Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

__________________VERSÍCULOS DO DIA ______________

E, aproximando-se dele um escriba, disse-lhe: Mestre, aonde quer que fores, eu te seguirei.E disse Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu têm ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça. Mateus8:19,20
E disse a outro: Segue-me. Mas ele respondeu: Senhor, deixa que primeiro eu vá a enterrar meu pai. Mas Jesus lhe observou: Deixa aos mortos o enterrar os seus mortos; porém tu vai e anuncia o reino de Deus. Lucas9:59,60
>
- se preferir texto parado, pare o mouse sobre o versículo-

Abaixo publico algumas anotações sobre estes versículos.
Não deixe de ler as citações bíblicas, pois delas é que compartilho
* Deus nos abençoe *
***
*Faça a sua reflexão sobre estes versículos, pois DEUS quer falar diretamente com você, lembre-se que ELE te chama pelo seu nome e quer escrevê-lo e mantê-lo no Livro da Vida Eterna.*
***

(Se necessário, ATUALIZE A FOLHA PARA VISUALIZAR AS ANOTAÇÕES DOS VERSÍCULOS DE HOJE
http://wwwcompartilhar.blogspot.com/


quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Versículos do dia: ‘petições atendidas’ e benção para Vida Eterna’

 

 images (5)

Technorati Marcas:

 

O Senhor respondeu: "Eu os perdoei, conforme você pediu.Números 14:20

E eu farei o que vocês pedirem em meu nome, para que o Pai seja glorificado no Filho.João 14:13

 

 

