Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

__________________VERSÍCULOS DO DIA ______________

E Jesus, clamando outra vez com grande voz, rendeu o espírito. Mateus27:50
E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras; Mateus27:51
>
- se preferir texto parado, pare o mouse sobre o versículo-

Abaixo publico algumas anotações sobre estes versículos.
Não deixe de ler as citações bíblicas, pois delas é que compartilho
* Deus nos abençoe *
***
*Faça a sua reflexão sobre estes versículos, pois DEUS quer falar diretamente com você, lembre-se que ELE te chama pelo seu nome e quer escrevê-lo e mantê-lo no Livro da Vida Eterna.*
***

(Se necessário, ATUALIZE A FOLHA PARA VISUALIZAR AS ANOTAÇÕES DOS VERSÍCULOS DE HOJE
http://wwwcompartilhar.blogspot.com/


quinta-feira, 15 de março de 2012

Versículos do dia: tomar posse de promessa já cumprida por Deus!

 

 

images (36)

Technorati Marcas:

Não é Efraim o meu filho querido? O filho em quem tenho prazer? Cada vez que eu falo sobre ele, mais intensamente me lembro dele. Por isso o meu coração por ele anseia; tenho por ele grande compaixão", declara o Senhor.Jeremias 31:20

Portanto, isso não depende do desejo ou do esforço humano, mas da misericórdia de Deus.Romanos 9:16

 

