Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

__________________VERSÍCULOS DO DIA ______________

Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o lavrador. João15:1
Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. João15:5
>
- se preferir texto parado, pare o mouse sobre o versículo-

Abaixo publico algumas anotações sobre estes versículos.
Não deixe de ler as citações bíblicas, pois delas é que compartilho
* Deus nos abençoe *
***
*Faça a sua reflexão sobre estes versículos, pois DEUS quer falar diretamente com você, lembre-se que ELE te chama pelo seu nome e quer escrevê-lo e mantê-lo no Livro da Vida Eterna.*
***

(Se necessário, ATUALIZE A FOLHA PARA VISUALIZAR AS ANOTAÇÕES DOS VERSÍCULOS DE HOJE
http://wwwcompartilhar.blogspot.com/


segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Versículos do dia: …lembrando-se da sua misericórdia.

 

flor (1)

Technorati Marcas:

Olha dos céus, da tua santa habitação, e abençoa Israel, o teu povo, e a terra que nos deste, conforme prometeste sob juramento aos nossos antepassados, terra onde manam leite e mel".Deuteronômio 26:15

Ajudou a seu servo Israel, lembrando-se da sua misericórdia-Lucas 1:54

 

REFLITAMOS e MEDITEMOS:

Deuteronômio 26: [http://www.bibliaonline.com.br/nvi/dt/26]

1-19-Quando vocês tiverem entrado na terra que o Senhor, o seu Deus, lhes dá por herança e dela tiverem tomado posse e lá estiverem estabelecidos,
apanhem alguns dos primeiros frutos de tudo o que produzirem na terra que o Senhor, o seu Deus, lhes dá e ponha tudo numa cesta. Depois vocês deverão ir ao local que o Senhor, o seu Deus, escolher para habitação do seu Nome
e dizer ao sacerdote que estiver exercendo o cargo naquela ocasião: "Declaro hoje ao Senhor, ao seu Deus, que vim para a terra que o Senhor jurou aos nossos antepassados que nos daria".
O sacerdote apanhará a cesta das suas mãos e a colocará em frente do altar do Senhor, do seu Deus.
Então vocês declararão perante o Senhor, o seu Deus: "O meu pai era um arameu errante. Ele desceu ao Egito com pouca gente e ali viveu e se tornou uma grande nação, poderosa e numerosa.
Mas os egípcios nos maltrataram e nos oprimiram, sujeitando-nos a trabalhos forçados.
Então clamamos ao Senhor, ao Deus dos nossos antepassados, e o Senhor ouviu a nossa voz e viu o nosso sofrimento, a nossa fadiga e a opressão que sofríamos.
Por isso o Senhor nos tirou do Egito com mão poderosa e braço forte, com feitos temíveis e com sinais e maravilhas.
Ele nos trouxe a este lugar e nos deu esta terra, terra onde manam leite e mel.
E agora trago os primeiros frutos do solo que tu, ó Senhor, me deste". Ponham a cesta perante o Senhor, o seu Deus, e curvem-se perante ele.
Vocês e os levitas e os estrangeiros que estiverem no meio de vocês se alegrarão com todas as coisas boas que o Senhor, o seu Deus, dá a vocês e às suas famílias.
Quando tiverem separado o dízimo de tudo quanto produziram no terceiro ano, o ano do dízimo, entreguem-no ao levita, ao estrangeiro, ao órfão e à viúva, para que possam comer até saciar-se nas cidades de vocês.
Depois digam ao Senhor, ao seu Deus: "Retirei da minha casa a porção sagrada e dei-a ao levita, ao estrangeiro, ao órfão e à viúva, de acordo com tudo o que ordenaste. Não me afastei dos teus mandamentos nem esqueci nenhum deles.
Não comi nada da porção sagrada enquanto estive de luto, nada retirei dela enquanto estive impuro, e dela não ofereci nada aos mortos. Obedeci ao Senhor, ao meu Deus; fiz tudo o que me ordenaste.
Olha dos céus, da tua santa habitação, e abençoa Israel, o teu povo, e a terra que nos deste, conforme prometeste sob juramento aos nossos antepassados, terra onde manam leite e mel".
O Senhor, o seu Deus, lhes ordena hoje que sigam estes decretos e ordenanças; obedeçam-lhes atentamente, de todo o seu coração e de toda a sua alma.
Hoje vocês declararam que o Senhor é o seu Deus e que vocês andarão nos seus caminhos, que guardarão os seus decretos, os seus mandamentos e as suas ordenanças, e que vocês lhe obedecerão.
E hoje o Senhor declarou que vocês são o seu povo, o seu tesouro pessoal, conforme ele prometeu, e que vocês terão que guardar todos os seus mandamentos.
Ele declarou que lhes dará uma posição de glória, fama e honra muito acima de todas as nações que ele fez, e que vocês serão um povo santo para o Senhor, para o seu Deus, conforme ele prometeu.

