Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

__________________VERSÍCULOS DO DIA ______________

E, tecendo uma coroa de espinhos, puseram-lha na cabeça, e em sua mão direita uma cana; e, ajoelhando diante dele, o escarneciam, dizendo: Salve, Rei dos judeus. Mateus27:29
E, havendo-o crucificado, repartiram as suas vestes, lançando sortes, para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta: Repartiram entre si as minhas vestes, e sobre a minha túnica lançaram sortes. Mateus 27:35
>
- se preferir texto parado, pare o mouse sobre o versículo-

Abaixo publico algumas anotações sobre estes versículos.
Não deixe de ler as citações bíblicas, pois delas é que compartilho
* Deus nos abençoe *
***
*Faça a sua reflexão sobre estes versículos, pois DEUS quer falar diretamente com você, lembre-se que ELE te chama pelo seu nome e quer escrevê-lo e mantê-lo no Livro da Vida Eterna.*
***

(Se necessário, ATUALIZE A FOLHA PARA VISUALIZAR AS ANOTAÇÕES DOS VERSÍCULOS DE HOJE
http://wwwcompartilhar.blogspot.com/


sexta-feira, 20 de abril de 2018

Aliança de Deus para com o homem -79- Vontade de Jesus que nos reunamos em 'igreja’ (2)- juntos formamos a igreja



E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.
Mateus 16:19

Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.
Mateus 18:15-20







Estamos vivendo na Graça de Deus, e não mais há um templo onde se oferecer sacrifícios, pois o Único Sacrifício agradável e aceitável a Deus para nossa purificação foi o de Jesus na cruz, onde fora derramado seu sangue para remissão de nossos pecados, momento no qual fora rasgado o véu de separação que havia no templo
E como vimos ontem sobre Pedro com a revelação divina Jesus disse que edificaria sua igreja, e assim somos nós igreja quando temos a revelação da Palavra da Verdade de Deus, quando nos convertemos a Jesus e recebemos o Espirito Santo de Deus em nós, não havendo mais véu de separação.

E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus.
Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;
E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.
Mateus 16:17-19

E vemos que Jesus disse ‘sobre esta pedra edificarei a minha igreja’ , sim primeiramente como havia já dito em outra ocasião, que em três dias edificaria o templo que destruiria, voltado ao santuário de seu próprio corpo que seria ressuscitado no terceiro dia,

Jesus respondeu, e disse-lhes: Derribai este templo, e em três dias o levantarei.
Disseram, pois, os judeus: Em quarenta e seis anos foi edificado este templo, e tu o levantarás em três dias?
Mas ele falava do templo do seu corpo.
Quando, pois, ressuscitou dentre os mortos, os seus discípulos lembraram-se de que lhes dissera isto; e creram na Escritura, e na palavra que Jesus tinha dito.
João 2:19-22

E a este Santuário temos nós acesso através do Espirito Santo que em nós habita, sendo nós seu templo, e assim como prometido por Jesus é conosco até a consumação dos séculos.

Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.
Mateus 28:19,20

Mas atentemos que dissera que ‘ sobre esta pedra edificarei a minha igreja’ , aqui já podemos ver também como uma edificação com a revelação da Verdade de Deus, um edificar como a um edifício; como fundar , e sobre ‘a pedra’ que sabemos ser Ele, Jesus, a Pedra Principal, designando Pedro para ficar então na terra como ‘lider’ da igreja primitiva que estava sendo fundada; que através dele induziria a igreja ao bem e a virtude, já como igreja onde se reuniria os convertidos, mas que seriam edificados em Jesus como um todo.

Se atentarmos ao ministério de Jesus Ele já doutrinava seus discípulos em reuniões como sendo uma ‘igreja’ onde Ele era o Mestre, e nos é até os dias de hoje e eternamente, e os edificava para o bem e já os enviava para evangelizar e sempre de dois em dois, o que nos demonstra a importância de estarmos juntos como igreja

E depois disto designou o Senhor ainda outros setenta, e mandou-os adiante da sua face, de dois em dois, a todas as cidades e lugares aonde ele havia de ir.
E dizia-lhes: Grande é, em verdade, a seara, mas os obreiros são poucos; rogai, pois, ao Senhor da seara que envie obreiros para a sua seara.
Lucas 10:1,2

Atentemos que diz sobre a seara, seria uma plantação da semente da Verdade de Deus que seriam germinadas nos corações das pessoas, e para tanto necessário são os obreiros, os trabalhadores, os cooperadores para o mesmo fim útil ao Reino dos Céus, que é encaminhar almas a Jesus; já como igreja num conjunto de obreiros, pois até o diz que necessário era rogar a Deus para enviar mais trabalhadores para a seara. Deu para entender a necessidade de estarmos reunidos, juntos como igreja a serviço de Cristo, que Ele mesmo nos pede para interceder a Deus por isto. E vejamos como era a volta daqueles evangelistas,

