Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

__________________VERSÍCULOS DO DIA ______________

Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne. Gênesis2:24
Eu vos digo, porém, que qualquer que repudiar sua mulher, não sendo por causa de fornicação, e casar com outra, comete adultério; e o que casar com a repudiada também comete adultério. Mateus19:9
>
- se preferir texto parado, pare o mouse sobre o versículo-

Abaixo publico algumas anotações sobre estes versículos.
Não deixe de ler as citações bíblicas, pois delas é que compartilho
* Deus nos abençoe *
***
*Faça a sua reflexão sobre estes versículos, pois DEUS quer falar diretamente com você, lembre-se que ELE te chama pelo seu nome e quer escrevê-lo e mantê-lo no Livro da Vida Eterna.*
***

(Se necessário, ATUALIZE A FOLHA PARA VISUALIZAR AS ANOTAÇÕES DOS VERSÍCULOS DE HOJE
http://wwwcompartilhar.blogspot.com/


quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Versículos do dia: ‘enfermos’ ou ‘CURADOS’ ?

 

images (42)

Technorati Marcas:

 

Senhor meu Deus, a ti clamei por socorro, e tu me curaste.Salmos 30:2

Um dos que estavam ali era paralítico fazia trinta e oito anos. Então Jesus lhe disse: "Levante-se! Pegue a sua maca e ande". Imediatamente o homem ficou curado, pegou a maca e começou a andar. Isso aconteceu num sábado,João 5:5,8,9

 