-Lucas 1:[http://www.bibliaonline.com.br/nvi/lc/1]

1-80-Muitos já se dedicaram a elaborar um relato dos fatos que se cumpriram entre nós,
conforme nos foram transmitidos por aqueles que desde o início foram testemunhas oculares e servos da palavra.
Eu mesmo investiguei tudo cuidadosamente, desde o começo, e decidi escrever-te um relato ordenado, ó excelentíssimo Teófilo,
para que tenhas a certeza das coisas que te foram ensinadas.
No tempo de Herodes, rei da Judéia, havia um sacerdote chamado Zacarias, que pertencia ao grupo sacerdotal de Abias; Isabel, sua mulher, também era descendente de Arão.
Ambos eram justos aos olhos de Deus, obedecendo de modo irrepreensível a todos os mandamentos e preceitos do Senhor.
Mas eles não tinham filhos, porque Isabel era estéril; e ambos eram de idade avançada.
Certa vez, estando de serviço o seu grupo, Zacarias estava servindo como sacerdote diante de Deus.
Ele foi escolhido por sorteio, de acordo com o costume do sacerdócio, para entrar no santuário do Senhor e oferecer incenso.
Chegando a hora de oferecer incenso, o povo todo estava orando do lado de fora.
Então um anjo do Senhor apareceu a Zacarias, à direita do altar do incenso.
Quando Zacarias o viu, perturbou-se e foi dominado pelo medo.
Mas o anjo lhe disse: "Não tenha medo, Zacarias; sua oração foi ouvida. Isabel, sua mulher, lhe dará um filho, e você lhe dará o nome de João.
Ele será motivo de prazer e de alegria para você, e muitos se alegrarão por causa do nascimento dele,
pois será grande aos olhos do Senhor. Ele nunca tomará vinho nem bebida fermentada, e será cheio do Espírito Santo desde antes do seu nascimento.
Fará retornar muitos dentre o povo de Israel ao Senhor, o seu Deus.
E irá adiante do Senhor, no espírito e no poder de Elias, para fazer voltar o coração dos pais a seus filhos e os desobedientes à sabedoria dos justos, para deixar um povo preparado para o Senhor".
Zacarias perguntou ao anjo: "Como posso ter certeza disso? Sou velho, e minha mulher é de idade avançada".
O anjo respondeu: "Sou Gabriel, o que está sempre na presença de Deus. Fui enviado para lhe transmitir estas boas novas.
Agora você ficará mudo. Não poderá falar até o dia em que isso acontecer, porque não acreditou em minhas palavras, que se cumprirão no tempo oportuno".
Enquanto isso, o povo esperava por Zacarias, estranhando sua demora no santuário.
Quando saiu, não conseguia falar nada; o povo percebeu então que ele tivera uma visão no santuário. Zacarias fazia sinais para eles, mas permanecia mudo.
Quando se completou seu período de serviço, ele voltou para casa.
Depois disso, Isabel, sua mulher, engravidou e durante cinco meses não saiu de casa.
E ela dizia: "Isto é obra do Senhor fez! Agora ele olhou para mim com favor, para desfazer a minha humilhação perante o povo. "
No sexto mês Deus enviou o anjo Gabriel a Nazaré, cidade da Galiléia,
a uma virgem prometida em casamento a certo homem chamado José, descendente de Davi. O nome da virgem era Maria.
O anjo, aproximando-se dela, disse: "Alegre-se, agraciada! O Senhor está com você! "
Maria ficou perturbada com essas palavras, pensando no que poderia significar esta saudação.
Mas o anjo lhe disse: "Não tenha medo, Maria; você foi agraciada por Deus!
Você ficará grávida e dará à luz um filho, e lhe porá o nome de Jesus.
Ele será grande e será chamado Filho do Altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi,
e ele reinará para sempre sobre o povo de Jacó; seu Reino jamais terá fim".
Perguntou Maria ao anjo: "Como acontecerá isso, se sou virgem? "
O anjo respondeu: "O Espírito Santo virá sobre você, e o poder do Altíssimo a cobrirá com a sua sombra. Assim, aquele que há de nascer será chamado santo, Filho de Deus.
Também Isabel, sua parenta, terá um filho na velhice; aquela que diziam ser estéril já está em seu sexto mês de gestação.