E voltaram os setenta com alegria, dizendo: Senhor, pelo teu nome, até os demônios se nos sujeitam.
E disse-lhes: Eu via Satanás, como raio, cair do céu.
Eis que vos dou poder para pisar serpentes e escorpiões, e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum.
Mas, não vos alegreis porque se vos sujeitem os espíritos; alegrai-vos antes por estarem os vossos nomes escritos nos céus.
Lucas 10:17-20

Atentemos que trabalhar para Cristo em conjunto como igreja nos causa alegria, e assim que devemos nos reunir e trabalhar para o reino: em alegria, mas Jesus nos diz que a maior alegria nos deve ser o fato de termos nossos nomes arrolados nos céus. Termos a salvação para vida eterna em Cristo Jesus, Único e Suficiente Salvador, sermos primeiramente ‘igreja’ individual para formarmos a igreja num todo, pois o fato de estar numa igreja de frequentar uma igreja não salva ninguém, mas nos deve ser prazeroso o ajuntamento dos salvos.

Alegrei-me quando me disseram: Vamos á casa do SENHOR.
Salmos 122:1,1

Uma outra passagem que nos mostra que Jesus já se referia a igreja como o ajuntamento de convertidos, e que sobre estes tinha também a autoridade de avaliar a conduta de uma pessoa pecadora, é quando Jesus ensina como tratar um irmão que pecar contra outro,

Ora, se teu irmão pecar contra ti, vai, e repreende-o entre ti e ele só; se te ouvir, ganhaste a teu irmão;
Mas, se não te ouvir, leva ainda contigo um ou dois, para que pela boca de duas ou três testemunhas toda a palavra seja confirmada.
E, se não as escutar, dize-o à igreja; e, se também não escutar a igreja, considera-o como um gentio e publicano.
Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na terra será ligado no céu, e tudo o que desligardes na terra será desligado no céu.
Também vos digo que, se dois de vós concordarem na terra acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos céus.
Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.
Mateus 18:15-20

Vejamos que primeiramente nós, como ‘igreja’ pessoal, devemos tentar resolver nossas desavenças entre nós mesmos, primeiramente individualmente, se não resolver com mais duas ou três testemunhas, se ainda assim não resolver ai sim levar ao conhecimento da igreja como um todo, atentemos a importância que Jesus dava a igreja reunida.
Agora atentemos ao que disse a Pedro inicialmente: E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus (Mateus 16:19); vejamos como aqui neste texto supra Ele nos esclarece esta questão, que as chaves do reino dos céus para ligar e desligar coisas no céu é dado sobre a igreja como um todo, pois acrescenta que onde estiverem dois ou três reunidos em Nome Dele, ai estará Ele no meio destes, pois sim ‘a chave’ é ter Jesus ao nosso meio, pois sabemos que Ele além de deter a chave é também a porta de passagem para o reino dos céus, e nós obtemos então a chave clamando em Nome de Jesus.
Agora vejamos porque Ele disse que a daria a Pedro, pois o estava designando como ‘líder’ na igreja como um todo depois que Ele, Jesus, se retirasse do meio deles, pois sabia que com Pedro a frente a igreja se firmaria.
E a qualquer ajuntamento de pessoas nesta terra se faz necessário que alguém tome a frente, esteja na liderança para conduzir a todos no mesmo parecer de objetivo a que se reúnem, e assim é constituído nas igrejas sempre uma liderança. E nisto que estejamos muito vigilantes pois quem levanta um líder para igreja é Jesus, à Ele deve sempre o direcionamento, pois Ele é quem nos conhece desde o principio, assim como já houvera designado Pedro desde quando o viu pela primeira vez, pois já o conhecia, e lhe acrescenta este nome ao que já tinha, Simão.
E uma passagem que nos mostra bem claramente de que designou Pedro para guiar a igreja foi quando já ressurreto interroga Pedro sobre seu amor e fidelidade, o fazendo inclusive se lembrar das três vezes que negou a Jesus. Entendamos aqui que sem o Espirito Santo de Deus e exercitando muito amor jamais temos capacidade de sermos igreja, muito menos de estarmos a frente do trabalho em qualquer liderança desta.

E, depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes? E ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros.
Tornou a dizer-lhe segunda vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Disse-lhe: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.
Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.
João 21:15-17

E Jesus ordena a Pedro que apascentasse suas ovelhas, que estivesse a frente ordenando, guiando sempre em sua doutrina.