Deus realiza maravilhas que muitas vezes  olhos meramente humanos não as consegue enxergar, outras mesmo que estando totalmente visível aos mesmos olhos , mas se houver um coração endurecido para o poderio de Deus, também não serão vistas, entendidas, e nem mesmo delas poderemos desfrutar. Não importa a nós conhecer de que forma Deus agirá, temos sim é que confiar que Ele age a favor dos que à Ele ama, vejamos o exemplo do salmista neste capitulo que hoje esta em referência,  ele clamava por Deus, confiava em Deus e o glorificava em tudo, reconhecendo que era fraco diante de ‘seus inimigos’ mas que Deus o reerguera para que não ficasse ‘caído’ e sendo motivo de diversão nas mãos dos que não esperavam em Deus, mas sim era ‘curado’ por Deus, e por isto glorificava a Deus. Na passagem do ministério de Jesus, relatada no capitulo 5 do Evangelho segundo João, vemos um caso de um doente, paralitico, que não pediu a Jesus para ser curado, como acontecia quando da  realizações de diversos de seus milagres , mas observemos que naquele local, o ‘tanque de Betesda’ , tinha um ‘mover de Deus’ que mediante a fé dos que ali iam procurar curas, eram movidas as águas  para que houvesse a realização destas, e aquele paralitico, já nesta condição por 38 anos (uma vida não?) , ficava ali só, e ninguém em situação melhor que a dele lhe tinha compaixão e o ajudava a chegar nas águas para ser curado,  no entanto Jesus dele se compadeceu, e lhe pergunta se queria ser curado, observemos que ele  não conhecendo a Jesus até se justifica porque não o tinha ainda sido curado, por não ter ajuda humana, não pediu a cura a Jesus por não conhece-lo mas faz como uma confissão de fé que queria ser curado, pois ali permanecia ,  e só não o era porque não tinha ajuda humana, assim Jesus o cura, sem necessidade deste ‘descer nas águas do tanque’ ,  ordenando que pegasse sua maca e andasse, e imediatamente ficou o homem curado, agora observemos que carregou sua maca sem nem se lembrar de que era sábado, que na ‘lei’ não o poderia fazer, mas diante de sua cura como poderia não faze-lo? simplesmente aceitou aquela graça de Deus e se foi carregando sua maca. Vejamos que Jesus sabendo ser sábado, mesmo assim ordena que aquele homem carregasse sua maca, já sabendo que seria indagado por isso, e justamente para expor o que significava a Graça de Deus, as Boas Novas do Evangelho da salvação, que tinha vindo para ‘remir’ o povo de Deus do ‘jugo da lei’, se assim o quisessem aceitar, mas mesmo nesta passagem, logo em seguida encontrando o homem curado lhe afirma que tendo ele sido curado, que não voltasse a pecar para não lhe sobrevir o pior do que aquela situação de paralisia, vejamos o homem sequer antes tinha reconhecido a Jesus, mas pela Graça de Deus fora curado, e Jesus ali lhe afirma que nesta Graça tinha que permanecer sem pecar, aqui fico a refletir, que não importava o fato de carregar uma maca no sábado, o que não podia era ‘pecar’ , ou seja não se afastar da presença de Deus que havia recebido pela Graça de Deus. E justamente o fato de curar e ordenar aquele homem que pegasse a maca e andasse foi motivo para maior perseguição dos judeus, que não queriam abrir mão da ‘lei’ mesmo tendo tão grande testemunho daquele homem sobre a Graça de Deus, ainda mais quando Jesus se apresenta à eles como sendo Filho de Deus, e da forma como o Pai tinha autoridade, Ele também a tinha no Pai, pois sozinho não o poderia fazer , mas  que estando o Pai a trabalhar sem cessar, Ele também o fazia, independentemente de ser sábado ou não, bem como anunciando obras ainda maiores a serem realizadas, e já se voltando a maior delas que estava por vir a realizar, a qual sabemos que é dar Sua própria vida para conceder Vida eterna ao homem, “ Pois, da mesma forma que o Pai ressuscita os mortos e lhes dá vida, o Filho também dá vida a quem ele quer dá-la. Além disso, o Pai a ninguém julga, mas confiou todo julgamento ao Filho, para que todos honrem o Filho como honram o Pai. Aquele que não honra o Filho, também não honra o Pai que o enviou. "Eu lhes asseguro: Quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não será condenado, mas já passou da morte para a vida. João 5:21-24 “ observemos o quanto é claro com relação ao julgamento futuro, que seria por Ele, para honra do Pai, e quem não honra a Ele (Filho) também não estaria honrando ao Pai, e ainda mais claro quando afirma que quem ouve sua palavra e crê em Deus que foi Ele quem enviará Jesus com a palavra a ser ouvida, é que não seriam condenados e teriam a vida eterna; fazendo uma revelação de grande importância e sentido, de que a salvação que vinha trazer era para ‘toda a humanidade’ que crerem da forma como dissera, assim os que já mortos viriam a ouvi-las também, creio que aqui já se voltando sobre os três dias que permaneceria como ‘morto’ , no qual descendo aos que já haviam partido para à eles também pregar o mesmo Evangelho,   e ainda, afirmando que a partir de então os que viriam a morrer neste corpo carnal, quando da ressuscitação será julgado de acordo com o que viver nesta terra : “ e sairão; os que fizeram o bem ressuscitarão para a vida, e os que fizeram o mal ressuscitarão para serem condenados. -João 5:29” vamos tentar entender bem estas palavras,  aqui diz ‘os que fizerem o bem ou o mal’ , ou seja a linguagem que eles conheciam até então que era a vida prática mediante a lei  e sendo o bem= Deus, o mal= maligno, mas observemos bem o que dissera antes  que ‘quem ouve a palavra Dele e crê que Deus o enviou para a Salvação da Vida’ , ou seja na palavra que Ele veio anunciar, a Graça de Deus, as Boas Novas da Salvação, a Nova e eterna aliança de Deus para com o homem, é que serão salvos para a vida eterna, e não pelo ‘cumprir da lei’ nem por obras das mãos dos homens, mas sim pela fé; claro que quem tem a ‘fé cristã’ sabe que deve ser ‘imitador’ de Jesus, cumprir com o Seu mandar, assim não resta dúvidas que devem efetuar somente boas obras.

