Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

__________________VERSÍCULOS DO DIA ______________

- Passada a tempestade, o ímpio já não existe, mas o justo permanece firme para sempre. Provérbios 10:25
Mas o meu justo viverá pela fé. E, se retroceder, não me agradarei dele". Hebreus 10:38
>
- se preferir texto parado, pare o mouse sobre o versículo-
Abaixo publico algumas anotações sobre estes versículos.
Não deixe de ler as citações bíblicas, pois delas é que compartilho
* Deus nos abençoe *
***
*Faça a sua reflexão sobre estes versículos, pois DEUS quer falar diretamente com você, lembre-se que ELE te chama pelo seu nome e quer escrevê-lo e mantê-lo no Livro da Vida Eterna.*
***

(Se necessário, ATUALIZE A FOLHA PARA VISUALIZAR AS ANOTAÇÕES DOS VERSÍCULOS DE HOJE
http://wwwcompartilhar.blogspot.com/


segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Versículos do dia: Cristo ressuscitado Reina sobre nós

 

-Salmos 145:18 Perto está o SENHOR de todos os que o invocam, de todos os que o invocam em verdade.

-Lucas 24:36 -Falavam ainda estas coisas quando Jesus apareceu no meio deles e lhes disse: Paz seja convosco!

 

Sabemos que o Reino de Deus já está estabelecido nesta terra, e para que dele venhamos a fazer parte primeiramente nos é necessário crer na Nova e Eterna Aliança que Deus fez para conosco tendo enviado seu filho unigênito que saindo de Sua própria glória veio ao mundo em forma humana, como a qualquer um de nós, para que o mundo fosse salvo por Ele, no qual não houve pecado algum, somente nos ensinou o Caminho para o Reino de Deus, e mesmo assim tinha que padecer, sofrendo todas as dores e humilhações, e de nada abriu sua boca para reclamar, pois cumpria com a vontade do Pai, a qual já sabia, tendo partilhado a ultima ceia com seus discípulos certo de que não mais a comeria como em seu ministério como Homem, o que desde a antiguidade Deus já o havia planejado para nossa salvação, sendo nós ainda pecadores, somente por Sua Graça e Misericórdia. No entanto não está ali na cruz somente  estabelecido o reino de Deus com um Cristo morto, pois este venceu a própria morte, sendo ressuscitado pelo Pai ao terceiro dia, não somente como espirito mas realmente novamente vivo, e assim permanece até hoje e por toda a eternidade, e antes de sua Ascenção aos céus nos prometeu, sendo depois cumprido pelo Pai, que nos enviaria o Espirito Santo de Deus para fazer morada em nós, e estar conosco até a consumação dos séculos. E, é assim que temos que ter plena crença e confiança, em nada duvidando, sabendo e realmente sentindo que Ele vive entre nós, sendo nosso Rei e Senhor, ao qual devemos dar ouvidos e obedece-lo para que sejamos o seu povo fazendo desde já parte do Reino de Deus, pois é este Reino que Ele vira buscar no dia do Juízo final, quando voltará em glória e levará consigo somente quem estiver fazendo parte do Reino de Deus, e trabalhando para este reino dando honras e glórias a Deus por sua tão imensa misericórdia e graça que assim fizeste, sendo nós ainda pecadores, por seu incomparável amor, do qual devemos estar expondo aos que dele ainda não experimentaram.

- Romanos 5:8-Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.

-Isaías 9:6/7

Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.

Do aumento deste principado e da paz não haverá fim, sobre o trono de Davi e no seu reino, para o firmar e o fortificar com juízo e com justiça, desde agora e para sempre; o zelo do SENHOR dos Exércitos fará isto.

-João3: 14/19

E, como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado;

Para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.

Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.

E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más.

-Lucas 22:14/16

E, chegada a hora, pôs-se à mesa, e com ele os doze apóstolos.

E disse-lhes: Desejei muito comer convosco esta páscoa, antes que padeça;

Porque vos digo que não a comerei mais até que ela se cumpra no reino de Deus.

E, tomando o cálice, e havendo dado graças, disse: Tomai-o, e reparti-o entre vós;

Porque vos digo que já não beberei do fruto da vide, até que venha o reino de Deus.

E, tomando o pão, e havendo dado graças, partiu-o, e deu-lho, dizendo: Isto é o meu corpo, que por vós é dado; fazei isto em memória de mim.

-Marcos 14:24/25

E disse-lhes: Isto é o meu sangue, o sangue do novo testamento, que por muitos é derramado.

