Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

__________________VERSÍCULOS DO DIA ______________

E, tecendo uma coroa de espinhos, puseram-lha na cabeça, e em sua mão direita uma cana; e, ajoelhando diante dele, o escarneciam, dizendo: Salve, Rei dos judeus. Mateus27:29
E, havendo-o crucificado, repartiram as suas vestes, lançando sortes, para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta: Repartiram entre si as minhas vestes, e sobre a minha túnica lançaram sortes. Mateus 27:35
>
- se preferir texto parado, pare o mouse sobre o versículo-

Abaixo publico algumas anotações sobre estes versículos.
Não deixe de ler as citações bíblicas, pois delas é que compartilho
* Deus nos abençoe *
***
*Faça a sua reflexão sobre estes versículos, pois DEUS quer falar diretamente com você, lembre-se que ELE te chama pelo seu nome e quer escrevê-lo e mantê-lo no Livro da Vida Eterna.*
***

(Se necessário, ATUALIZE A FOLHA PARA VISUALIZAR AS ANOTAÇÕES DOS VERSÍCULOS DE HOJE
http://wwwcompartilhar.blogspot.com/


terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Versículos do dia: A cilada dos judeus contra Paulo


E, quando já era dia, alguns dos judeus fizeram uma conspiração, e juraram, dizendo que não comeriam nem beberiam enquanto não matassem a Paulo.
Atos23:12

E o presidente, lida a carta, perguntou de que província era; e, sabendo que era da Cilícia,
Disse: Ouvir-te-ei, quando também aqui vierem os teus acusadores. E mandou que o guardassem no pretório de Herodes.
Atos23:34,35







Estando Paulo preso lhe apareceu Jesus o encorajando a ter ânimo pois assim como testificara em Jerusalém testemunharia em Roma.
E enquanto isso os judeus estavam a preparar uma cilada para matar Paulo:

E, quando já era dia, alguns dos judeus fizeram uma conspiração, e juraram, dizendo que não comeriam nem beberiam enquanto não matassem a Paulo.
E eram mais de quarenta os que fizeram esta conjuração.
E estes foram ter com os principais dos sacerdotes e anciãos, e disseram: Conjuramo-nos, sob pena de maldição, a nada provarmos até que matemos a Paulo.
Agora, pois, vós, com o conselho, rogai ao tribuno que vo-lo traga amanhã, como que querendo saber mais alguma coisa de seus negócios, e, antes que chegue, estaremos prontos para o matar.
Atos23:12-15

Atentemos como os judeus agiam sempre com violências mesmo no que se referia a fé, e aqueles fizeram juramento até sob pena de maldição e não beberiam, nem comeriam até matar Paulo, e atentemos principalmente a como os principais dos sacerdotes e anciãos agiam sempre de forma ilegal, com mentiras, até com testemunhas falsas como já vimos no julgamento de Jesus e dos apóstolos, e agora de acordo com uma cilada contra Paulo.
Mas Deus tinha suas providências para que fosse cumprido com seus propósitos:

E o filho da irmã de Paulo, tendo ouvido acerca desta cilada, foi, e entrou na fortaleza, e o anunciou a Paulo.
E Paulo, chamando a si um dos centuriões, disse: Leva este jovem ao tribuno, porque tem alguma coisa que lhe comunicar.
Tomando-o ele, pois, o levou ao tribuno, e disse: O preso Paulo, chamando-me a si, rogou-me que trouxesse este jovem, que tem alguma coisa para dizer-te.
E o tribuno, tomando-o pela mão, e pondo-se à parte, perguntou-lhe em particular: Que tens que me contar?
E disse ele: Os judeus se concertaram rogar-te que amanhã leves Paulo ao conselho, como que tendo de inquirir dele mais alguma coisa ao certo.
Mas tu não os creias; porque mais de quarenta homens de entre eles lhe andam armando ciladas; os quais se obrigaram, sob pena de maldição, a não comer nem beber até que o tenham morto; e já estão apercebidos, esperando de ti promessa.
Então o tribuno despediu o jovem, mandando-lhe que a ninguém dissesse que lhe havia contado aquilo.
Atos23:16-22

Aqui Lucas revela que Paulo ainda tinha familiares em Jerusalém, uma irmã e um sobrinho é citado neste texto, e este é usado para tomar conhecimento da cilada que estava sendo armada e de tudo comunicasse a Paulo, que de imediato o requer que fosse dizê-lo ao tribuno.
Mas atentemos que mesmo tendo os romanos respeito as leis dos judeus não concordavam com suas injustiças:


“E, chamando dois centuriões, lhes disse: Aprontai para as três horas da noite duzentos soldados, e setenta de cavalaria, e duzentos archeiros para irem até Cesaréia;
E aparelhai animais, para que, pondo neles a Paulo, o levem salvo ao presidente Félix.
E escreveu uma carta, que continha isto:
Cláudio Lísias, a Félix, potentíssimo presidente, saúde.
Esse homem foi preso pelos judeus; e, estando já a ponto de ser morto por eles, sobrevim eu com a soldadesca, e o livrei, informado de que era romano.
E, querendo saber a causa por que o acusavam, o levei ao seu conselho.
E achei que o acusavam de algumas questões da sua lei; mas que nenhum crime havia nele digno de morte ou de prisão.
E, sendo-me notificado que os judeus haviam de armar ciladas a esse homem, logo to enviei, mandando também aos acusadores que perante ti digam o que tiverem contra ele. Passa bem.
Atos23:23-30


E assim foi Paulo em segurança para Cesaréia, apresentado ao governador e detido no pretório de Herodes.

“Tomando, pois, os soldados a Paulo, como lhe fora mandado, o trouxeram de noite a Antipátride.
E no dia seguinte, deixando aos de cavalo irem com ele, tornaram à fortaleza.
Os quais, logo que chegaram a Cesaréia, e entregaram a carta ao presidente, lhe apresentaram Paulo.
E o presidente, lida a carta, perguntou de que província era; e, sabendo que era da Cilícia,
Disse: Ouvir-te-ei, quando também aqui vierem os teus acusadores. E mandou que o guardassem no pretório de Herodes.
Atos23:31-35



E assim é o agir do infeliz satanás, sempre com enganos influenciando muitos para armarem ciladas aos cristãos que estão no trabalho para o reino dos céus. Por isso temos que estar sempre firmes em nosso propósito de anunciar as Boas Novas da Salvação, em dar nosso testemunho, estarmos firmados em Cristo Jesus, tendo comunhão constante com Ele independentemente das circunstâncias em que nos encontrarmos, pois somente Ele pode nos encorajar, nos direcionar através do Espirito Santo de Deus para que passemos nossas tribulações terrenas em segurança, rumo ao alvo de vida eterna no reino dos céus. Mesmo que aqui tenhamos detrimento, danos ou prejuízos, mas seguros em nossa convicção, na esperança do por vir, da vida eterna de gozo e paz junto a Jesus nosso Salvador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; João 5: 39”

C O M P A R T I L H A R... isto é viver...é aprender...






Recomendo que clique no link indicado no final de cada postagem efetuada só com a introdução, para leitura integral do texto publicado na íntegra na folha CONTINUA.