Estamos vendo que Jesus em seu ministério ainda como homem e Mestre de seus discípulos, já houvera os doutrinados para viverem como igreja reunidos, pois sim nos faria ‘templo, morada do Espirito Santo de Deus’ individualmente, mas era de sua vontade que vivêssemos juntos como igreja num todo, e assim estaria no meio de nós, exatamente como o modelo que era Ele com seus discípulos.

Vejamos outra passagem que Jesus nos deixa claro que é de sua vontade que nos reunamos como igreja para estarmos sempre juntos lembrando do que significa o Seu Sacrifício na Cruz, estarmos vivendo juntos a mensagem da cruz, o selo da Nova e Eterna Aliança de Deus para conosco no sangue derramado na cruz, por isso na ceia, com todos discípulos reunidos, ao partir o pão, pediu que depois o fizessem em memória Dele, uma cerimonia espiritual de grande significado e importância para a igreja, que deve ser realizada pois a mando de Jesus; mas também podemos ver tendo o exemplo de uma pratica diária com o ‘partir, compartilhar, do Pão da Vida, da Palavra da Verdade de Deus’ reunidos.

Tomou em seguida o pão e depois de ter dado graças, partiu-o e deu-lho, dizendo: Isto é o meu corpo, que é dado por vós; fazei isto em memória de mim.
Do mesmo modo tomou também o cálice, depois de cear, dizendo: Este cálice é a Nova Aliança em meu sangue, que é derramado por vós...
Lucas 22:19,20

Observemos que Jesus junto a seus discípulos dá graças, ou seja ora a Deus, em seguida pregando que aquele pão significava seu corpo e o que em breve viria acontecer, que se entregaria para salvação do homem, a mensagem da cruz que devemos nós pregar. Nesta ocasião Jesus também canta um hino junto com os discípulos, isto significa que era costume deles o fazerem quando se reuniam, ficando como um exemplo de atitudes que devemos ter quando nos reunimos como igreja, a qual Deus já houvera dito que seria casa de oração e isto em reuniões alegres de salvos pelo sacrifício de Jesus na cruz, que ai sim oferecem sacríficos de louvor, de graças, com coração quebrantado.

E, tendo cantado o hino, saíram para o Monte das Oliveiras.
Mateus 26:30

Também os levarei ao meu santo monte, e os alegrarei na minha casa de oração; os seus holocaustos e os seus sacrifícios serão aceitos no meu altar; porque a minha casa será chamada casa de oração para todos os povos.
Assim diz o Senhor DEUS, que congrega os dispersos de Israel: Ainda ajuntarei outros aos que já se lhe ajuntaram.
Isaías 56:7,8

Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.
Salmos 51:17

Estamos vendo que é da vontade de Jesus que nos reunamos como igreja, Ele próprio fundou a igreja, e como iria voltar ao céu, encarregou Pedro para estar a frente deste ‘trabalho’ aqui na terra para pregar o Reino dos céus e em angariar almas para o reino dos céus bem como para ordenar suas reuniões.
E de tudo os instruía no principio de sua doutrina, pois viviam juntos e foram inúmeras ocasiões onde lhes pode ensinar mesmo que não conste dos quatro evangelhos que ficaram registrados, mas veremos que todos os demais livros do Novo Testamento, orientados pelo Espirito Santo, se referem a igreja, são cartas direcionadas as igrejas, são relatos e doutrinas dos Apóstolos que diretamente aprenderam com Jesus, demonstrando sim que é a vontade de Jesus que assim vivamos reunidos em igreja. E veremos um pouco sobre isto na postagem de amanhã, que acompanhemos pois nos mostra o ‘edificar’ que Jesus requer de nós.

Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união.
É como o óleo precioso sobre a cabeça, que desce sobre a barba, a barba de Arão, e que desce à orla das suas vestes.
Como o orvalho de Hermom, e como o que desce sobre os montes de Sião, porque ali o Senhor ordena a bênção e a vida para sempre.
Salmos 133:1-3

Portanto cada um de nós agrade ao seu próximo no que é bom para edificação.
Romanos 15:2
(…)
Ora, o Deus de paciência e consolação vos conceda o mesmo sentimento uns para com os outros, segundo Cristo Jesus,
Para que concordes, a uma boca, glorifiqueis ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo.
Portanto recebei-vos uns aos outros, como também Cristo nos recebeu para glória de Deus.
Romanos 15:5-7
(…)
Ora o Deus de esperança vos encha de todo o gozo e paz em crença, para que abundeis em esperança pela virtude do Espírito Santo.
Romanos 15:13





Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; João 5: 39”

C O M P A R T I L H A R... isto é viver...é aprender...






Recomendo que clique no link indicado no final de cada postagem efetuada só com a introdução, para leitura integral do texto publicado na íntegra na folha CONTINUA.