Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

__________________VERSÍCULOS DO DIA ______________

"Mas eles começaram, um por um, a apresentar desculpas. O primeiro disse: ‘Acabei de comprar uma propriedade, e preciso ir vê-la. Por favor, desculpe-me’."Outro disse: ‘Acabei de comprar cinco juntas de bois e estou indo experimentá-las. Por favor, desculpe-me’."Ainda outro disse: ‘Acabo de me casar, por isso não posso ir’. Lucas14:18-20
"Se alguém vem a mim e ama o seu pai, sua mãe, sua mulher, seus filhos, seus irmãos e irmãs, e até sua própria vida mais do que a mim, não pode ser meu discípulo. E aquele que não carrega sua cruz e não me segue não pode ser meu discípulo. Lucas14:26,27
>
- se preferir texto parado, pare o mouse sobre o versículo-

Abaixo publico algumas anotações sobre estes versículos.
Não deixe de ler as citações bíblicas, pois delas é que compartilho
* Deus nos abençoe *
***
*Faça a sua reflexão sobre estes versículos, pois DEUS quer falar diretamente com você, lembre-se que ELE te chama pelo seu nome e quer escrevê-lo e mantê-lo no Livro da Vida Eterna.*
***

(Se necessário, ATUALIZE A FOLHA PARA VISUALIZAR AS ANOTAÇÕES DOS VERSÍCULOS DE HOJE
http://wwwcompartilhar.blogspot.com/


segunda-feira, 17 de julho de 2017

Versículos do dia: Segunda multiplicação dos pães e o fermento dos fariseus




E, tomando os sete pães e os peixes, e dando graças, partiu-os, e deu-os aos seus discípulos, e os discípulos à multidão.
Mateus15:36

E Jesus, conhecendo isto, disse-lhes: Para que arrazoais, que não tendes pão? não considerastes, nem compreendestes ainda? tendes ainda o vosso coração endurecido?
Marcos8:17







Por onde Jesus passava se ajuntava a Ele multidões, e Jesus ia curando os enfermos e necessitados. E estando Ele num monte com compaixão da multidão que já o seguia a três dias e estavam sem ter o que comer, o disse aos seus discípulos, e estes mesmo tendo já presenciado a multiplicação do pão e peixe anteriormente, ainda o indagava de onde viriam alimentos para tantos. Mas Jesus calmamente lhes pergunta quantos pães tinham, e lhe disseram que sete e alguns peixinhos. Jesus então ordena que se assentassem todos, e tomando os sete pães e peixes e dando graças o partiu, dando aos discípulos que deram a multidão, e comeram até fartar-se, e ainda lhes sobrou sete cestos cheios de pedaços.

“Partindo Jesus dali, chegou ao pé do mar da Galiléia, e, subindo a um monte, assentou-se lá.
E veio ter com ele grandes multidões, que traziam coxos, cegos, mudos, aleijados, e outros muitos, e os puseram aos pés de Jesus, e ele os sarou,
De tal sorte, que a multidão se maravilhou vendo os mudos a falar, os aleijados sãos, os coxos a andar, e os cegos a ver; e glorificava o Deus de Israel.
E Jesus, chamando os seus discípulos, disse: Tenho compaixão da multidão, porque já está comigo há três dias, e não tem o que comer; e não quero despedi-la em jejum, para que não desfaleça no caminho.
E os seus discípulos disseram-lhe: De onde nos viriam, num deserto, tantos pães, para saciar tal multidão?
E Jesus disse-lhes: Quantos pães tendes? E eles disseram: Sete, e uns poucos de peixinhos.
Então mandou à multidão que se assentasse no chão,
E, tomando os sete pães e os peixes, e dando graças, partiu-os, e deu-os aos seus discípulos, e os discípulos à multidão.
E todos comeram e se saciaram; e levantaram, do que sobejou, sete cestos cheios de pedaços.
Ora, os que tinham comido eram quatro mil homens, além de mulheres e crianças.
E, tendo despedido a multidão, entrou no barco, e dirigiu-se ao território de Magadã.
Mateus15:29-39


Atentemos que os discípulos ainda não contavam com o Poder de Jesus, mesmo já tendo presenciado tantos milagres e a multiplicação de pão anteriormente, ainda assim ficavam buscando recursos terreno para atender a Jesus na obra de seu ministério. E assim ainda é até hoje, muitos são que mesmo sabendo ser Deus Todo Poderoso, ainda temem as adversidades, ainda ficam buscando recursos próprio para fazer a obra de Deus.
E assim somos nós que entregamos nas mãos de Deus nossos problemas, mas logo os pegamos de volta tentando fazer algo humano, como se ajudando a Deus, para resolvê-los, esquecendo-nos que é Jesus quem tem a solução, é quando ficamos ainda mais suscetíveis aos enganadores, temos que estar sempre atentos e vigilantes, nos suprindo com o espiritual junto a Jesus.

