, ou buscamos com coisas do mundo nos ver livres de tribulações?   


E isto é um cotidiano na vida do cristão, que mesmo tendo toda a liberdade em Cristo Jesus, acaba por ser prisioneiro de certas circunstancias terrenas, e como tem sido nosso agir diante de tais tribulações? Mantemos nosso testemunho de cristão? Não nos contaminamos com praticas mundanas para nelas sermos livres? Aguardamos pacientemente o cumprimento das promessas, por mais que demorem? Nos mantemos firmes no propósito de anunciar as Boas Novas da Salvação em Cristo Jesus?  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; João 5: 39”

C O M P A R T I L H A R... isto é viver...é aprender...






Recomendo que clique no link indicado no final de cada postagem efetuada só com a introdução, para leitura integral do texto publicado na íntegra na folha CONTINUA.