Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

__________________VERSÍCULOS DO DIA ______________

Houve um homem, pai de família, que plantou uma vinha, e circundou-a de um valado, e construiu nela um lagar, e edificou uma torre, e arrendou-a a uns lavradores, e ausentou-se para longe. Mateus21:33
O meu amado tem uma vinha num outeiro fértil. E cercou-a, e limpando-a das pedras, plantou-a de excelentes vides; e edificou no meio dela uma torre, e também construiu nela um lagar; e esperava que desse uvas boas, porém deu uvas bravas. Isaías5:1,2
>
- se preferir texto parado, pare o mouse sobre o versículo-

Abaixo publico algumas anotações sobre estes versículos.
Não deixe de ler as citações bíblicas, pois delas é que compartilho
* Deus nos abençoe *
***
*Faça a sua reflexão sobre estes versículos, pois DEUS quer falar diretamente com você, lembre-se que ELE te chama pelo seu nome e quer escrevê-lo e mantê-lo no Livro da Vida Eterna.*
***

(Se necessário, ATUALIZE A FOLHA PARA VISUALIZAR AS ANOTAÇÕES DOS VERSÍCULOS DE HOJE
http://wwwcompartilhar.blogspot.com/


quinta-feira, 1 de março de 2012

Versículos do dia: verdadeira adoração à DEUS, e doutrina de JESUS, para ‘plenitude de Vida’. Pois tudo o que Deus criou é bom …

 

 

images (45)

Technorati Marcas:

 

 

Dos seus aposentos celestes ele rega os montes; sacia-se a terra com o fruto das tuas obras!Salmos 104:13

Pois tudo o que Deus criou é bom, e nada deve ser rejeitado, se for recebido com ação de graças,1 Timóteo 4:4

 

Deus é Perfeito, tudo quanto criara é completo para seu viver, toda a natureza e o que nela há o reconhece e espera por seu provento, e de tudo quanto criara o homem é sua principal feitura, é no qual colocou a sua semelhança, o seu amor, pelo qual tem cuidados ainda maiores, tanto que deu ao homem o domínio sobre tudo quanto criou, e de tudo para que o homem se deleitasse, mas o homem desobedeceu a Deus, e acabou dEle sendo afastado, e tamanha a distância que ficou entre o homem e  Deus, que foi o homem nas gerações se esquecendo do imensurável amor de seu Deus, deixando de observar o que tinha a seu favor, ficando-lhe um vazio em seu ser, mas Deus a tudo observara, e vendo que o homem assim ‘fragilizado’ estava suscetível cada vez mais a influencia do maligno, que não pode o abandonar, nunca desistiu do homem, e assim como não havia mais como falar ao homem , pois até a seus profetas guiados por Seu próprio Espirito o homem não dava ouvidos, vem e dá a maior prova de Amor ao homem, saindo de Sua Glória nos envia a Jesus, Seu Filho Amado, para pessoalmente falar ao homem, novamente lhe mostrar as Boas Novas da Salvação, para que voltasse a ter uma vida abundante em Sua presença; e  mesmo  tendo Seu Filho, Jesus, cumprido com todo o Seu propósito, entregado sua própria vida pela vida do homem, em prova de um amor imensurável, sendo que seu sangue derramado em sacrifício para resgate da alma do homem das trevas malignas, purificando-o em seus já tão impregnados pecados, para que estivesse, mesmo ainda vivendo em uma passagem nesta terra, a oportunidade de estar novamente na Santa Presença de Deus, que já recebe ao homem como ‘filhos’, lhes devolvendo o que criará para que tivesse novamente uma vida abundante, o homem não o reconhece, e acaba por viver no ‘sofrimento’ que se vê hoje na maioria da humanidade, mesmo entre os que ‘se acham’ possuidores de bens, conhecimentos e status que lhe dá um ‘falso preenchimento’ do ‘vazio’ que passou a possuir por seus pecados, pois em seus íntimos falta-lhe a essência do Criador, ainda mais atenuante isto nos menos favorecidos; e nada pode preencher esta ‘falta de plenitude de vida’ a não ser o próprio Deus, mas não o reconhecendo o homem passa a ‘inventar’ ‘deuses’ em sua imaginação, chegando até a lhes dar formas físicas, afrontando o Criador, e, mesmo que venha a ver os feitos de Deus e querer assim saciar sua vida, devido ao envolvimento que já tem com o pecado, não consegue dar total ouvidos a Palavra de Deus que nos veio a falar Jesus, vendo ainda de forma ‘distorcida’ o que seria para seu desfrute, chegando a repugnar e a si mesmos lhes proibir, e passa também a ‘criar’  doutrinas totalmente divergentes da VERDADE que nos veio ser Jesus, e assim não desfruta dos benefícios que Jesus nos veio trazer com as Boas Novas da Salvação, a plenitude de vida, já nesta terra, como para que perdure eternamente.  Este é um resumo de como veio se desenvolvendo a humanidade distante de seu Criador, e nos versículos de hoje fica bem retratado esta situação, mesmo que escritos a séculos, bem atual, pois  Deus que nunca muda, é desde e principio e o será eternamente o DEUS TODO PODEROSO, e o homem rejeitando o Poderio de Deus, se privando da maravilhosa Graça que nos forneceu!