Grande diferença há entre  a “grande e eterna promessa de Deus” que é tomarmos posse da ‘terra prometida’ , ‘a salvação para a Vida eterna’, e sermos atendidos em petições que fazemos a Deus para nossa vida terrena , que sendo  promessas de Deus, e  crendo as alcançamos . Temos hoje dois versículos que comprovam que Deus atende aos que lhe tem temor e assim pedem, não só por si como para terceiros, mas temos que estar atentos que o que verdadeiramente deve nos  importar é ‘a salvação da alma’ , assim ainda mais teremos sobre as coisas terrenas, mas se apenas e tão somente estivermos com olhos voltados à nossa vida terrena, podemos até sermos atendidos por Deus, mas não nos garantem a Salvação.  Na antiguidade era os  ‘profetas’ que falavam com Deus pelo povo, ou pelos ‘sacerdotes’ , que ofereciam sacrificios para a purificação do povo e para obter ‘resposta’ de Deus para ‘as suas causas’; hoje bem sabemos que temos individualmente ‘livre acesso ao Pai’ através da purificação que recebemos pelo sangue de Jesus, e no nome de Jesus tudo quanto pedirmos com fé, seremos atendidos, para à Glória de Deus. No entanto vamos refletir no contexto sobre ‘estas petições atendidas’ , no caso da antiguidade vejamos um trecho do texto do livro de Numeros que é sugerido hoje para reflexão, o ‘povo escolhido por Deus’ estavam a murmurar, e, mesmo tendo tido tantos ‘sinais, maravilhas’ de Deus, ainda não confiavam Nele e estavam querendo voltar atrás sob a escravidão no Egito, com medo por causa das noticias que receberam dos que foram ‘sondar a terra prometida’, sendo que estes a viram com olhos meramente humanos, assim se atentaram apenas ‘nas forças dos humanos que ali haviam’, no entanto entre eles estavam  Josué e Calebe que conseguiram ver ‘a promessa de Deus’ , uma terra que mana leite e mel, uma terra ‘maravilhosa’ , ‘a terra prometida’, e confiavam que Deus lhes entregaria conforme prometido, e querendo assim incentivar o povo a continuarem, mas estes queriam até apedreja-los, quando Moises e Arão se prostam diante de Deus para interceder pelo povo, e quando Deus já estava ao ponto de executar a sentença de acordo com o que o próprio povo estava escolhendo, por se ‘rebelarem’ , Moises intercede ainda mais , confira nos versículos 13 ao 19 em Numeros 14, e  atentemos no que se baseia a intercessão de Moises, pedia o perdão de Deus para aquele ‘povo rebelde’ para que fosse ‘manifestado a Glória de Deus’, para à Glória de Deus e não apenas por causa da vida terrena apenas daquele povo, mas sim ‘pelo propósito de Deus’ , para que ‘os sinais de Deus’ , a nuvem e a coluna de fogo, que guiava aquele povo, continuasse a ser visto pelos demais povos para honra e glória de Deus, mas não tirando e sim aceitando a ‘autoridade de Deus’ a ‘Soberania de Deus’, pois sabia que não poderia ficar aquele povo sem a ‘devida punição de Deus’ em consequencia por ‘sua própria rebelião’ , e assim Deus atendendo a Moisés que o honrava, deu a resposta que temos no versículo em referência : “ O Senhor respondeu: "Eu os perdoei, conforme você pediu.Números 14:20 ”. Agora vamos ao ministério de Jesus ainda quando homem na terra junto à seus díscipulos, lhes estava falando sobre ‘a grande promessa de Deus’ , ‘a terra prometida’, só que agora já como ‘a Jerusalem Celestial’, ‘o novo’ , a ‘salvação da alma’, ‘a parte espiritual’, a ‘maravilhosa promessa’ pela Graça de Deus, a Vida Eterna junto à presença de Deus; e já havia afirmado que para isto acontecer era através Dele: “ Respondeu Jesus: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim. -João 14:6 “ mesmo assim sem entender, pediam para que lhes ‘mostrasse’ o Pai, mesmo estando Ele afirmando que quem o conhecesse conheceria também ao Pai, ainda assim pediam para ‘ver’  o Pai, sem se atentarem ao que Jesus já havia feito como ‘sinais, prodigios e maravilhas’ nem mesmo ao que  estava afirmando, e quando Jesus ensina mais uma vez nos versículos 11 a 13 de João 14, e atentemos que Jesus estava pedindo que confiassem, que ‘enxergassem’ os seus sinais, pois ali Ele mesmo já era ‘o sinal de Deus’, como a nuvem e a coluna de fogo antes que guiava o povo, era Ele que estava falando as Palavras de Deus para guiar o Povo  ‘ a Jerusalem Celestial’, de volta à Deus,  como já havia dito que era 'o CAMINHO, a VERDADE e a VIDA” ,  e o que diz é que quem crerem Nele faria as mesmas obras que Ele estava fazendo, vamos refletir aqui sobre ‘estas obras’ , tudo o que realizava era para confirmar a Presença de Deus, era com ‘o propósito’ de guiar o povo para à Vida Eterna, e isto que pede que viessem a fazer a mesma coisa, assim como Ele estava a pregar e anunciar o EVANGELHO DAS BOAS NOVAS DA SALVAÇÃO, que assim eles deveriam fazer, e que para isto, para ‘este propósito’ , tudo quanto pedissem em nome Dele, Ele faria, mas atentemos como o diz que seria “ para que o Pai seja glorificado no Filho “, ou seja para Glória de Deus,  exatamente como havia antes intercedido Moises, Jesus afirmava que não apenas por causa da vida terrena deles , mas sim ‘pelo propósito de Deus’, e que agora este ‘proposito, e a Glória à Deus ,  estava nele O Filho de Deus’ , por isto afirma  em seguida : “ O que vocês pedirem em meu nome, eu farei".João 14:14”. Até aqui no que estamos refletindo podemos observar que ‘tudo’ quanto pedirmos ao Pai, no mome do Filho’, nos será concedido, desde que esteja dentro do ‘propósito de Deus’, e  ‘para que seja glorificado Seu Nome’, ou seja mesmo para coisas terrenas, em nosso viver diário Deus nos atende sim, mas a ‘tudo seja glorificado o Seu Nome’, e nós sabemos que Deus é conhecedor de ‘todas as coisas’ , e muito bem sabe os que vier  a conceder alguma benção, se lhe glorificará ou não, bem como temos que nos atentar que se pedirmos alguma coisa que, estando nós na presença de Deus, e esta que pedimos possa a vir de alguma forma nos tirar de Sua presença, não nos será concedida; ou ainda , se por outra ‘causa’ por outros intercedendo no propósito de Deus, pode até nos ser concedida alguma petição , para Glória Dele, mas não significa a obtenção da Vida Eterna, e justamente pois ‘o propósito de Deus’ é que estejamos todos em Sua Presença, que sejamos ‘todos’ salvos para a Vida eterna!