Como Jesus vinha discursando pelo fato de ter sido acusado de além de violar a lei, também querer se igualar a Deus, vem dar o ‘testemunho’ pelo qual viera, vejamos atentamente, porque fora bem claro que seu testemunho não era humano, mas sim vindo de Deus/Pai, que a sua palavra era de Deus, que iria concluir as Boas Novas da Salvação, que nada tem a ver com ‘estudos’ sobre as Escrituras mas sim o ‘ouvir a voz de Deus’ , e que não habita a palavra de Deus em quem não crê Nele como sendo a Palavra de Deus, pois nas próprias Escrituras já houvera menção de sua vinda, e somente Nele teriam a Vida Eterna: "Se testifico acerca de mim mesmo, o meu testemunho não é válido. Há outro que testemunha em meu favor, e sei que o seu testemunho a meu respeito é válido. "Vocês enviaram representantes a João, e ele testemunhou da verdade. Não que eu busque testemunho humano, mas menciono isso para que vocês sejam salvos. João era uma candeia que queimava e irradiava luz, e durante certo tempo vocês quiseram alegrar-se com a sua luz. "Eu tenho um testemunho maior que o de João; a própria obra que o Pai me deu para concluir, e que estou realizando, testemunha que o Pai me enviou. E o Pai que me enviou, ele mesmo testemunhou a meu respeito. Vocês nunca ouviram a sua voz, nem viram a sua forma, nem a sua palavra habita em vocês, pois não crêem naquele que ele enviou. Vocês estudam cuidadosamente as Escrituras, porque pensam que nelas vocês têm a vida eterna.  E são as Escrituras que testemunham a meu respeito; contudo, vocês não querem vir a mim para terem vida. João 5:31-40” e mesmo assim aqueles naquela época não queriam dar-lhe ouvidos, e infelizmente até hoje muitos são os que não dão ouvidos ao Evangelho de Jesus, que é a Palavra da  VERDADE de Deus, a Nova e Eterna Aliança  de Deus para conosco, de que em Jesus está a VIDA Eterna. 

Jesus continua sendo bem claro com eles, que estavam querendo dar glórias uns aos outros, e que se viesse um ‘outro messias’ terreno como a eles, para ocupar um trono terreno, para lhes ser forte aqui na terra, que assim eles creriam, aceitariam e dariam glória; afirmando ainda que eles sequer conheciam as Escrituras, pois diziam crer no profeta Moisés mas não atentaram de que este havia escrito já a respeito Dele como Salvador, mas como mantinha a esperança nas palavras da lei que fora enviada por Moises, por ele seriam acusados, por não terem as cumprido nem entendido, e assim não creram verdadeiramente no que o profeta houvera escrito, sendo que não lhes viriam assim a fé no próprio Salvador que estava na Pessoa Dele, Jesus: “ Como vocês podem crer, se aceitam glória uns dos outros, mas não procuram a glória que vem do Deus único? "Contudo, não pensem que eu os acusarei perante o Pai. Quem os acusa é Moisés, em quem estão as suas esperanças. Se vocês cressem em Moisés, creriam em mim, pois ele escreveu a meu respeito. Visto, porém, que não crêem no que ele escreveu, como crerão no que eu digo? " João 5:44-47”  temos que prestar muita atenção, refletir muito sobre estas palavras de Jesus, pois são verdades que infelizmente ainda anda ocorrendo nos dias de hoje, e o pior, que mesmo entre alguns que se ‘dizem cristãos’ , e para que haja entendimento deste discurso de Jesus, e que seja dado ouvidos às suas palavras, como Ele havia dito antes “ Quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não será condenado “  necessário é que venhamos a meditar em todo  o Seu Evangelho, tanto o que nos ficou escrito como sendo seus ‘ensinamentos’ bem como do que fora mostrado de seu modo de viver, que é o que devemos procurar imitar com a maior presteza, sem que nada seja alterado, ou simplesmente ‘ignorado’ de acordo com ‘conveniências pessoais,  para que não venhamos a ser como àqueles a quem estava discursando que diziam crer em Moises mas na verdade não o criam, pois sequer  tinham entendido suas profecias.