O salmista quando escrevera o salmo sugerido com o versículo de hoje, reconhecia o Poderio de Deus, o descrevia com a satisfação que sentia em si de poder ter comunhão com Deus, e tão somente por reconhece-lo como Todo Poderoso lhe rendia adoração e louvores verdadeiros, de alma e espírito, em verdade, ou seja desde o seu íntimo quanto ao que podia ver exteriormente, vamos fazer a leitura com meditação, veja quão grande ‘poema verdadeiro’ temos aqui, escrito em adoração pelo salmista:

Bendiga ao Senhor a minha alma! Ó Senhor, meu Deus, tu és tão grandioso! Estás vestido de majestade e esplendor!
Envolto de luz como numa veste, ele estende os céus como uma tenda,
e põe sobre as águas dos céus as vigas dos seus aposentos. Faz das nuvens a sua carruagem e cavalga nas asas do vento.
Faz dos ventos seus mensageiros e dos clarões reluzentes seus servos.
Ele firmou a terra sobre os seus fundamentos para que jamais se abale;
com as torrentes do abismo a cobriste, como se fossem uma veste; as águas subiram acima dos montes.
Diante das tuas ameaças as águas fugiram, puseram-se em fuga ao som do teu trovão;
subiram pelos montes e escorreram pelos vales, para os lugares que tu lhes designaste.
Estabeleceste um limite que não podem ultrapassar; jamais tornarão a cobrir a terra.
Fazes jorrar as nascentes nos vales e correrem as águas entre os montes;
delas bebem todos os animais selvagens, e os jumentos selvagens saciam a sua sede.
As aves do céu fazem ninho junto às águas e entre os galhos põem-se a cantar.
Dos seus aposentos celestes ele rega os montes; sacia-se a terra com o fruto das tuas obras!
É ele que faz crescer o pasto para o gado, e as plantas que o homem cultiva, para da terra tirar o alimento:
o vinho, que alegra o coração do homem; o azeite, que faz brilhar o rosto, e o pão que sustenta o seu vigor.
As árvores do Senhor são bem regadas, os cedros do Líbano que ele plantou;
nelas os pássaros fazem ninho, e nos pinheiros a cegonha tem o seu lar.
Os montes elevados pertencem aos bodes selvagens, e os penhascos são um refúgio para os coelhos.
Ele fez a lua para marcar estações; o sol sabe quando deve se pôr.
Trazes trevas, e cai a noite, quando os animais da floresta vagueiam.
Os leões rugem à procura da presa, buscando de Deus o alimento,
mas ao nascer do sol eles se vão e voltam a deitar-se em suas tocas.
Então o homem sai para o seu trabalho, para o seu labor até o entardecer.
Quantas são as tuas obras, Senhor! Fizeste todas elas com sabedoria! A terra está cheia de seres que criaste.
Eis o mar, imenso e vasto. Nele vivem inúmeras criaturas, seres vivos, pequenos e grandes.
Nele passam os navios, e também o Leviatã, que formaste para com ele brincar.
Todos eles esperam em ti para que lhes dês o alimento no tempo certo;
tu lhes dás, e eles o recolhem, abres a tua mão, e saciam-se de coisas boas.
Quando escondes o rosto, entram em pânico; quando lhes retiras o fôlego, morrem e voltam ao pó.
Quando sopras o teu fôlego, eles são criados, e renovas a face da terra.
Perdure para sempre a glória do Senhor! Alegre-se o Senhor em seus feitos!
Ele olha para a terra, e ela treme, toca os montes, e eles fumegam.
Cantarei ao Senhor toda a minha vida; louvarei ao meu Deus enquanto eu viver.
Seja-lhe agradável a minha meditação, pois no Senhor tenho alegria.
Sejam os pecadores eliminados da terra e deixem de existir os ímpios. Bendiga ao Senhor a minha alma! Aleluia!
Salmos 104:1-35 -
(grifos meus)

E nós hoje, esta geração atual, consegue desta forma adorar à Deus, como lhe é devido?, se observarmos o ‘povo de Deus na atualidade’ tem louvores de formas diversas, se prendem nas promessas de Deus e nelas fazem ‘louvores’  que na verdade não vem a ser adoração, acabam se revertendo ao próprio homem como forma de ‘auto ajuda’, e por não haver mais tais reconhecimentos de um DEUS REALMENTE AMOROSO, COMPASSIVO E TODO PODEROSO, como podemos ver formas de expressões por pessoas de fé na antiguidade, que alcançavam verdadeiramente o favor de Deus, mas mesmo depois de Jesus ter vindo e ter cumprido com o propósito do Pai, o homem permanecia se ‘privando’ das Boas Novas da Salvação anunciadas e consumadas por Jesus! O que podemos constatar devido a exortação que a carta de Paulo a Timóteo, alertando-o quanto a não observância por parte do povo do Evangelho de Jesus, e exortando-o ao ensinamento , e neste capítulo sugerido hoje para reflexão, justamente sobre ‘os ensinamentos’ da VERDADE de Cristo que incentivava Timóteo a perseverar tanto para si como para o povo, e vamos refletir se  hoje não é necessário, ainda mais, ser atentamente observadas estas ‘instruções’ nas quais Paulo era guiado a escrever movido pelo Espirito Santo de Deus, meditemos:

O Espírito diz claramente que nos últimos tempos alguns abandonarão a fé e seguirão espíritos enganadores e doutrinas de demônios.
Tais ensinamentos vêm de homens hipócritas e mentirosos, que têm a consciência cauterizada
e proíbem o casamento e o consumo de alimentos que Deus criou para serem recebidos com ação de graças pelos que crêem e conhecem a verdade.
Pois tudo o que Deus criou é bom, e nada deve ser rejeitado, se for recebido com ação de graças,
pois é santificado pela palavra de Deus e pela oração.
Se você transmitir essas instruções aos irmãos, será um bom ministro de Cristo Jesus, nutrido com as verdades da fé e da boa doutrina que tem seguido.
Rejeite, porém, as fábulas profanas de velhas e exercite-se na piedade.
O exercício físico é de pouco proveito; a piedade, porém, para tudo é proveitosa, porque tem promessa da vida presente e da futura.
Esta é uma afirmação fiel e digna de plena aceitação.
Se trabalhamos e lutamos é porque temos colocado a nossa esperança no Deus vivo, o Salvador de todos os homens, especialmente dos que crêem.
Ordene e ensine estas coisas.
Ninguém o despreze pelo fato de você ser jovem, mas seja um exemplo para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé e na pureza.
Até a minha chegada, dedique-se à leitura pública da Escritura, à exortação e ao ensino.
Não negligencie o dom que lhe foi dado por mensagem profética com imposição de mãos dos presbíteros.
Seja diligente nestas coisas; dedique-se inteiramente a elas, para que todos vejam o seu progresso.
Atente bem para a sua própria vida e para a doutrina, perseverando nesses deveres, pois, fazendo isso, você salvará tanto a si mesmo quanto aos que o ouvem.
1 Timóteo 4:1-16
(grifos meus)

Temos neste pequeno trecho apenas algumas diretrizes, mas muito nos é exortado quanto ‘a doutrina’ que deve ser observada e colocada em prática pelos cristãos, escritas pelos primeiros discípulos movidos inteiramente pelo Espirito Santo de Deus, quais tudo está no Evangelho genuíno que Jesus ensinou, pregou, consumou, e ordenou que fosse ensinado da forma como o ensinou e com o mesmo amor que tinha, mas infelizmente vemos que com o passar do tempo, pelas gerações após Jesus, mesmo que ainda mais Graça nos foi acrescentada com o envio do Espirito Santo para nos ser por Conselheiro, e nos trazer a memória tudo quanto Jesus ministrou e ordenou, e, ainda nos concedendo ‘ajuda’ para que ao meio deste ‘mundo’ estivéssemos assim o cumprindo, não está assim ocorrendo, o que podemos ver na humanidade é o que está ali nos dois primeiros versículos desta carta, e justamente isto que tem impedido o homem de ter ‘a plenitude de vida’ que Jesus nos veio conceder desde já nesta vida terrena, e como podemos ver grandes são as multidões que estão ‘nos caminhos largos e enganosos’ que fornecem uma falsa alegria e paz mas que deixa o homem com o mesmo vazio pela falta de comunhão com Deus. Dura e infeliz realidade, pois não era este o ‘sonho de Deus’ em realizar tal feito pela Sua maravilhosa Graça, e tem sido tão compassivo, que estamos ainda aqui, tempo nos concedido para nos voltarmos verdadeiramente ao nosso Deus, e seguir o CAMINHO que nos enviou de volta à Ele, com a VERDADE que nos veio trazer definitivamente as  BOAS NOVAS DA SALVAÇÃO , a qual temos que conhecer ‘a fundo’ e pratica-la para que tomemos posse da VIDA plena e abundante que Deus nos quer conceder através de JESUS!  

 

Temos que ter por hábito de vida a leitura das Escrituras Sagradas, a Bíblia,  com reflexão e meditação pois nos foram escritas justamente para que saibamos como ter uma Vida abundante na Presença de Deus!.

 

Hoje já deixei na íntegra os capítulos sugeridos com os versículos do dia, que possamos neles refletir e meditar, voltarmos à adoração em espirito e em verdade de coração à Deus, e nos apegarmos à doutrina que Jesus nos ensinou e não a de homens que pregam sem conhecer os ensinamentos de Jesus, não tendo portanto a presença constante do Espirito Santo, não podendo nos trazer vida abundante  nesta terra muito menos Salvação para a eternidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; João 5: 39”

C O M P A R T I L H A R... isto é viver...é aprender...






Recomendo que clique no link indicado no final de cada postagem efetuada só com a introdução, para leitura integral do texto publicado na íntegra na folha CONTINUA.