Vejamos como eram ainda incrédulos os discípulos de Jesus que não tendo pão consigo, ao serem advertidos por Jesus para se acautelarem com o fermento dos fariseus e saduceus pensaram logo que era porque não tinham suprimento de pão, já tinham se esquecido das multiplicações dos pães e quantos se fartaram e ainda ficaram sobras. E sendo então exortados por Jesus é que foram compreender que não tratava-se do pão para a carne mas sim da doutrina dos fariseus, para com ela não se contaminarem.

“E, passando seus discípulos para o outro lado, tinham-se esquecido de trazer pão.
E Jesus disse-lhes: Adverti, e acautelai-vos do fermento dos fariseus e saduceus.
E eles arrazoavam entre si, dizendo: É porque não trouxemos pão.
E Jesus, percebendo isso, disse: Por que arrazoais entre vós, homens de pouca fé, sobre o não terdes trazido pão?
Não compreendeis ainda, nem vos lembrais dos cinco pães para cinco mil homens, e de quantas alcofas levantastes?
Nem dos sete pães para quatro mil, e de quantos cestos levantastes?
Como não compreendestes que não vos falei a respeito do pão, mas que vos guardásseis do fermento dos fariseus e saduceus?
Então compreenderam que não dissera que se guardassem do fermento do pão, mas da doutrina dos fariseus.
Mateus16:5-12


Para entendermos melhor vale aqui lembrar quem era os fariseus: um dos principais grupos religiosos judaicos nos tempos de Jesus, eram muito rigorosos na obediência a lei de Moisés, no entanto já tinham com o passar do tempo agregado a ela outros ritos e costumes meramente humanos e de acordo com suas próprias conveniências, e foram críticos declarados de Jesus desafiando sua autoridade divina.
Lembrando também quem era os saduceus: membros também de um grupo religioso judaico, menos numerosos que os fariseus mais com posturas e forças sociais mais elevadas, tinham grande influências não só no âmbito religioso como no politico. Faziam parte da classe sacerdotal dominante na época, e tinham entre seus membros e partidários, pessoas da aristocracia de Jerusalém. Não acreditavam em ressurreição. Sua doutrina se apegava somente a lei mosaica escrita, e em sua interpretação ignoravam, desprezavam a tradição dos fariseus.
Eram rivais os fariseus e saduceus, no entanto se uniram para enfrentar a Jesus em seu ministério.
Atentemos que Jesus diz para terem cautela com o fermento destes, ou seja eles eram influenciadores de opiniões, os doutores na lei, que comandavam o povo.
Em outra passagem Jesus usa o mesmo termo, mais ainda acrescenta serem estas doutrinas hipocrisia, ou seja demonstravam bondade, amabilidade em suas idéias, no entanto eram fingidas, pois não eram correspondente ao que pensavam ou sentiam. E alertava aos seus discípulos que em primeiro lugar se acautelarem do fermento deles.

“Ajuntando-se entretanto muitos milhares de pessoas, de sorte que se atropelavam uns aos outros, começou a dizer aos seus discípulos: Acautelai-vos primeiramente do fermento dos fariseus, que é a hipocrisia.
Lucas12:1


Nos dias atuais também temos 'fariseus' e 'saduceus', doutores na lei religiosa, que encontram-se na frente de trabalhos religiosos, mas com doutrinas meramente humanas, pregando um evangelho deturpado, com tradições e rituais que não constam do evangelho genuíno pregado por Jesus. E assim como aqueles na época desviavam cada vez mais o povo do caminho de Deus, são assim os de hoje que além de não se agregarem a Maravilhosa graça de Deus, de não seguirem ao Caminho que é Jesus, levam multidões com seus enganos. Afastando-os da Salvação em Cristo Jesus.
E da mesma forma como Jesus dizia a seus discípulos, diz a nós hoje, que primeiramente nos acautelemos do fermento destes falsos profetas. Que estejamos alertas e vigilantes.
Quem multiplica o pão para a obra de Deus é Jesus, que não nos deixemos enganar por qualquer que seja outro fermento.
Para tanto nos é necessário de tudo estarmos conferindo nas Escrituras Sagradas com o evangelho de Jesus, na orientação do Espirito Santo que é conosco.

Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós.
Por isso façamos a festa, não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da malícia, mas com os ázimos da sinceridade e da verdade.
1Coríntios 5:7,8



Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; João 5: 39”

C O M P A R T I L H A R... isto é viver...é aprender...






Recomendo que clique no link indicado no final de cada postagem efetuada só com a introdução, para leitura integral do texto publicado na íntegra na folha CONTINUA.