Ainda mais temos  o que refletir, nestes capítulos, pois veja na sequencia do que Moisés pediu e foi atendido, o que continua falando  Deus,   onde refletindo com a intercessão anterior podemos ver que Moises reconhece que para desobediencia tem que haver punição, mas no caso daquele povo, estavam em desobediência até as ultimas consequencias, pois duvidavam de Deus, o afrontavam e queriam se afastar dele, ao ponto de terem dito antes: “ Por que o Senhor está nos trazendo para esta terra? Só para nos deixar cair à espada? Nossas mulheres e nossos filhos serão tomados como despojo de guerra. Não seria melhor voltar para o Egito? "-Números 14:3 ”, por isso Deus diz que faria conforme pediram, e não entrariam na ‘terra prometida’ e morreriam no deserto , exceto a Calebe e Josué, pois estes ficaram confiantes em Deus, mesmo vendo ‘os gigantes da terra’, lhes sobresaiu as ‘maravilhas’ da terra que era o que Deus havia prometido, e que para tomarem posse Deus seriam com eles, e teriam vitórias, veja quão confiança e fidelidade à Deus, irem até o fim, ( versículos 7 a 9 de Numeros 14) “  no entanto até apedreja-los queriam, mas Deus os tinha observado e a eles honraria, e somente eles dentre aquele povo herdadiam a terra,  mas vejamos como Deus é compassivo e para que Calebe e Josué permanecessem já ordena uma forma de não serem ali destruidos, pois lhes tiraria a proteção para terem vitória sobre o inimigo naquele momento,  em face de já ter determinado a sentença que os demais do povo havia ‘pedido’,  e também não mais observou quanto a ‘maldição da desobediência sobre seus descendentes’, quando disseram que “Nossas mulheres e nossos filhos serão tomados como despojo de guerra” ,  Deus pouparia a nova geração deles, no entanto até que eles próprios viessem a morrer  ali no deserto, os filhos teriam que ‘sofrer’ consequencias até chegarem a tomar pósse da terra prometida aos pais. Agora no relato do Evangelho segundo João ,  observemos os versículos 22 a 25.  Sabemos que somos chamados ‘filhos de Deus’ através de Jesus, quando ocorre o ‘arrependimento’ e, a  aceitação do sacrificio de Jesus por único e suficiente Salvador, assim obedencendo Seu mandar, pois bem ‘o mundo’ está em desobediência, mas os que se tornam ‘novas criaturas’, ‘filhos de Deus’, herdarão ‘a promessas’  qual seja ‘a posse na Jerusalem Celestial com Vida eterna’, no entanto enquanto permanecemops aqui nesta terra, estaremos sujeitos ainda aos seus ‘males’, mas como à Calebe e Josué, Deus nos dará ‘o escape’  em Jesus!

Vejamos ainda quanto a outra ‘lição que temos aqui quanto ao cumprir com o mandar,  esperar e confiar em Deus’ , sendo que podemos ver nos v.36 ao 38, de Numeros 14, que ‘os que espalham as Boas Novas de Deus  de forma  contrária a Seu querer, com ‘relatórios negativos’ ,  sofrem as consequências  junto à Deus, ainda mais depois que Jesus veio nos dar O EVANGELHO DAS BOAS NOVAS DA SALVAÇÃO, e , ainda vemos que realmente é graça sobre graça pois mesmo após ter consumado com seu Sacrificio ali na cruz a nossa Salvação para Vida Eterna,  ainda nos concede, cumpre em nós o que já houvera prometido durante Seu ministério como homem,  observemos quão maravilhosa é esta Graça de Deus sobre nós, que mesmo tendo vindo Jesus anunciar e consumar as BOAS NOVAS DA SALVAÇÃO, ainda nos concede de Seu próprio Espirito Santo para que sejamos lembrados delas, e estas da mesma forma como os que foram sondar a ‘terra prometida’ , delas temos que anunciar ‘com fé’ como BOAS NOVAS  DE DEUS e dar ‘um bom relatório’ sobre elas, da forma como dito e deixado escrito por Jesus, o que vem a confirmar os díscipulos, Apóstolos guiados pelo Espirito Santo que receberam , e não com ‘olhos carnais’ que acabam por distorcer e acabam por divulgar  ‘relatórios negativos’, e os que foresm responsáveis por estes más relatorios receberão de Deus conforme seus ‘pareceres’;  mas os que como Calebe e Josué  tiverem  “com outro espirito, contrário aos que viram ‘somente os gigantes, as dificuldades’  e seguir a Deus com integridade “ no que Deus dará o ‘escape contra os ‘inimigos terrenos’ que escontramos, seja de qual flexa que seja os lançados pelo maligno, pois  hoje  não mais ‘guerreamos contra carne e sangue, mas sim com o ‘espiritual’ , e, assim como à Calebe nos livrará hoje se estivermos ‘levando um relatório positivo’ qual seja as BOAS NOVAS DA SALVAÇÃO EM CRISTO JESUS, e ainda, por mais que tenha sido acrescentado neste ‘ coisas que nos pareçam dificeis de cumprir’ por se tratar da ‘parte espiritual que Jesus veio acrescer ao tira-nos do ‘jugo da lei’ , que saibamos devidamente anunciar ‘os escapes’ que Ele nos fornece em SEU EVANGELHO da forma como o pregara, realmente ‘confessando com nosso viver a fé da qual Jesus é autor e consumador’ assim vivendo de acordo com Seu Evangelho genuíno, em nada o alterando, e, nele permanecendo, termos sempre ‘um bom relatoório’ com nosso viver!