Pois nada é impossível para Deus".
Respondeu Maria: "Sou serva do Senhor; que aconteça comigo conforme a tua palavra". Então o anjo a deixou.
Naqueles dias, Maria preparou-se e foi depressa para a uma cidade da região montanhosa da Judéia,
onde entrou na casa de Zacarias e saudou Isabel.
Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, o bebê agitou-se em seu ventre, e Isabel ficou cheia do Espírito Santo.
Em alta voz exclamou: "Bendita é você entre as mulheres, e bendito é o filho que você dará à luz!
Mas por que sou tão agraciada, a ponto de me visitar a mãe do meu Senhor?
Logo que a sua saudação chegou aos meus ouvidos, o bebê que está em meu ventre agitou-se de alegria.
Feliz é aquela que creu que se cumprirá aquilo que o Senhor lhe disse! "
Então disse Maria: "Minha alma engrandece ao Senhor
e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador,
pois atentou para a humildade da sua serva. De agora em diante, todas as gerações me chamarão bem-aventurada,
pois o Poderoso fez grandes coisas em meu favor; santo é o seu nome.
A sua misericórdia estende-se aos que o temem, de geração em geração.
Ele realizou poderosos feitos com seu braço; dispersou os que são soberbos no mais íntimo do coração.
Derrubou governantes dos seus tronos, mas exaltou os humildes.
Encheu de coisas boas os famintos, mas despediu de mãos vazias os ricos.
Ajudou a seu servo Israel, lembrando-se da sua misericórdia
para com Abraão e seus descendentes para sempre, como dissera aos nossos antepassados".
Maria ficou com Isabel cerca de três meses e depois voltou para casa.
Ao se completar o tempo de Isabel dar à luz, ela teve um filho.
Seus vizinhos e parentes ouviram falar da grande misericórdia que o Senhor lhe havia demonstrado e se alegraram com ela.
No oitavo dia foram circuncidar o menino e queriam dar-lhe o nome do pai, Zacarias;
mas sua mãe tomou a palavra e disse: "Não! Ele será chamado João".
Disseram-lhe: "Você não há nenhum parente com esse nome".
Então fizeram sinais ao pai do menino, para saber como queria que a criança se chamasse.
Ele pediu uma tabuinha e, para admiração de todos, escreveu: "O nome dele é João".
Imediatamente sua boca se abriu, sua língua se soltou e ele começou a falar, louvando a Deus.
Todos os vizinhos ficaram cheios de temor, e por toda a região montanhosa da Judéia se falava sobre essas coisas.
Todos os que ouviam falar disso se perguntavam: "O que vai ser este menino? " Pois a mão do Senhor estava com ele.
Seu pai, Zacarias, foi cheio do Espírito Santo e profetizou:
"Louvado seja o Senhor, o Deus de Israel, porque visitou e redimiu o seu povo.
Ele promoveu poderosa salvação para nós, na linhagem do seu servo Davi,
( como falara pelos seus santos profetas, na antigüidade ),
salvando-nos dos nossos inimigos e da mão de todos os que nos odeiam,
para mostrar sua misericórdia aos nossos antepassados e lembrar sua santa aliança,
o juramento que fez ao nosso pai Abraão:
resgatar-nos da mão dos nossos inimigos para servi-lo sem medo,
em santidade e justiça, diante dele todos os nossos dias.
E você, menino, será chamado profeta do Altíssimo, pois irá adiante do Senhor, para lhe preparar o caminho,
para dar ao seu povo o conhecimento da salvação, mediante o perdão dos seus pecados,
por causa das ternas misericórdias de nosso Deus, pelas quais do alto nos visitará o sol nascente
para brilhar sobre aqueles que estão vivendo nas trevas e na sombra da morte, e guiar nossos pés no caminho da paz".
E o menino crescia e se fortalecia no espírito; e viveu no deserto, até aparecer publicamente a Israel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; João 5: 39”

C O M P A R T I L H A R... isto é viver...é aprender...






Recomendo que clique no link indicado no final de cada postagem efetuada só com a introdução, para leitura integral do texto publicado na íntegra na folha CONTINUA.