Jeremias 31:1-40

"Naquele tempo", diz o Senhor, "serei o Deus de todas as famílias de Israel, e eles serão o meu povo. "
Assim diz o Senhor: "O povo que escapou da morte achou favor no deserto". Quando Israel buscava descanso,
o Senhor lhe apareceu no passado, dizendo: "Eu a amei com amor eterno; com amor leal a atrai.
Eu a edificarei mais uma vez, ó virgem, Israel!
Você será reconstruída! Mais uma vez você se enfeitará com guizos e sairá dançando com os que se alegram.
De novo você plantará videiras nas colinas de Samaria; videiras que os lavradores que as tinham plantado antes profanaram.
Porque vai chegando o dia em que os sentinelas gritarão nas colinas de Efraim: ‘Venham e subamos a Sião, à presença do Senhor, do nosso Deus’ ".
Assim diz o Senhor: "Cantem de alegria por causa de Jacó; gritem, exaltando a principal das nações! Proclamem e dêem louvores dizendo: ‘O Senhor salvou o seu povo, o remanescente de Israel’.
Vejam, eu os trarei da terra do norte e os reunirei dos confins da terra. Entre eles estarão o cego e o aleijado, mulheres grávidas e em trabalho de parto; uma grande multidão voltará.
Voltarão com choro, mas eu os conduzirei em consolações. Eu os conduzirei às correntes de água por um caminho plano, onde não tropeçarão, porque sou pai para Israel e Efraim é o meu filho mais velho.
"Ouçam a palavra do Senhor, ó nações, e proclamem nas ilhas distantes: ‘Aquele que dispersou Israel os reunirá e, como pastor, vigiará o seu rebanho’.
O Senhor resgatou Jacó e o libertou das mãos do que é mais forte do que ele.
Eles virão e cantarão de alegria nos altos de Sião; ficarão radiantes de alegria pelos muitos bens dados pelo Senhor: o cereal, o vinho novo, o azeite puro, as crias das ovelhas e das vacas. Serão como um jardim bem regado, e não mais se entristecerão.
Então as moças dançarão de alegria, como também os jovens e os velhos. Transformarei o lamento deles em júbilo; eu lhes darei consolo e alegria em vez de tristeza.
Satisfarei os sacerdotes com fartura; e o meu povo será saciado pela minha bondade", declara o Senhor.
Assim diz o Senhor: "Ouve-se uma voz em Ramá, pranto e amargo choro; é Raquel que chora por seus filhos e recusa ser consolada, porque os seus filhos já não existem".
Assim diz o Senhor: "Contenha o seu choro e as suas lágrimas, pois o seu sofrimento será recompensado", declara o Senhor. "Eles voltarão da terra do inimigo.
Por isso há esperança para o seu futuro", declara o Senhor. "Seus filhos voltarão para a sua pátria.
"Ouvi claramente Efraim lamentando-se
: ‘Tu me disciplinaste como a um bezerro indomado, e fui disciplinado. Traze-me de volta, e voltarei, porque tu és o Senhor, o meu Deus.
De fato, depois de desviar-me, eu me arrependi; depois que entendi, bati no meu peito. Estou envergonhado e humilhado porque trago sobre mim a desgraça da minha juventude’.
Não é Efraim o meu filho querido? O filho em quem tenho prazer? Cada vez que eu falo sobre ele, mais intensamente me lembro dele. Por isso o meu coração por ele anseia; tenho por ele grande compaixão", declara o Senhor.
"Coloque marcos e ponha sinais nas estradas, Preste atenção no caminho que você trilhou. Volte, ó Virgem, Israel! Volte para as suas cidades.
Até quando você vagará, ó filha rebelde? O Senhor criou algo novo nesta terra: uma mulher abraça um guerreiro. "
Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: "Quando eu os trouxer de volta do cativeiro, o povo de Judá e de suas cidades dirá novamente: ‘O Senhor a abençoe, ó morada justa, ó monte sagrado’.
O povo viverá em Judá e em todas as suas cidades, tanto os lavradores como os que conduzem os rebanhos.
Restaurarei o exausto e saciarei o enfraquecido".
Então acordei e olhei em redor. Meu sono tinha sido agradável.
"Virão dias", diz o Senhor,
"em que semearei na comunidade de Israel e na comunidade de Judá homens e animais.
Assim como os vigiei para arrancar e despedaçar, para derrubar, destruir e trazer a desgraça, também os vigiarei para edificar e plantar", declara o Senhor.
"Naqueles dias não se dirá mais: ‘Os pais comeram uvas verdes, e os dentes dos filhos se mancharam’. 
Ao contrário, cada um morrerá por causa do seu próprio pecado. Os dentes de todo aquele que comer uvas verdes se mancharam.
"Estão chegando os dias", declara o Senhor, "quando farei uma nova aliança com a comunidade de Israel e com a comunidade de Judá".
"Não será como a aliança que fiz com os seus antepassados quando os tomei pela mão para tira-los do Egito; porque quebraram a minha aliança, apesar de eu ser o Senhor deles", diz o Senhor.
"Esta é a aliança que farei com a comunidade de Israel depois daqueles dias", declara o Senhor: "Porei a minha lei no íntimo deles e a escreverei nos seus corações. Serei o Deus deles, e eles serão o meu povo.
Ninguém mais ensinará ao seu próximo nem ao seu irmão, dizendo: ‘Conheça ao Senhor’, porque todos eles me conhecerão, desde o menor até o maior", diz o Senhor. "Porque eu lhes perdoarei a maldade e não me lembrarei mais dos seus pecados. "
Assim diz o Senhor, aquele que designou o sol para brilhar de dia, que decretou que a lua e as estrelas brilhem de noite, que agita o mar para que as suas ondas rujam; o seu nome é o Senhor dos Exércitos:
"Somente se esses decretos desaparecerem de diante de mim", declara o Senhor, "deixarão os descendentes de Israel de ser uma nação diante de mim para sempre".
Assim diz o Senhor: "Se os céus em cima puderem ser medidos, e os alicerces da terra embaixo puderem ser sondados, então eu rejeitarei os descendentes de Israel, por causa de tudo o que eles têm feito", diz o Senhor.
"Estão chegando os dias", declara o Senhor, "em que esta cidade será reconstruída para o Senhor, desde a torre de Hananeel até à porta da Esquina.
A corda de medir será estendida diretamente até a colina de Garebe, indo na direção de Goa.
Todo o vale, onde cadáveres e cinzas são jogados, e todos os terraços que dão para o vale do Cedrom a leste, até a esquina da porta dos Cavalos, serão consagrados ao Senhor. A cidade nunca mais será arrasada ou destruída. "