E outra lição nos fica ainda clara aqui, aquele povo ouvindo ‘estas palavras de Deus’ que Moises os anunciou, choraram amargamente como que arrependidos, mas veja que mesmo assim continuam desobedientes, pois Deus houvera dado ‘o escape’ para já não perecerem naquele momento, por causa do houvera prometido de que Calebe e Josué permaneceriam rumo ao ‘tomar’ posse da ‘terra prometida’, assim Deus anuncia que deveriam se desviar naquele momento de entrar em ‘batalha’ comtra o inimigos que os estavam à espreita, mas observemos o que ‘aquele povo’ novamente em desobediência à Deus, anunciam fazer o contrario do que foi ordenado por Deus, e novamente Moises volta a ‘alerta-los’ de que Deus não lhes dará a vitória, mas insistem e partem rumo a ‘derrota’.  Pois bem parecido para compararmos:  depois de ja ter dito, Moises volta a dizer depois que manifestaram ‘sua própria vontade’ , para que não o fizessem, e,  assim o temos hoje Jesus já deixou Seu Evangelho, da forma como devemos obedece-lo, e quando começamos a pensar ou agir diferente somos de uma forma ou outra ‘lembrados pelo Espirito Santo de Deus’ sobre o que Jesus já o disse, e temos oportunidade de nos voltarmos ao Evangelho genuíno de Jesus; agora vejamos a parte daquele povo que novamente em seguida veio a desobedecer desafiando ainda mais a Deus, foram vencidos ‘pelos inimigos’;   que não venhamos assim agir pois seremos ‘derrotados’ não seremos atendidos pór Deus,  e  lembremos que temos o ‘ maior escape’ , sendo  que temos até o Espirito Santo de Deus para do que Jesus disse nos lembrar ,dar dicernimento, nos ensinar;   e como prometeu, nos dá ‘o escape’ e  assim o cumpre: “  Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbem os seus corações, nem tenham medo. "Vocês me ouviram dizer: Vou, mas volto para vocês. Se vocês me amassem, ficariam contentes porque vou para o Pai, pois o Pai é maior do que eu.-João 14:27-28” .

Temos por promessa sermos atendidos em o nome de Jesus, e Nele encontraremos ‘escape’ , então que que vivamos em plena fé de que independentemente de ‘situações’ terrenas, podemos encontrar a paz em Jesus, não ficarmos amendrotados com ‘nada que nos venha como inimigos’ pois em Jesus teremos ‘as vitórias’, mas se assim não agirmos, se quisermos fazer ‘a luta com apenas nossas mão’ se ficarmos ‘olhando para os obstaculos como ‘gigantes’, dando assim aos demais um relatório contrário a vontade de Deus, ou o fazendo por causa de ‘conveniencias’ pessoais, e adulterando o Evangelho genuino que Jesus pregou,  não teremos nem benção, nem vitórias, muito menos   tomaremos posse da ‘promessa de Vida Eterna’ , pensemos nisto, pois o que realmente  importa é   alcançarmos a maior promessa que é tomar posse da terra prometida’, a ‘Jerusalem Celestial, ‘ a Vida Eterna só de gozo, paz e alegria junto à Deus, e assim devemos viver  dando nosso testemunho pessoal das BOAS NOVAS DA SALVAÇÃO EM CRISTO JESUS!  

 

Fica o link onde encontra-se na íntegra os capítulos em referencia hoje, pra reflexão e meditação

http://www.bibliaonline.com.br/nvi/nm/14

http://www.bibliaonline.com.br/nvi/jo/14

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; João 5: 39”

C O M P A R T I L H A R... isto é viver...é aprender...






Recomendo que clique no link indicado no final de cada postagem efetuada só com a introdução, para leitura integral do texto publicado na íntegra na folha CONTINUA.