Agora prestemos atenção como o salmista tinha um coração voltado a Deus, que mesmo ainda na época da ‘lei’, antes de vir o Salvador Jesus, já glorificava a Salvação de Deus, “ Pois a sua ira só dura um instante, mas o seu favor dura a vida toda; o choro pode persistir uma noite, mas de manhã irrompe a alegria. Quando me senti seguro, disse: "Jamais serei abalado! " Senhor, com o teu favor, deste-me firmeza e estabilidade; mas, quando escondeste a tua face, fiquei aterrorizado. Salmos 30:5-7” , se refere a Graça de Deus como ‘favor de Deus’ , que quando a alcançamos  surge a alegria, a segurança, a firmeza a estabilidade, que estando na presença de Deus não se tem medo, e mais ainda: “ A ti, Senhor, clamei, ao Senhor pedi misericórdia: "Se eu morrer, se eu descer à cova, que vantagem haverá? Acaso o pó te louvará? Proclamará a tua fidelidade? -Salmos 30:8-10” se refere ao arrependimento para a Salvação em Cristo Jesus, como ‘um clamor por misericórdia’ , reconhecendo que o ‘favor de Deus’ tinha que vir enquanto estava com esta vida carnal porque após a sepultura não poderia mais o louvar, não teria mais o ‘Seu favor’; terminado com reconhecimento de que que carecia de misericórdias ( arrependimento), que somente Deus era seu auxilio ( Salvação), e assim o que poderia lhe ser por pranto seria dança, as vestes de lamento do pecado por vestes de alegria da salvação, e que lhe seria grato e lhe louvaria para sempre: “Ouve, Senhor, e tem misericórdia de mim; Senhor, sê tu o meu auxílio".Mudaste o meu pranto em dança, a minha veste de lamento em veste de alegria,para que o meu coração cante louvores a ti e não se cale. Senhor, meu Deus, eu te darei graças para sempre.Salmos 30:10-12

Vamos refletir, meditar  nestes dois textos, e com nosso viver diário, de que forma estamos mais vivendo, como ‘aqueles judeus’ a quem Jesus discursava pessoalmente, cujo ‘discurso permanece até hoje’,  ou,  como a vida de exemplo do salmista que mesmo sem ter vindo ainda o Salvador,  buscava sempre a Deus, reconhecia carecer de Sua Salvação, confiava plenamente nesta Salvação de Deus, somente a Ele rendia louvores ,a quem dava toda a honra e glória, e independentemente de circunstâncias em que vivia, sentia alegria por estar na presença de Deus, interrogamos ou glorificamos a Deus? Lamentamos ou sentimos  o ‘óleo de alegria’ fluir de nosso interior para o exterior? Estamos com ‘vestes de amargura’ ou já revestidos com ‘vestes de louvor’ ?   Ficamos ‘parados’ diante de alguma ‘situação/imposição’ humana, ou saímos mostrando a Salvação recebida e o que podemos fazer mediante ela? Confessamos o Nome de nosso Salvador, Remidor e Justificador? Estamos como   que em um  ‘tanque de Betesda’, aguardando o auxilio de alguma pessoa para sermos curados, ajudados, querendo nos justificar  por esta situação por não conseguir chegar ao ‘mover das águas’,  ou,  já reconhecemos, cremos plenamente  que temos esta ajuda, cura e Salvação, que ‘as águas’ estão constantemente sendo movidas ‘em nós mesmos’  pelo Espirito Santo de Deus que viera por intermédio de Jesus que é quem nos justifica?  Vamos refletir sobre isto.

 

De suma importância lermos as Escrituras Sagradas, a Bíblia diariamente, no entanto para que não ‘fiquemos como aqueles a quem Jesus pregava’ , temos que nelas meditar, refletir, pedir a Deus que nos dê o discernimento através de Seu Santo Espirito, e para que entendamos a verdadeira Graça de Deus sobre nossas vidas!

 

 

Deixo o link dos textos completos  dos capítulos hoje em referencia :

http://www.bibliaonline.com.br/nvi/sl/30

http://www.bibliaonline.com.br/nvi/jo/5

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; João 5: 39”

C O M P A R T I L H A R... isto é viver...é aprender...






Recomendo que clique no link indicado no final de cada postagem efetuada só com a introdução, para leitura integral do texto publicado na íntegra na folha CONTINUA.