Em verdade vos digo que não beberei mais do fruto da vide, até àquele dia em que o beber, novo, no reino de Deus.

-Isaías 53:6/12

Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o SENHOR fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos.

Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca.

Da opressão e do juízo foi tirado; e quem contará o tempo da sua vida? Porquanto foi cortado da terra dos viventes; pela transgressão do meu povo ele foi atingido.

E puseram a sua sepultura com os ímpios, e com o rico na sua morte; ainda que nunca cometeu injustiça, nem houve engano na sua boca.

Todavia, ao SENHOR agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando a sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias; e o bom prazer do SENHOR prosperará na sua mão.

Ele verá o fruto do trabalho da sua alma, e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo, o justo, justificará a muitos; porque as iniqüidades deles levará sobre si.

Por isso lhe darei a parte de muitos, e com os poderosos repartirá ele o despojo; porquanto derramou a sua alma na morte, e foi contado com os transgressores; mas ele levou sobre si o pecado de muitos, e intercedeu pelos transgressores.

Temos que crer plenamente e fielmente que temos um Deus vivo, um Rei e Senhor, que reina sobre nós, estando Deus no controle de todas as coisas, em um Jesus que não está mais na cruz, tendo saído dela morto pelos nossos pecados sendo sepultado, ficando a cruz vazia, pois o sacrifico se deu uma única vez e por toda a eternidade, e voltou vivo, se apresentando ainda aqui nesta terá como homem, até comendo com seus discípulos, e voltando a Sua glória, a glória de Deus, que é sobre nós, tudo pelo amor de Deus e não por nosso próprio merecimento, assim devemos servir Este Rei que está conosco, cumprindo com o seu mandar.

-Lucas 24:12/53

Pedro, porém, levantando-se, correu ao sepulcro. E, abaixando-se, nada mais viu, senão os lençóis de linho; e retirou-se para casa, maravilhado do que havia acontecido.

Naquele mesmo dia, dois deles estavam de caminho para uma aldeia chamada Emaús, distante de Jerusalém sessenta estádios.

E iam conversando a respeito de todas as coisas sucedidas.

Aconteceu que, enquanto conversavam e discutiam, o próprio Jesus se aproximou e ia com eles.

Os seus olhos, porém, estavam como que impedidos de o reconhecer.

Então, lhes perguntou Jesus: Que é isso que vos preocupa e de que ides tratando à medida que caminhais? E eles pararam entristecidos.

Um, porém, chamado Cleopas, respondeu, dizendo: És o único, porventura, que, tendo estado em Jerusalém, ignoras as ocorrências destes últimos dias?

Ele lhes perguntou: Quais? E explicaram: O que aconteceu a Jesus, o Nazareno, que era varão profeta, poderoso em obras e palavras, diante de Deus e de todo o povo,

e como os principais sacerdotes e as nossas autoridades o entregaram para ser condenado à morte e o crucificaram.

Ora, nós esperávamos que fosse ele quem havia de redimir a Israel; mas, depois de tudo isto, é já este o terceiro dia desde que tais coisas sucederam.

É verdade também que algumas mulheres, das que conosco estavam, nos surpreenderam, tendo ido de madrugada ao túmulo;

e, não achando o corpo de Jesus, voltaram dizendo terem tido uma visão de anjos, os quais afirmam que ele vive.

De fato, alguns dos nossos foram ao sepulcro e verificaram a exatidão do que disseram as mulheres; mas não o viram.

Então, lhes disse Jesus: Ó néscios e tardos de coração para crer tudo o que os profetas disseram!

Porventura, não convinha que o Cristo padecesse e entrasse na sua glória?

E, começando por Moisés, discorrendo por todos os Profetas, expunha-lhes o que a seu respeito constava em todas as Escrituras.

Quando se aproximavam da aldeia para onde iam, fez ele menção de passar adiante.

Mas eles o constrangeram, dizendo: Fica conosco, porque é tarde, e o dia já declina. E entrou para ficar com eles.

E aconteceu que, quando estavam à mesa, tomando ele o pão, abençoou-o e, tendo-o partido, lhes deu;

então, se lhes abriram os olhos, e o reconheceram; mas ele desapareceu da presença deles.

E disseram um ao outro: Porventura, não nos ardia o coração, quando ele, pelo caminho, nos falava, quando nos expunha as Escrituras?

E, na mesma hora, levantando-se, voltaram para Jerusalém, onde acharam reunidos os onze e outros com eles,

os quais diziam: O Senhor ressuscitou e já apareceu a Simão!