-   Quão Maravilhosas são as promessas de Deus neste trecho do profeta Jeremias,  e diz Deus:   "Naquele tempo", diz o Senhor, "serei o Deus de todas as famílias de Israel, e eles serão o meu povo. "  e se atentarmos bem a este  capítulo podemos ver que estas maravilhas de promessas, são para nós. Acordemos! Tudo Deus já realizou! Pois  ‘aquele tempo’ dito ali é justamente o ‘tempo da Graça de Deus’  através do sacrificio de Jesus, bem como do derramamento do Espirito Santo sobre a vida de quem aceitar esta Graça de Deus, e nela viver observando agora o Novo Testamento, o que ali nesta profecia já referido a Nova e Eterna Aliança de Deus para conosco. E o estamos vivendo desta forma? não precisamos refletir muito e veremos que isto não está ocorrendo, mas então porque ? se Deus já o realizou, já liberou esta promessa, já esta cumprido; alguns pode até pensar que por causa do pecado que tanto aumentou, mas vejamos mais atentamente o que diz esta mesma profecia quando Deus se refere a Efraim, pois bem se fomos buscar nas Escrituras Sagradas, veremos que Efraim estava assolada por tantos pecados, e mesmo assim Deus Diz:  “Não é Efraim o meu filho querido? O filho em quem tenho prazer? Cada vez que eu falo sobre ele, mais intensamente me lembro dele. Por isso o meu coração por ele anseia; tenho por ele grande compaixão", declara o Senhor.”, podemos sem duvidas, nos colocarmos como a Efraim, um ‘filho querido para Deus’, ‘um filho que deve dar prazer ao Pai’, ‘um filho de quem Deus se lembra sempre’, veja  ‘Deus anseia por nós!’, sim teve compaixão de nós, nos deu seu próprio filho Jesus por sacrificio por nós, para de vez  nos perdoar e purificar dos pecados. E atentemos bem que toda esta profecia era dita para o próprio povo já separado por Deus; mas atentemos bem para o ‘grande detalhe’ que faz toda a diferença para que Deus tenha assim se referido a Efraim, é a ‘chave da questão’ do porque não estamos presenciando todo este cumprimento da promessa, ou melhor, motivo pelo qual  muitos e muitos não tomaram posse dela, pois já fora cumprida, atentemos bem como houve um verdadeiro arrependimento de Efraim quanto a seus maus caminhos anteriores ao que Deus esteve atento: “ "Ouvi claramente Efraim lamentando-se: ‘Tu me disciplinaste como a um bezerro indomado, e fui disciplinado. Traze-me de volta, e voltarei, porque tu és o Senhor, o meu Deus. De fato, depois de desviar-me, eu me arrependi; depois que entendi, bati no meu peito. Estou envergonhado e humilhado porque trago sobre mim a desgraça da minha juventude’. , pois bem esta havendo verdadeira  disciplina entre os que já foram disciplinados pelo Evangelho genuíno de Jesus?  meditemos… e atentemos ainda que a Graça de Deus nos veio por causa de suas misericórdias pelo homem!

