Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

__________________VERSÍCULOS DO DIA ______________

E foi Jesus apresentado ao presidente, e o presidente o interrogou, dizendo: És tu o Rei dos Judeus? E disse-lhe Jesus: Tu o dizes. Mateus27:11
E, respondendo o presidente, disse-lhes: Qual desses dois quereis vós que eu solte? E eles disseram: Barrabás. Disse-lhes Pilatos: Que farei então de Jesus, chamado Cristo? Disseram-lhe todos: Seja crucificado. Mateus27:21,22
>
- se preferir texto parado, pare o mouse sobre o versículo-

Abaixo publico algumas anotações sobre estes versículos.
Não deixe de ler as citações bíblicas, pois delas é que compartilho
* Deus nos abençoe *
***
*Faça a sua reflexão sobre estes versículos, pois DEUS quer falar diretamente com você, lembre-se que ELE te chama pelo seu nome e quer escrevê-lo e mantê-lo no Livro da Vida Eterna.*
***

(Se necessário, ATUALIZE A FOLHA PARA VISUALIZAR AS ANOTAÇÕES DOS VERSÍCULOS DE HOJE
http://wwwcompartilhar.blogspot.com/


domingo, 16 de julho de 2017

Versículos do dia: A mulher cananeia


E, partindo Jesus dali, foi para as partes de Tiro e de Sidom.
E eis que uma mulher cananéia, que saíra daquelas cercanias, clamou, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim, que minha filha está miseravelmente endemoninhada.
Mateus15:21,22

Então ele disse-lhe: Por essa palavra, vai; o demônio já saiu de tua filha.
Marcos7:29






Jesus se compadecia das multidões que o seguiam, todos ovelhas perdidas entre o povo de Israel, o povo escolhido por Deus. Jesus era rejeitado por muitos, principalmente pelos escribas e fariseus, os doutores e sábios na lei. E por compaixão do homem Jesus já tinha intenção de estender a todos os povos a salvação que viera ao mundo trazer, e assim se retirou de sua região indo para região da Fenicia, em Tiro e Sidon.
Vale aqui lembrar, para entendermos melhor a atitude de Jesus, que no passado os reis de Tiro haviam feito aliança com Salomão com relação a fornecer madeira para a construção do templo em troca de mantimentos que Salomão enviaria para a população de Tiro ( 1Reis 5 ), mas não ficou só nisto, depois quando Etbaal fora rei dos sidônis, sendo Acabe rei sobre Israel, estes fizeram aliança mediante o casamento de Acabe com Jesabel, filha de Etbaal, sendo levantado altar ao deus Baal nas terras de Samaria (1 Reis 16:29/34 ). Sendo que muitos entres o povo de Israel também se casaram com mulheres estrangeiras (Esdras 9 e 10) servindo a seus deuses, causando a ira em Deus, levando o povo em cativeiro.

Atentemos que Jesus foi para aquelas terras, e ali uma mulher cananéia (e esta mulher era grega, siro-fenícia de nação), foi ao encontro de Jesus lhe pedindo socorro, lançando-se aos seus pés, clamando por Ele como Senhor, filho de Davi.

E, partindo Jesus dali, foi para as partes de Tiro e de Sidom.
E eis que uma mulher cananéia, que saíra daquelas cercanias, clamou, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim, que minha filha está miseravelmente endemoninhada.
Mas ele não lhe respondeu palavra. E os seus discípulos, chegando ao pé dele, rogaram-lhe, dizendo: Despede-a, que vem gritando atrás de nós.
E ele, respondendo, disse: Eu não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel.
Então chegou ela, e adorou-o, dizendo: Senhor, socorre-me!
Ele, porém, respondendo, disse: Não é bom pegar no pão dos filhos e deitá-lo aos cachorrinhos.
E ela disse: Sim, Senhor, mas também os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus senhores.
Então respondeu Jesus, e disse-lhe: Ó mulher, grande é a tua fé! Seja isso feito para contigo como tu desejas. E desde aquela hora a sua filha ficou sã.
Mateus15:21-28


Atentemos que mesmo não sendo israelita aquela mulher sabia de Jesus, já tinha ouvido falar Dele e de seus feitos, e com toda humildade, sem se importar com sua etnia, nem mesmo pelo fato de ser mulher, que naquela época não tinha o poder para discursos, mas reconhecendo ser Jesus o Messias, se humilha a seus pés, em sinal de adoração, e roga por suas misericórdias, para curar-lhe a filha endemoninhada. Uma mãe que clamava por sua filha, quem tem filho sabe como devia estar aquela mulher que relata estar a filha não só com demônio, mas miseravelmente endemoninhada, imaginemos como não estava aquela mãe.
Jesus nada responde, fica calado, pensemos como aquela mulher poderia ter se revoltado por ser ignorada, mas não, continuava clamando ao ponto de que os discípulos pedem a Jesus que a mandasse embora por estar gritando atrás deles, incomodando-os. Mas Jesus não a despede, no entanto lhe dá uma resposta negativa, dizendo que tinha vindo para os da casa de Israel e não para aquele povo que ela pertencia, imaginemos o quanto ela poderia ter ficado frustrada e ido embora sofrendo, mas não, ela ainda o adorava e pedia socorro, mesmo assim crendo que seria atendida, no entanto recebe uma resposta ainda mais dura por parte de Jesus, que lhe diz que primeiro tinha que atender aos israelitas, comparando-os a filhos e os de seu povo como cachorro, que era assim que os israelitas lhes viam, mas atentemos que Jesus carinhosamente diz 'cachorrinhos' , pois deles também tinha compaixão.
Diante de uma nova resposta duramente negativa a mulher poderia ter se sentido humilhada e desistido, no entanto observemos que tamanha determinação ela tinha, afinal era uma mãe desesperada, mas humildemente e sabiamente responde, reconhecendo ter Jesus razão, e o tendo por Senhor, ainda replica que até os cachorrinhos se saciavam debaixo da mesa com migalhas dos seus donos, crendo ainda, mesmo com tantas respostas negativas, que mesmo com um pouco que fosse por parte de Jesus teria sua filha curada, e Jesus lhe contemplou a fé curando de imediato sua filha.