Então, os dois contaram o que lhes acontecera no caminho e como fora por eles reconhecido no partir do pão.

Falavam ainda estas coisas quando Jesus apareceu no meio deles e lhes disse: Paz seja convosco!

Eles, porém, surpresos e atemorizados, acreditavam estarem vendo um espírito.

Mas ele lhes disse: Por que estais perturbados? E por que sobem dúvidas ao vosso coração?

Vede as minhas mãos e os meus pés, que sou eu mesmo; apalpai-me e verificai, porque um espírito não tem carne nem ossos, como vedes que eu tenho.

Dizendo isto, mostrou-lhes as mãos e os pés.

E, por não acreditarem eles ainda, por causa da alegria, e estando admirados, Jesus lhes disse: Tendes aqui alguma coisa que comer?

Então, lhe apresentaram um pedaço de peixe assado {e um favo de mel}.

E ele comeu na presença deles.

A seguir, Jesus lhes disse: São estas as palavras que eu vos falei, estando ainda convosco: importava se cumprisse tudo o que de mim está escrito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos.

Então, lhes abriu o entendimento para compreenderem as Escrituras;

e lhes disse: Assim está escrito que o Cristo havia de padecer e ressuscitar dentre os mortos no terceiro dia

e que em seu nome se pregasse arrependimento para remissão de pecados a todas as nações, começando de Jerusalém.

Vós sois testemunhas destas coisas.

Eis que envio sobre vós a promessa de meu Pai; permanecei, pois, na cidade, até que do alto sejais revestidos de poder.

Então, os levou para Betânia e, erguendo as mãos, os abençoou.

Aconteceu que, enquanto os abençoava, ia-se retirando deles, sendo elevado para o céu.

Então, eles, adorando-o, voltaram para Jerusalém, tomados de grande júbilo;

e estavam sempre no templo, louvando a Deus.

SALMOS 145: 10/13

Todas as tuas obras te louvarão, ó SENHOR, e os teus santos te bendirão.

Falarão da glória do teu reino, e relatarão o teu poder,

Para fazer saber aos filhos dos homens as tuas proezas e a glória da magnificência do teu reino.

O teu reino é um reino eterno; o teu domínio dura em todas as gerações.

João 21:1/14

Depois disto, tornou Jesus a manifestar-se aos discípulos junto do mar de Tiberíades; e foi assim que ele se manifestou:

estavam juntos Simão Pedro, Tomé, chamado Dídimo, Natanael, que era de Caná da Galiléia, os filhos de Zebedeu e mais dois dos seus discípulos.

Disse-lhes Simão Pedro: Vou pescar. Disseram-lhe os outros: Também nós vamos contigo. Saíram, e entraram no barco, e, naquela noite, nada apanharam.

Mas, ao clarear da madrugada, estava Jesus na praia; todavia, os discípulos não reconheceram que era ele.

Perguntou-lhes Jesus: Filhos, tendes aí alguma coisa de comer? Responderam-lhe: Não.

Então, lhes disse: Lançai a rede à direita do barco e achareis. Assim fizeram e já não podiam puxar a rede, tão grande era a quantidade de peixes.

Aquele discípulo a quem Jesus amava disse a Pedro: É o Senhor! Simão Pedro, ouvindo que era o Senhor, cingiu-se com sua veste, porque se havia despido, e lançou-se ao mar;

mas os outros discípulos vieram no barquinho puxando a rede com os peixes; porque não estavam distantes da terra senão quase duzentos côvados.

Ao saltarem em terra, viram ali umas brasas e, em cima, peixes; e havia também pão.

Disse-lhes Jesus: Trazei alguns dos peixes que acabastes de apanhar.

Simão Pedro entrou no barco e arrastou a rede para a terra, cheia de cento e cinqüenta e três grandes peixes; e, não obstante serem tantos, a rede não se rompeu.

Disse-lhes Jesus: Vinde, comei. Nenhum dos discípulos ousava perguntar-lhe: Quem és tu? Porque sabiam que era o Senhor.

Veio Jesus, tomou o pão, e lhes deu, e, de igual modo, o peixe.

E já era esta a terceira vez que Jesus se manifestava aos discípulos, depois de ressuscitado dentre os mortos.

-Mateus 28:16/20

Seguiram os onze discípulos para a Galiléia, para o monte que Jesus lhes designara.

E, quando o viram, o adoraram; mas alguns duvidaram.

Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra.

Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;

ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.