Se observarmos a época em que Jesus esteve na terra pregando o Evangelho das Boas Novas da Salvação, o quanto era contradito e perseguido pelo próprio povo a quem fora dito muitas profecias sobre a sua vinda, quanta falta de entendimento havia das Escrituras que já tinham para ser ensinada nas sinagogas, ou ainda, o era encoberto devido a falta de capacidade do homem em cumpri-las, ou pior ainda por causa do próprio interesse pessoal de quem as ensinava, mas vejamos que isto fora ‘aliviado’ por Jesus, pois estava a dar o verdadeiro ‘ensinamento’ , este qual hoje nos é discernido pelo próprio Espirito Santo de Deus, quanto ao não cumprir aquela lei, Jesus a cumpriu e tirou de sobre o homem este ‘jugo’, e hoje vivemos debaixo da Graça de Deus, isto porque por causa de suas misericórdias que não tem fim! “ Portanto, isso não depende do desejo ou do esforço humano, mas da misericórdia de Deus”  não que fora tirado o dever de obediência, no entanto não mais na ‘lei’ mas sim de acordo com o Amor trazido por Jesus e acrescido com o ‘espiritual’ , e ainda O  temos constantemente por ‘intercessor’ e até mesmo como um ‘advogado’ perante Deus, o que mais queremos? é, mas fica a parte do ‘interesse pessoal’ , e este que é o perigo, é querermos a nossa vontade, nossos desejos, nossos deleites, e não cumprir com a vontade de Deus, então pois como poderemos por Ele ser dito ‘meu filho que me dá prazer?’ . Mas como aquele povo,  na época de Jesus ainda como homem, tinham já suas próprias  ‘tradições’  por isto muitos contradizia, e os líderes até perseguia à  Jesus, e estando assim firmadas as famílias, que na época era de verdadeiro vínculo, como alguém teria coragem de ir ao contrário para seguir Jesus? mais fácil era lhe perseguir! Mas vejamos o grande exemplo do Apostolo Paulo que era um dos maiores perseguidores, de própria vontade mesmo, dos discípulos de Jesus, e fora por Jesus  tocado e chamado, tendo o obedecido, que nos fique de exemplo,  como lhe foi muito difícil contradizer a partir dai os seus próprios  compatriotas, com os quais antes se achava em total razão, mas a tudo enfrentou por Jesus,  pois pelo próprio Jesus lhe veio todo o entendimento das Escrituras. Atentemos bem a esta questão, devido a tanta ‘mistura’ que vemos hoje em dia com relação ao Evangelho de Jesus e com costumes da ‘lei’,  que por Ele fora anulada toda a sentença que nesta ‘lei’ havia;  creio que foram muito poucos os que seguiram o exemplo de Paulo…; e ainda pior, que como naquela época havia os que não estavam ao meio do povo de Deus e tinham seus próprios deuses inventados por este, e o povo de Deus com eles se contaminavam, observemos quão grande contaminação ainda existe hoje da mesma forma, sendo que Jesus viera ao povo de Deus como o Messias, mas por tamanha compaixão seu sacrificio foi por todos os povos, por tantos quantos a Ele aceitarem por Salvador em arrependimento de seus maus caminhos e   quiserem segui-lo rumo à VIDA eterna.

DEUS é Criador, Justo, Verdadeiro, de tudo anuncia antes, quer que ‘todos sejam salvos’ , mas o homem continua em ‘suas tradições’, ‘seus costumes’, ‘se contaminando com deuses falsos’ (a mentira do enganoso satanás), Deus já desvendou esta ‘mentira’, já nos enviou a Luz para nos tirar das ‘trevas malignas’ , mas o homem permanece querendo ‘seus deleites carnais’, ‘seus próprios interesses em satisfação ao viver terreno’, e , Deus permanece Amoroso e Compassivo aguarda para que como a Efraim nos possa dizer  : “ …o meu filho querido! O filho em quem tenho prazer! Cada vez que eu falo sobre ele, mais intensamente me lembro dele. Por isso o meu coração por ele anseia; tenho por ele grande compaixão!, e ainda há quem ache Deus injusto! _“ Mas quem é você, ó homem, para questionar a Deus? "Acaso aquilo que é formado pode dizer ao que o formou: ‘Por que me fizeste assim? ’_ mas Deus é Misericordioso nos deu Jesus por causa de suas misericórdias e totalmente por sua Graça, no entanto devido ‘ao homem’ achar que pode ser ‘auto-suficiente’ para suas tradições, desejos e prazeres, esta Graça que está em Jesus que veio para ser  como ROCHA a nos firmarmos na presença Santa de Deus, acaba para muitos sendo uma ‘pedra de tropeço’, pois somente Jesus é o CAMINHO que tem a VERDADE que nos conduz a VIDA Eterna junto à Deus, assim quem não o quer aceitar acaba por nEle tropeçar para cair e ficar fora do único Caminho que leva à Deus! 