Vimos que Jesus fora aquela cidade mesmo não sendo aqueles israelitas, já voltado de que seria sua salvação a todos os povos, teve compaixão também deles, e provou e contemplou a fé daquela mulher. Mostrando a seus discípulos que seria assim sua salvação, mesmo que eles quisessem que Jesus mandasse a mulher embora, por não terem compaixão daquele povo. Jesus realiza ali seu milagre.
Somos sabedores que a Graça Maravilhosa de Deus é para todos quantos crerem, mas necessário é que as pessoas ouçam sobre Jesus para crer, a Ele se acheguem e para tanto nos faz seus discípulos para O anunciar a todos, e como estamos nós cumprindo com nossa missão? Alcançamos também aqueles que por nossa concepção não são merecedores, aprendemos a ter compaixão com Jesus?
Mesmo que saibamos que não podemos salvar ninguém,que tudo que fizermos é pouco, mas estamos compartilhando, dividindo da Maravilhosa Graça de Deus, com nosso Pão espiritual, com quem não esteja nela ainda contemplado? Estamos em nosso dia a dia falando de Jesus?

Vemos nesta mulher um exemplo de tamanha fé, pois mesmo servindo a outros deuses, tendo outra tradição, creu em Jesus, e isto por ter ouvido falar de Jesus, o teve por único a poder lhe dar ajuda, e o adorou mesmo não sendo dos seus deuses, o reconhecendo por Deus verdadeiramente, se humilhando aos seus pés.
E quantos são hoje que mesmo conhecendo a Jesus não o reconhece por Deus, não é capaz de se humilhar em sua presença, de reconhecê-lo por Único e Suficiente Salvador, continuando nas trevas com tradições, etnias, e doutrinas que acham que devem respeitar.
Atentemos o quanto aquela mulher intercedeu por sua filha, mesmo tendo a princípio o silêncio de Jesus, mesmo tendo recebido respostas tão duramente negativas, perseverou em crer e clamar. E nós como estamos sendo intercessores? Estamos sendo perseverantes?
E quantas vezes nós nos deparamos com o silêncio de Deus, um tempo de espera de provação, e mesmo crendo em Deus quantos são que já se desesperam e se desviam a buscar outras soluções.
E quantas vezes vemos respostas aos nossos olhos totalmente negativas, mas nos esquecemos das misericórdias e compaixão de Deus, nos esquecemos que Jesus é nosso intermediador, nosso auxílio, quem nos purifica, para então sermos ouvidos.
E quantos são que se desagradam com correções que Deus faz, e o abandona a primeira resposta negativa, sem crer o suficiente de que Jesus é a solução. Estamos perseverando com fé plena em Jesus nosso Salvador?
Vimos aquela mulher mesmo ao meio de respostas negativas, mesmo ao meio de provação, ainda adorar a Jesus e Nele confiar. E nós ao meio de tribulações de adversidades, conseguimos adorar verdadeiramente? Ou esfriamos no amor a Jesus?
E reconhecemos ser todos pecadores? Reconhecemos que estávamos destituídos da presença de Deus, com alianças mundanas, e que fora Jesus que nos resgatou? E reconhecemos e nos arrependemos verdadeiramente de nossos erros?
Deus é Bom em todo o tempo, e já nos deu sua Maravilhosa Graça Salvadora em Cristo Jesus, não importa as circunstâncias terrenas que tivermos que passar, temos que confiar que Deus é Bom em todo tempo, temos que ter perseverança.



Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.
Salmos51:17
Perto está o Senhor dos que têm o coração quebrantado, e salva os contritos de espírito.
Salmos34:18
Ainda que o Senhor é excelso, atenta todavia para o humilde; mas ao soberbo conhece-o de longe
Salmos 138:6

Sabendo que a prova da vossa fé opera a paciência.
Tiago1:3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; João 5: 39”

C O M P A R T I L H A R... isto é viver...é aprender...






Recomendo que clique no link indicado no final de cada postagem efetuada só com a introdução, para leitura integral do texto publicado na íntegra na folha CONTINUA.