-Atos 1:1/11

Fiz o primeiro tratado, ó Teófilo, acerca de tudo que Jesus começou, não só a fazer, mas a ensinar,

Até ao dia em que foi recebido em cima, depois de ter dado mandamentos, pelo Espírito Santo, aos apóstolos que escolhera;

Aos quais também, depois de ter padecido, se apresentou vivo, com muitas e infalíveis provas, sendo visto por eles por espaço de quarenta dias, e falando das coisas concernentes ao reino de Deus.

E, estando com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, que (disse ele) de mim ouvistes.

Porque, na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias.

Aqueles, pois, que se haviam reunido perguntaram-lhe, dizendo: Senhor, restaurarás tu neste tempo o reino a Israel?

E disse-lhes: Não vos pertence saber os tempos ou as estações que o Pai estabeleceu pelo seu próprio poder.

Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra.

E, quando dizia isto, vendo-o eles, foi elevado às alturas, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos.

E, estando com os olhos fitos no céu, enquanto ele subia, eis que junto deles se puseram dois homens vestidos de branco.

Os quais lhes disseram: Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir.

-Hebreus 8: 24/28

Porque Cristo não entrou num santuário feito por mãos, figura do verdadeiro, porém no mesmo céu, para agora comparecer por nós perante a face de Deus;

Nem também para a si mesmo se oferecer muitas vezes, como o sumo sacerdote cada ano entra no santuário com sangue alheio;

De outra maneira, necessário lhe fora padecer muitas vezes desde a fundação do mundo. Mas agora na consumação dos séculos uma vez se manifestou, para aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo.

E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo,

Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação.

 

Busquemos por fazer parte deste povo de Deus, servindo ao Seu Reino já aqui nesta terra, para isto temos que conhecer as Escrituras Sagradas, a Bíblia, que são as palavras de Deus para nós, e, atentamente nos voltarmos as evangelhos, onde o Senhor Jesus nos ensina o caminho para este Seu Reino.

 

Musica: Me levantou Jesus ..... CRISTINA MEL

http://www.fileden.com/files/2008/9/7/2085534/Instrumental Gospel MID/Evangelica_Cristina_Mel_Me_Levantou_Jesus.mid

 

Deixo um Salmo e alguns textos na integra, dos quais citei versículos acima, para meditação.

 

 

Salmos 145

[cântico de Davi] Eu te exaltarei, ó Deus, rei meu, e bendirei o teu nome pelos séculos dos séculos e para sempre.

Cada dia te bendirei, e louvarei o teu nome pelos séculos dos séculos e para sempre.

Grande é o SENHOR, e muito digno de louvor, e a sua grandeza inescrutável.

Uma geração louvará as tuas obras à outra geração, e anunciarão as tuas proezas.

Falarei da magnificência gloriosa da tua majestade e das tuas obras maravilhosas.

E se falará da força dos teus feitos terríveis; e contarei a tua grandeza.

Proferirão abundantemente a memória da tua grande bondade, e cantarão a tua justiça.

Piedoso e benigno é o SENHOR, sofredor e de grande misericórdia.

O SENHOR é bom para todos, e as suas misericórdias são sobre todas as suas obras.

Todas as tuas obras te louvarão, ó SENHOR, e os teus santos te bendirão.

Falarão da glória do teu reino, e relatarão o teu poder,

Para fazer saber aos filhos dos homens as tuas proezas e a glória da magnificência do teu reino.

O teu reino é um reino eterno; o teu domínio dura em todas as gerações.

O SENHOR sustenta a todos os que caem, e levanta a todos os abatidos.

Os olhos de todos esperam em ti, e lhes dás o seu mantimento a seu tempo.

Abres a tua mão, e fartas os desejos de todos os viventes.

Justo é o SENHOR em todos os seus caminhos, e santo em todas as suas obras.

Perto está o SENHOR de todos os que o invocam, de todos os que o invocam em verdade.

Ele cumprirá o desejo dos que o temem; ouvirá o seu clamor, e os salvará.

O SENHOR guarda a todos os que o amam; mas todos os ímpios serão destruídos.

A minha boca falará o louvor do SENHOR, e toda a carne louvará o seu santo nome pelos séculos dos séculos e para sempre.

Hebreus 9

Ora, também a primeira tinha ordenanças de culto divino, e um santuário terrestre.

Porque um tabernáculo estava preparado, o primeiro, em que havia o candelabro, e a mesa, e os pães da proposição; ao que se chama o santuário.