Digo a verdade em Cristo, não minto; minha consciência o confirma no Espírito Santo:
tenho grande tristeza e constante angústia em meu coração.
Pois eu até desejaria ser amaldiçoado e separado de Cristo por amor de meus irmãos, os de minha raça,
o povo de Israel. Deles é a adoção de filhos; deles é a glória divina, as alianças, a concessão da lei, a adoração no templo e as promessas.
Deles são os patriarcas, e a partir deles se traça a linhagem humana de Cristo, que é Deus acima de tudo, bendito para sempre! Amém.
Não pensemos que a palavra de Deus falhou. Pois nem todos os descendentes de Israel são Israel.
Nem por serem descendentes de Abraão passaram todos a ser filhos de Abraão. Pelo contrário: "Por meio de Isaque a sua descendência será considerada".
Noutras palavras, não são os filhos naturais que são filhos de Deus, mas os filhos da promessa é que são considerados descendência de Abraão.
Pois foi assim que a promessa foi feita: "no tempo devido virei novamente, e Sara terá um filho".
E esse não foi o único caso; também os filhos de Rebeca tiveram um mesmo pai, nosso pai Isaque.
Todavia, antes que os gêmeos nascessem ou fizessem qualquer coisa boa ou má — a fim de que o propósito de Deus conforme a eleição permanecesse,
não por obras, mas por aquele que chama — foi dito a ela: "O mais velho servirá ao mais novo".
Como está escrito: "Amei Jacó, mas rejeitei Esaú".
E então, que diremos? Acaso Deus é injusto? De maneira nenhuma!
Pois ele diz a Moisés: "Terei misericórdia de quem eu quiser ter misericórdia e terei compaixão de quem eu quiser ter compaixão".
Portanto, isso não depende do desejo ou do esforço humano, mas da misericórdia de Deus.
Pois a Escritura diz ao faraó: "Eu o levantei exatamente com este propósito: mostrar em você o meu poder, e para que o meu nome seja proclamado em toda a terra".
Portanto, Deus tem misericórdia de quem ele quer, e endurece a quem ele quer.
Mas algum de vocês me dirá: "Então, por que Deus ainda nos culpa? Pois, quem resiste à sua vontade? "
Mas quem é você, ó homem, para questionar a Deus? "Acaso aquilo que é formado pode dizer ao que o formou: ‘Por que me fizeste assim? ’ "
O oleiro não tem direito de fazer do mesmo barro um vaso para fins nobres e outro para uso desonroso?
E se Deus, querendo mostrar a sua ira e tornar conhecido o seu poder, suportou com grande paciência os vasos de sua ira, preparados para destruição?
Que dizer, se ele fez isto para tornar conhecidas as riquezas de sua glória aos vasos de sua misericórdia, que preparou de antemão para glória,
ou seja, a nós, a quem também chamou, não apenas dentre os judeus, mas também dentre os gentios?
Como ele diz em Oséias: "Chamarei ‘meu povo’ a quem não é meu povo; e chamarei ‘minha amada’ a quem não é minha amada",
e: "Acontecerá que, no mesmo lugar em que se lhes declarou: ‘Vocês não são meu povo’, eles serão chamados ‘filhos do Deus vivo’. "
Isaías exclama com relação a Israel: "Embora o número dos israelitas seja como a areia do mar, apenas o remanescente será salvo.
Pois o Senhor executará na terra a sua sentença, rápida e definitivamente".
Como anteriormente disse Isaías: "Se o Senhor dos Exércitos não nos tivesse deixado descendentes, já estaríamos como Sodoma, e semelhantes a Gomorra".
Que diremos, então? Os gentios, que não buscavam justiça, a obtiveram, uma justiça que vem da fé;
mas Israel, que buscava uma lei que trouxesse justiça, não a alcançou.
Por que não? Porque não a buscava pela fé, mas como se fosse por obras. Eles tropeçaram na "pedra de tropeço".
Como está escrito: "Eis que ponho em Sião uma pedra de tropeço e uma rocha que faz cair; e aquele que nela confia jamais será envergonhado".
Romanos 9:1-33

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; João 5: 39”

C O M P A R T I L H A R... isto é viver...é aprender...






Recomendo que clique no link indicado no final de cada postagem efetuada só com a introdução, para leitura integral do texto publicado na íntegra na folha CONTINUA.