Mas depois do segundo véu estava o tabernáculo que se chama o santo dos santos,

Que tinha o incensário de ouro, e a arca da aliança, coberta de ouro toda em redor; em que estava um vaso de ouro, que continha o maná, e a vara de Arão, que tinha florescido, e as tábuas da aliança;

E sobre a arca os querubins da glória, que faziam sombra no propiciatório; das quais coisas não falaremos agora particularmente.

Ora, estando estas coisas assim preparadas, a todo o tempo entravam os sacerdotes no primeiro tabernáculo, cumprindo os serviços;

Mas, no segundo, só o sumo sacerdote, uma vez no ano, não sem sangue, que oferecia por si mesmo e pelas culpas do povo;

Dando nisto a entender o Espírito Santo que ainda o caminho do santuário não estava descoberto enquanto se conservava em pé o primeiro tabernáculo,

Que é uma alegoria para o tempo presente, em que se oferecem dons e sacrifícios que, quanto à consciência, não podem aperfeiçoar aquele que faz o serviço;

Consistindo somente em comidas, e bebidas, e várias abluções e justificações da carne, impostas até ao tempo da correção.

Mas, vindo Cristo, o sumo sacerdote dos bens futuros, por um maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, isto é, não desta criação,

Nem por sangue de bodes e bezerros, mas por seu próprio sangue, entrou uma vez no santuário, havendo efetuado uma eterna redenção.

Porque, se o sangue dos touros e bodes, e a cinza de uma novilha esparzida sobre os imundos, os santifica, quanto à purificação da carne,

Quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará as vossas consciências das obras mortas, para servirdes ao Deus vivo?

E por isso é Mediador de um novo testamento, para que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia debaixo do primeiro testamento, os chamados recebam a promessa da herança eterna.

Porque onde há testamento, é necessário que intervenha a morte do testador.

Porque um testamento tem força onde houve morte; ou terá ele algum valor enquanto o testador vive?

Por isso também o primeiro não foi consagrado sem sangue;

Porque, havendo Moisés anunciado a todo o povo todos os mandamentos segundo a lei, tomou o sangue dos bezerros e dos bodes, com água, lã purpúrea e hissope, e aspergiu tanto o mesmo livro como todo o povo,

Dizendo: Este é o sangue do testamento que Deus vos tem mandado.

E semelhantemente aspergiu com sangue o tabernáculo e todos os vasos do ministério.

E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de sangue não há remissão.

De sorte que era bem necessário que as figuras das coisas que estão no céu assim se purificassem; mas as próprias coisas celestiais com sacrifícios melhores do que estes.

Porque Cristo não entrou num santuário feito por mãos, figura do verdadeiro, porém no mesmo céu, para agora comparecer por nós perante a face de Deus;

Nem também para a si mesmo se oferecer muitas vezes, como o sumo sacerdote cada ano entra no santuário com sangue alheio;

De outra maneira, necessário lhe fora padecer muitas vezes desde a fundação do mundo. Mas agora na consumação dos séculos uma vez se manifestou, para aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo.

E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo,

Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação.

Lucas 24

E no primeiro dia da semana, muito de madrugada, foram elas ao sepulcro, levando as especiarias que tinham preparado, e algumas outras com elas.

E acharam a pedra revolvida do sepulcro.

E, entrando, não acharam o corpo do Senhor Jesus.

E aconteceu que, estando elas muito perplexas a esse respeito, eis que pararam junto delas dois homens, com vestes resplandecentes.

E, estando elas muito atemorizadas, e abaixando o rosto para o chão, eles lhes disseram: Por que buscais o vivente entre os mortos?

Não está aqui, mas ressuscitou. Lembrai-vos como vos falou, estando ainda na Galiléia,

Dizendo: Convém que o Filho do homem seja entregue nas mãos de homens pecadores, e seja crucificado, e ao terceiro dia ressuscite.

E lembraram-se das suas palavras.

E, voltando do sepulcro, anunciaram todas estas coisas aos onze e a todos os demais.

E eram Maria Madalena, e Joana, e Maria, mãe de Tiago, e as outras que com elas estavam, as que diziam estas coisas aos apóstolos.

E as suas palavras lhes pareciam como desvario, e não as creram.

Pedro, porém, levantando-se, correu ao sepulcro e, abaixando-se, viu só os lençóis ali postos; e retirou-se, admirando consigo aquele caso.

E eis que no mesmo dia iam dois deles para uma aldeia, que distava de Jerusalém sessenta estádios, cujo nome era Emaús.

E iam falando entre si de tudo aquilo que havia sucedido.

E aconteceu que, indo eles falando entre si, e fazendo perguntas um ao outro, o mesmo Jesus se aproximou, e ia com eles.

Mas os olhos deles estavam como que fechados, para que o não conhecessem.

E ele lhes disse: Que palavras são essas que, caminhando, trocais entre vós, e por que estais tristes?

E, respondendo um, cujo nome era Cléopas, disse-lhe: És tu só peregrino em Jerusalém, e não sabes as coisas que nela têm sucedido nestes dias?

E ele lhes perguntou: Quais? E eles lhe disseram: As que dizem respeito a Jesus Nazareno, que foi homem profeta, poderoso em obras e palavras diante de Deus e de todo o povo;

E como os principais dos sacerdotes e os nossos príncipes o entregaram à condenação de morte, e o crucificaram.

E nós esperávamos que fosse ele o que remisse Israel; mas agora, sobre tudo isso, é já hoje o terceiro dia desde que essas coisas aconteceram.

É verdade que também algumas mulheres dentre nós nos maravilharam, as quais de madrugada foram ao sepulcro;

E, não achando o seu corpo, voltaram, dizendo que também tinham visto uma visão de anjos, que dizem que ele vive.

E alguns dos que estavam conosco foram ao sepulcro, e acharam ser assim como as mulheres haviam dito; porém, a ele não o viram.

E ele lhes disse: O néscios, e tardos de coração para crer tudo o que os profetas disseram!

Porventura não convinha que o Cristo padecesse estas coisas e entrasse na sua glória?

E, começando por Moisés, e por todos os profetas, explicava-lhes o que dele se achava em todas as Escrituras.

E chegaram à aldeia para onde iam, e ele fez como quem ia para mais longe.

E eles o constrangeram, dizendo: Fica conosco, porque já é tarde, e já declinou o dia. E entrou para ficar com eles.

E aconteceu que, estando com eles à mesa, tomando o pão, o abençoou e partiu-o, e lho deu.

Abriram-se-lhes então os olhos, e o conheceram, e ele desapareceu-lhes.

E disseram um para o outro: Porventura não ardia em nós o nosso coração quando, pelo caminho, nos falava, e quando nos abria as Escrituras?

E na mesma hora, levantando-se, tornaram para Jerusalém, e acharam congregados os onze, e os que estavam com eles,

Os quais diziam: Ressuscitou verdadeiramente o Senhor, e já apareceu a Simão.

E eles lhes contaram o que lhes acontecera no caminho, e como deles fora conhecido no partir do pão.

E falando eles destas coisas, o mesmo Jesus se apresentou no meio deles, e disse-lhes: Paz seja convosco.

E eles, espantados e atemorizados, pensavam que viam algum espírito.

E ele lhes disse: Por que estais perturbados, e por que sobem tais pensamentos aos vossos corações?

Vede as minhas mãos e os meus pés, que sou eu mesmo; apalpai-me e vede, pois um espírito não tem carne nem ossos, como vedes que eu tenho.

E, dizendo isto, mostrou-lhes as mãos e os pés.

E, não o crendo eles ainda por causa da alegria, e estando maravilhados, disse-lhes: Tendes aqui alguma coisa que comer?

Então eles apresentaram-lhe parte de um peixe assado, e um favo de mel;

O que ele tomou, e comeu diante deles.

E disse-lhes: São estas as palavras que vos disse estando ainda convosco: Que convinha que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei de Moisés, e nos profetas e nos Salmos.

Então abriu-lhes o entendimento para compreenderem as Escrituras.

E disse-lhes: Assim está escrito, e assim convinha que o Cristo padecesse, e ao terceiro dia ressuscitasse dentre os mortos,

E em seu nome se pregasse o arrependimento e a remissão dos pecados, em todas as nações, começando por Jerusalém.

E destas coisas sois vós testemunhas.

E eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai; ficai, porém, na cidade de Jerusalém, até que do alto sejais revestidos de poder.

E levou-os fora, até betânia; e, levantando as suas mãos, os abençoou.

E aconteceu que, abençoando-os ele, se apartou deles e foi elevado ao céu.

E, adorando-o eles, tornaram com grande júbilo para Jerusalém.

E estavam sempre no templo, louvando e bendizendo a Deus. Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; João 5: 39”

C O M P A R T I L H A R... isto é viver...é aprender...






Recomendo que clique no link indicado no final de cada postagem efetuada só com a introdução, para leitura integral do texto publicado na íntegra na folha CONTINUA.